Advertisements
Anúncios

PM atrapalha “clássico da paz”

pm

São Paulo e Santos programaram-se, há tempos, para que fosse disputado no Pacaembu o que seria denominado “Clássico da Paz”, iniciativa para incutir na cabeça do torcedor a cultura da civilidade nos estádios.

As torcidas sentariam juntas (como tem que ser) e os times dividiriam o mesmo ônibus ao chegar ao palco do jogo.

Mais uma vez, porém, a Policia Militar, incapaz de portar-se como tal (prefere as atribuições de segurança de marginais “organizados”), atrapalhou.

O impedimento se dá pela equivocada leitura de separação dos torcedores, que em vez de salvaguardar a população, incentiva os conflitos, unindo os vagabundo das organizadas em setores específicos, quando separá-los seria liquidar com a coragem momentânea surgida sempre em bandos, nunca isoladamente.

Hoje, especificamente, a PM alega cumprir determinação do ex-secretário Alexandre de Moraes, determinando “Torcida Única”, espécie de atestado de incompetência da segurança pública estadual.

Tomara os clubes tenham a perspicácia de ao menos chegarem juntos aos estádio, como maneira de protestar contra a indigência intelectual dos comandantes da PM, apesar de que, na prática, os próprios dirigentes pouco ou nada fazem pela mudança.

Isso quando não se prostituem moralmente com os criminosos das arquibancadas, coisa que o São Paulo, ao menos, e lamentavelmente, confessou fazer, pagando ingressos e viagens a quem deveria sequer aproximar-se das arquibancadas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: