Advertisements

A falsidade do delegado Mario Gobbi

gobbi sanches eleição

Em recente encontro de cartolas, momentos tensos foram protagonizados pelos presidentes de São Paulo e Palmeiras.

De maneira compreensível, Paulo Nobre se recusou a cumprimentar Carlos Miguel Aidar, que, meses antes, desandou a falar bobagens e deselegâncias sobre o Verdão.

Porém, a ação mais desqualificada da noite envolveu o presidente do Corinthians, delegado Mario Gobbi.

Amigo intimo de Aidar – inclusive nas sessões “delivery” de religiosas fornecidas por taxistas – o mandatário alvinegro abraçou, beijou e elogiou o dirigente palestrino pelo gesto de ignorar o são-paulino, a quem tratou como “imbecil”.

Horas depois, como de hábito, confabulava com o mandatário Tricolor, para quem, no passado, trabalhou como estagiário no escritório de advocacia.

É fato que Gobbi agiu com a falsidade que lhe é peculiar – basta ver os abraços públicos que protagoniza com Andres Sanches, seu desafeto – resta saber a quem, de fato, enganou.

Tudo indica que ao presidente do Palmeiras, já que, para o do São Paulo, até de algumas facilidades adquiridas enquanto policial civil, Gobbi deve favores.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: