Costa Rica faz história, vence a Itália e elimina a Inglaterra

image

Jogando como gente grande, a Costa Rica dominou toda a partida na histórica vitória contra a Itália, por um a zero.

Bolaños foi o nome do jogo.

Uma campanha heróica, que nos remete à façanha do incrível Camarões, dos anos 90, que também encantou a todos num Mundial.

Emocionante !

Corajosos, os costa-riquenhos partiram pra cima da Itália, desde o início, marcando no ataque e buscando a criação de jogadas.

Aos 5 minutos, Borges subiu de cabeça e quase abriu o marcador para a Costa Rica.

A Itália, surpreendida, não conseguia jogar.

O primeiro chute da Itália a gol aconteceu apenas aos 28 minutos, quando Thiago Motta arriscou da intermediária, à direita da meta.

Na seqüência, em contragolpe, Balotelli ganha na corrida da zaga, toca por cobertura na saída do goleiro, mas erra o alvo.

Os italianos crescem no jogo.

Dois minutos depois, em nova bola enfiada por Pirlo, Balotelli arriscou de primeira, mas o goleiro adversário defendeu bem.

Buffon salvou a Itália em batida perigosa de Bolaños, da intermediária, aos 36 minutos.

Com a Costa Rica pressionando, aos 42 minutos, Campbell passou por dois zagueiros, entrou na área e sou penalidade clamorosa, não marcada pela arbitragem.

Mas a justiça foi feita dois minutos depois, quando Ruiz aproveitou-se de levantamento pela esquerda, cabeceou, a bola bateu no travessão e entrou, por centímetros.

Um a zero.

Abusada, a Costa Rica foi para cima da Itália na volta do intervalo, sem tomar conhecimento de camisa e tradição.

Porém, a primeira grande chance foi criada por Pirlo, aos 7 minutos, em magnífica cobrança de falta, que o goleiro costa-riquenho defendeu.

No desespero, a Itália adianta a equipe, enquanto a Costa Rica ensaia o contra-ataque.

Mas, com o passar do tempo, os costarriquenhos, absolutamente competentes, cada vez mais tomavam conta da partida.

Aos 38 minutos, Urena foi lançado, entrou na área, mas a zaga italiana consegue travar a conclusão.

No final, vitória da Costa Rica, justa, eliminou a campeã mundial Inglaterra, e colocou um dos outros dois, Itália ou Uruguai, na berlinda.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.