Ex-diretor de Futebol do Corinthians saiu do país antes de ser denunciado por crime fiscal. Dívida ultrapassa R$ 3,3 milhões

duilio sanches gobbi roberto

O ex-diretor de futebol do Corinthians, Duilio Noccioli Monteiro Alves, vulgo Duílio “do Bingo” (foto-1º esq.), saiu do país, segundo informações, em fuga, antes de ser denunciado por crime fiscal, após sonegar diversos impostos, entre eles ISS.

A soma, já em execução, atinge R$ 3.349.737,95.

Duílio é filho do ex-diretor de futebol do Corinthians, Adilson Monteiro Alves, que ficou famoso no período da Democracia Corinthiana, mas depois foi flagrado em ilegalidades relacionadas a jogatinas, ainda enquanto exercia o cargo de Deputado Estadual.

Outras duas execuções pairam sobre a vida do ex-dirigente alvinegro: R$ 74,2 mil, também de ISS, e R$ 216 mil, para a empresa Max Color.

Em sendo denunciado, Duílio se juntaria a outros dirigentes alvinegros no mesmo artigo criminal, entre eles seu parceiro de gestão no futebol alvinegro, Roberto “da Nova” Andrade, além de Raul Corrêa da Silva, Andres Sanches e André Negão.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.