Há perigo real de terrorismo, em São Paulo e no Rio de Janeiro, durante as Olimpíadas

metrô

Na última sexta-feira, durante o programa “Blog do Paulinho”, no Youtube, alertamos para o risco de atentados terroristas no Brasil durante a realização dos Jogos Olímpicos.

Blog do Paulinho #67

Recebemos informações de que duas cidades são tratadas com grau de preocupação elevado: Rio de Janeiro e São Paulo.

O Rio, por razões óbvias, é a sede das Olimpíadas.

São Paulo, além da repercussão em atacar a cidade mais importante do país, pelo fato de, em tese, estar menos resguardada (no período dos jogos) do que a capital carioca.

O setor de inteligência da policia paulistana trabalha com a informação de que o Metrô seria o foco principal de eventuais práticas terroristas, principalmente em dias de jogos na Arena Itaquera (dez serão realizados no local).

Ontem, o site “O Antagonista” revelou que relatório da ABIN dá conta de “Alerta de Terrorismo para o Itaquerão”.

http://www.oantagonista.com/posts/alerta-de-terrorismo-no-itaquerao

Informar a população dos riscos (mesmo que remotos) não se trata de alarmismo, mas de obrigação da imprensa, e também dos órgãos públicos.

As chances de algo acontecer, aparentemente, são pequenas, mas existem.

Erra o Governo em não promover ações com o objetivo de orientar a população sobre maneiras de se defender ou diagnosticar práticas que possam ser tratadas como suspeitas.

O cidadão tem o direito de saber sobre os riscos existentes para que possa, por si, decidir se vale a pena corre-los, ou não.

Esconder a verdade (para evitar o esvaziamento das praças esportivas durante o torneio) é contribuir, indiretamente, para que os terroristas, se de fato algo vier a acontecer, obtenham o êxito desejado em seus atos de covardia.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.