Mano Menezes, ucranianos e o zagueiro que se trata gratuitamente no Corinthians

zagueiro ucraniano

Recentemente, sem alarde, o zagueiro Dmitro Chygrynskiy,do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, aportou no Parque São Jorge para realizar tratamento de contusões musculares que o levaram a disputar apenas 28 jogos em três anos.

Gratuitamente.

O aval e indicação partiram do treinador Mano Menezes e seu empresário, Carlos Leite, que tem relação profunda com a equipe do Leste Europeu.

Vale lembrar que Jadson, além doutros brasileiros do Shakhtar foram convocados, frequentemente e alternadamente, para a Seleção Brasileira durante a gestão da dupla no futebol da CBF.

O histórico do zagueiro em transações indica suspeitas graves de possíveis ilícitos financeiros.

Em 2009, o Shakhtar vendeu Dmitro ao Barcelona por 25 milhões de Euros.

Menos de um ano depois, o recomprou por 15 milhões de Euros, numa operação que gerou prejuízo de 10 milhões de Euros.

A cotação do zagueiro, no mercado da bola, hoje, é de pouco mais de 2 milhões de Euros.

O Corinthians está negociando o zagueiro Cleber, em transação polêmica, em que apenas os empresários envolvidos lucrarão.

Basta juntar os pontos para entender as razões que levaram um atleta europeu, com diversos recursos de medicina próximos a seu país, a desembarcar num clube brasileiro, e ser escondido da imprensa até o instante de sua recuperação.

Além do fator de não pagar pelo tratamento, que seria justificado se o atleta tivesse exposição midiática, fica claro que o objetivo é o de integrá-lo ao clube, valorizar o que já não tem tanto valor assim, para, na sequencia, revendê-lo ao exterior.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.