Dinheiro desviado de cota parlamentar de Andres Sanches (PT) banca campanha de André Negão (PDT)

andré negão

Ex-bicheiro, André Luiz Oliveira, o André Negão, preso, recentemente, no âmbito da “Operação Lava-Jato”, suspeito de receber R$ 500 mil em propina da Odebrecht, lançou ontem o site de sua campanha a vereador de São Paulo, pelo PDT: http://andreluizoliveira.com.br

Verifica-se, de pronto, a falta de constrangimento no item “biografia”, com omissões importantes de suas atividades no Parque Novo Mundo, além doutras inverdades interessantes, tradicionais em discursos políticos.

O candidato apresenta-se ainda como chefe de gabinete do deputado federal Andres Sanches (PT), quando, em verdade, sua exoneração do cargo se deu há mais de um mês, conforme demonstramos, dias atrás.

negão exoneração

André Negão fornece, no site, diversas opções de contato, entre os quais o endereço de seu comitê eleitoral, localizado à rua Simas Pimenta nº 132, no bairro do Tatuapé, em São Paulo.

andre negão campanha

Trata-se de um casa antiga, próxima do Corinthians, que, segundo especialistas imobiliários ouvidos pelo blog, se tanto, poderia ser locada a custo entre R$ 2,5 mil a R$ 3 mil mensais.

O imóvel, porém, foi alugado pelos irmãos João Matheus e José Matheus ao deputado federal Andres Sanches (PT), por R$ 8 mil mensais, com bônus de R$ 2 mil, totalizando R$ 6 mil (se a fatura for paga até o dia do vencimento), quitados, mensalmente, com parte de sua cota parlamentar de despesas.

andres sanches aluguel 1

Andres Sanches (PT) lançou a despesa (pela qual foi reembolsado) em sua prestação de contas de junho (e também em meses anteriores), na Câmara dos Deputados.

Flagrante de dinheiro público desviado para bancar comitê de campanha de candidato a vereador de São Paulo, com indícios, ainda, de superfaturamento.

andres sanches aluguel 2

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.