Ação coletiva de franqueados “Poderoso Timão” ameaça cofres do Corinthians

poderoso timão

No próximo dia 29 de setembro, às 10h20, na 33º Vara Civil de São Paulo, será realizada a primeira audiência envolvendo seis empresas franqueadas para utilizar a marca “Poderoso Timão”, e seus franqueadores, SPR (Ex-Poá Textil) e Corinthians.

São elas: MAB Claus EPP, Ana Paula Carvalho de Albuquerque, BSDA e Silva ME, GB Clauss EPP, Caio Vinicius Agmont e Silva, e Gustavo Bombana Claus.

As acusações são as mais variadas possíveis.

Dentre as mais graves estaria a prática de um golpe: atrasar o fornecimento de material (ou deixar de fornecê-los) para enfraquecer as empresas e depois, por intermédio de terceiros, comprá-las e lucrar com o ponto consolidado.

O pedidos de indenização, por dano moral e material, podem acarretar prejuízos incalculáveis ao clube, já que a SPR, habitual em troca de CNPJs, sócios e endereços, dificilmente seria abalada.

Vale lembrar que não apenas estas seis, mas dezenas doutros fraqueados enfrentam o mesmo problema, alguns já ingressaram com ações, outros deverão fazê-lo, em breve, transformando o caso numa bola de neve capaz de gerar estragos importantes.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.