Garotos da base são “premiados” com palestra de ex-bicheiro no Corinthians

negão 1

Não bastasse os escândalos nas categorias de base do Corinthians, em que estão envolvidos conselheiros, diretores e agentes de futebol, os garotos alvinegros foram submetidos, na última semana, a mais uma espetáculo deprimente de desaprendizado.

Jogadores e Comissão Técnica tiveram que aturar, por uma hora, a uma palestra ministrada pelo ex-bicheiro André Negão, preso, recentemente, no âmbito da “Operação Lava-Jato”, acusado de receber R$ 500 mil em propina da ODEBRECHT.

Profundo desconhecedor de futebol, o dirigente tentou passar aos garotos seu “histórico de vida”, o que torna a reunião ainda mais despropositada.

Bastaria imprimir a ficha policial, que conta, no mínimo, com três prisões em flagrante por contravenção penal ligada ao Jogo de Bicho (a mais recente inclui ainda exploração de maquininhas de vídeo-bingo), uma por agressão a mulher e a famosa visita à representantes do juíz Sérgio Moro.

Sem contar que Negão, desde sempre, é apontado no clube como sócio oculto de agentes que, por vezes, desviam ou inserem jogadores de futebol no Corinthians, função incompatível com sua condição de conselheiro.

negão 2

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.