Conmebol transforma Libertadores em torneio menor

libertadores

Era bom demais para ser verdade uma tomada de decisão correta da Conmebol, que ampliou a Copa Libertadores para ser disputada durante todo o ano (de fevereiro a novembro), ser mantida interessante por dirigentes que, em regra, são incompetentes ao lidar com o negócio futebol.

Desde ontem, sabe-se, os cartolas da entidade decidiram prejudicar ainda mais a competição no que diz respeito ao critério de escolha das equipes participantes.

Sete vagas para equipes brasileiras é um escárnio.

Não há sentindo num torneio que, a principio, tem por objetivo a disputa de “campeões” da América, ser invadido por equipes que por vezes sequer chegam a ser medianas, nivelando por baixo o que deveria ser o auge esportivo do continente.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.