Agora em torno de Scolari, clima de Fla-Flu volta a cegar a mídia

?????????????????????????????????????????????????????????

Da FOLHA

Por JUCA KFOURI

Um mês e meio atrás, por convite da presidente da República, dez jornalistas da área de esportes jantaram com ela no Palácio da Alvorada, em Brasília. Na pauta, a Copa do Mundo.

Dilma Rousseff mais ouviu do que falou e teve um comportamento primoroso, sem pedir nada a ninguém.

Tanto bastou, por incrível que pareça dadas as biografias de pelo menos alguns dos comensais, para uma saraivada de críticas feitas por quem de jornalismo nada entende, mas está suficientemente envenenado pelo Fla-Flu PT-PSDB que cega o país.

“Venderam-se por um prato de comida”, escreveu um leitor desta Folha, que ficou sem resposta simplesmente por não merecê-la.

Eis que de certa forma, e guardadas as devidas proporções, o fenômeno se repetiu agora, depois do encontro de meia dúzia de jornalistas com o técnico da seleção, na Granja Comary, em Teresópolis.

Por sorte, ou azar, o acima signatário esteve em ambos os encontros.

“Vendeu-se ao PT e à CBF”, haverá de pensar o leitor sem resposta, embora, desta vez, não tenham sido poucos os “jornalistas” que não gostaram –e as aspas se justificam apenas porque jornalistas de verdade jamais recusaram, recusam ou recusarão um convite deste porte seja de quem for, até do diabo, apesar de ele, como Deus, não existir.

Ontem, Scolari foi ao ponto. Disse não ter se arrependido do encontro mesmo com a repercussão invejosa, horrorizou-se com ciúmes de homens, anunciou que o próximo encontro será com repórteres mulheres e ainda teve a coragem de dizer que fala até com quem a CBF não gosta e vice-versa, caso, de novo, do signatário.

Finalizou por dizer, bem ao seu estilo, gauchesco, na base do joelhaço típico do Analista de Bagé, criado por Luis Fernando Verissimo textualmente: “Gostou, gostou, não gostou vai para o inferno…”.

Talvez não precisasse chegar a tanto, mas o que tem de gente sem noção por aí, de fato, lotaria muitos hospícios.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.