Presidente do Corinthians publica carta pedindo apoio do torcedor a calote público dos clubes de futebol

gobbi-vicente-candido.jpg

O presidente do Corinthians, delegado Mario Gobbi, pouco costuma se pronunciar oficialmente, mas, invariavelmente, quando o faz, ocasiona constrangimento.

Como ontem, por exemplo.

Gobbi publicou uma carta, no site oficial alvinegro, conclamando apoio dos torcedores do clube para pressionar deputados e senadores a favor da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, aquela que dará por quitado os bilhões de dívidas fiscais contraídos por atos irresponsáveis, incompetentes e, por vezes, até criminosos da cartolagem brasileira, em troca de financiamento a perder de vista.

O clube de Parque São Jorge deve aos cofres públicos – sem contar o estádio – mais de R$ 200 milhões.

Um benefício que, obviamente, a população brasileira, os comerciantes e demais trabalhadores nunca tiveram e sequer terão a oportunidade de conquistar.

Exemplos não faltam da ineficiência da ação, uma espécie de “prêmio” a quem delinquiu, abrindo espaço, diferentemente do que diz Gobbi em sua carta, para a formação de novas pendências.

Abaixo o texto de Mario Gobbi para o torcedor do Corinthians

Corinthiano,

A reformulação pretendida por todos para o fortalecimento do futebol brasileiro passa necessariamente pela reestruturação financeira de nossos Clubes.

Nesse contexto, está em tramitação no Congresso Nacional o projeto que cria a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte.

Essa nova iniciativa, além de propiciar que o Governo receba a dívida fiscal contraída pelos Clubes, cria mecanismos de fiscalização e controle a fim de que as entidades de prática desportiva saneiem de uma vez por todas suas finanças, impedindo o acúmulo de novos débitos.

O Sport Club Corinthians Paulista apoia a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte e pede que todos os seus torcedores façam o mesmo.

Envie mensagens a seu deputado federal e a seu senador mostrando que você apoia essa ideia.

#VoteLRFE #VAICORINTHIANS

Abraços,

Mário Gobbi Filho

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.