Deu no “Fantástico”: Luciano, Corinthians e o empresário preso pela Interpol

gobbi e roberto

O Fantástico, da Rede Globo, mostrou ontem detalhes e imagens da prisão de Wesley de Moura Lima (ocorrida em março), um dos dez brasileiros mais procurados pela Interpol, condenado a sete anos por Desvio de Dinheiro Público, Formação de Quadrilha e Falsidade Ideológica.

Dois anos antes, porém, os leitores do Blog do Paulinho conheceram o marginal pela alcunha Marcos Ferreira dos Santos, também “Marcos Mineiro”, sócio do traficante internacional Ângelo Canuto, o Padrinho, ambos agentes do jogador Luciano, do Corinthians.

Explicamos, à época, que a contratação do atleta se deu mediante proximidade de Padrinho, ex-policial, com Mario Gobbi, delegado que exercia a presidência do Timão, e de “Mineiro” com a cúpula do futebol alvinegro, Andres Sanches, Roberto “Da Nova” Andrade, Duílio “do Bingo” e Edu Gaspar, sempre conectados com o submundo esportivo.

Mesmo procurado pela Interpol, Wesley assinou o contrato do atleta dentro da sala do delegado, algo inusual entre os negócios realizados pelo clube.

Outra facilitação do Corinthians a essa gente se deu nas categorias de base, em que, por indicação da dupla, contratou-se o gerente Fabio Barrozo, dispensado, recentemente, após ser flagrado em negociatas com o conselheiro Mané da Carne, avalizadas por assinatura do atual dirigente de futebol, Eduardo “Gaguinho” Ferreira.

Donos da Plus Sports, Padrinho e Wesley (Marcos) arrendaram, por um período, o Avaí, local em que trabalhava Barrozo, donde o Corinthians, também em negócio com os procurados, contratou o goleiro Renan, dispensado recentemente após cinco anos de vínculo e apenas três partidas disputas.

Os perigosos agentes tinham proximidade, além dos dirigentes alvinegros citados, também com Emerson Sheik (sócio de Andres Sanches numa filial do “Paris 6”), que, não por acaso, também foi preso pelo crime de “falsidade ideológica”, portando documentos falsos.

Em verdade, Emerson nasceu Marcio Passos de Albuquerque.

É nessa proximidade absoluta com o mundo do crime que o Corinthians vem sendo gerido nos últimos anos, negociando com criminosos internacionais, e tendo entre seus próprios dirigentes indiciados por crimes diversos.

Dos três presidentes mais recentes, Andres Sanches foi indiciado por crimes financeiros e está em vias de tornar-se “estrela” da Operação Lava-Jato, que, recentemente, prendeu seu braço direito, André Negão, acusado de receber propina da Odebrecht; Mario Gobbi foi objeto de investigação na CPI do Detran, além doutras incursões inglórias pela corregedoria da Polícia Cívil e Roberto “da Nova” Andrade, denunciado por crimes fiscais no exercício de seu cargo no Corinthians.

Quanto ao jogador Luciano, que em referida reportagem da Globo (que o leitor confere abaixo) disse ter sido enganado, em verdade não foi, participe ativo que era das mais diversas incursões de Padrinho e Wesley (Marcos) no submundo (frequentador, inclusive, da residência de ambos em festas nada ortodoxas).

Diferentemente também do que expôs sobre ter trocado de agente, em verdade, foi negociado por Wesley (quando ainda solto) com o empresário Fernando Garcia, absolutamente flexível com os hábitos daqueles com quem divide mesas de reuniões.

ABAIXO TRECHO DE MATÉRIA DA REDE GLOBO QUE DESTACA A PRISÃO DO EMPRESÁRIO DE LUCIANO

EMPRESA ‘PLUS SPORTS” EM NOME DE ÂNGELO CANUTO (PADRINHO), OCULTANDO O DE MARCOS (WESLEY), POR RAZÕES ÓBVIAS

plus jucesp 1

plus jucesp 2

TRAFICANTE “PADRINHO” E SEU SÓCIO, MARCOS “MINEIRO”, DA PLUS SPORTS, NO CT DO CORINTHIANS

mineiro e padrinho ct

TRAFICANTE “PADRINHO”, MARCOS “MINEIRO” E DEMAIS ASSOCIADOS, COM JATINHO AO FUNDO

mineiro padrinho jato floripa avai

SHEIK E MARCOS “MINEIRO”, SÓCIO DO TRAFICANTE “PADRINHO”, EM SALVADOR

sheik marcos santos mineiro 2

SHEIK E MARCOS “MINEIRO”, COM O JATINHO DO TRAFICANTE “PADRINHO” AO FUNDO, EM SALVADOR

sheik marcos santos mineiro

DUÍLIO DO “BINGO” E SHEIK, COM AS DESPESAS PAGAS, EM SALVADOR

dulio sheik

MARCOS “MINEIRO” E TRAFICANTE “PADRINHO”, NO CARRO DA PLUS SPORTS

mineiro e padrinho

“O PADRINHO”, NO CT DO CORINTHIANS, CONFERINDO ASSINATURA DE CONTRATO DE LUCIANO, COM A PRESENÇA DE MARIO GOBBI

contrato

NO PACAEMBU, NA ÁREA RESERVADA A DIRIGENTES DO CORINTHIANS, “O PADRINHO” ASSISTE A PARTIDA DO CLUBE CONTRA O ATLÉTICO SOROCABA

sorocaba

“O PADRINHO”, NA PORTA DO CT, COM O JOGADOR LUCIANO, DIA EM QUE ALMOÇOU COM MARIO GOBBI

padrinho ct

EVENTO “PREGADORES DO GUETO”, REALIZADO PELO “PADRINHO”, NA ESCOLINHA CHUTE INICIAL DO CORINTHIANS, EM QUE ESTIVERAM PRESENTES JOGADORES, CANTORES E DIRIGENTES DO CLUBE

chute inicial

“O PADRINHO” e Luciano, assinando contrato com a ADIDAS

adidas

“O PADRINHO”, em sua modesta residência, fazendo pose de bandido com o jogador Luciano

mansão

MOTO DO “PADRINHO” NA SEDE DA PLUS SPORTS

moto plus

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.