Advertisements

Andres Sanches e André Negão juntos em cartão do “Dia dos Namorados”

andres e nagão namorados

O “Dia dos Namorados” costuma aflorar nas pessoas sentimentos, por vezes, incontroláveis, ligados ao amor e a paixão.

Há quem necessite expor publicamente, outros preferem a discrição.

Hoje, pela manhã, associados do Corinthians receberam inusitado cartão em comemoração à data, com uma bela declaração, assinada por famosa dupla de alvinegros: o deputado federal Andres Sanches (PT) e seu chefe de gabinete, o vice-presidente do Corinthians, André Negão.

“Trinta minutos, trinta dias, trinta anos… O que vale é a intensidade com que se vive… Sejam sempre felizes.”

Além da mensagem impressa no cartão, Negão complementa, por wahtsapp:

“Bom dia!NA MEDIDA! À medida do amor é amar sem medida… O amor surge quando aprendemos a admirar as qualidades de uma pessoa, que com sua simples presença, nos faz sentir especial… Os pássaros cantam felizes, hoje é domingo, feliz dia dos namorados, e Deus te quer SORRINDO!!!!!”

De fato, meigo.

Há diversas razões para criticar os citados, tanto no Corinthians quanto na vida política, mas é elogiável que assumam a proximidade, sem preconceitos, que trata por explicar, talvez, o porque de um ser acusado, pela Polícia Federal, de receber R$ 500 mil de propina da Odebrecht pelo outro.

O texto pode até ser irônico, mas, convenhamos, para uma ação como esta, é necessária, realmente, cumplicidade e confiança.

Tomara esse gesto de libertação sirva de exemplo para os “Gaviões da Fiel”, que, na contramão de seus benfeitores, expulsaram o dirigente Clebinho e intimidaram o parceiro Filipinho, após indícios de que possuíam afinidades na entidade.

Advertisements

Facebook Comments

2 Responses to “Andres Sanches e André Negão juntos em cartão do “Dia dos Namorados””

  1. marcelodamooca Says:

    Meu Deus! Esse André negao não tem senso de ridículo??
    Clebinho curtiu isso

  2. Alessandro H.R. Says:

    falar mais oq né, esses ladrões de piroca a cada dia se superam, e nem precisa dos são paulinos, palmeirenses e santistas se juntarem pra ficar difamando, ou inventarem apelidos carinhosos.

    eles se entregam sozinhos fácil, fácil, sem o menor esforço

    já falei para um ser aki uma vez, essa é a diferença entre jogar a fama para os outros, e ser de fato a sua natureza oq são.

    deixa a natureza por sua própria conta lá no SCCP, aos poucos eles vão saindo do armário!

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: