Advertisements

Naming Rights do “Fielzão”: Andres Sanches queria R$ 400 milhões, disse ter R$ 350 milhões, mas vai negociar por R$ 300 milhões (?!?!))

andres areia mijada

É sempre divertido notar como as declarações do ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, principalmente as relacionadas às negociações dos “naming rights” do “Fielzão”, desmentem-se, umas as outras, semanalmente.

“Só negocio por R$ 400 milhões… o “Curintiá” não vende por menos que isso…”.

“Tenho R$ 350 “milhão” da Kalunga na mão… é só fechar…”

Foram as últimas informações prestadas pelo dirigente sobre o assunto.

Ontem, Sanches adiou a inauguração do “Fielzão”, que seria realizada numa partida entre a atual equipe do Corinthians contra o Timão do passado, comandado por seus ex-atletas da BAND, para dia 1º de maio.

A Justificativa ?

Viagem aos Emirados Árabes para negociar, novamente, os naming rights do estádio.

Porém, desmentindo a óbvia inverdade da proposta da Kalunga, de R$ 350 milhões, Sanches diz agora que aceitará receber R$ 300 milhões.

A grande questão, não contada pelo dirigente, é que os árabes nada ofereceram até o momento.

Ou seja, por enquanto, existem apenas fantasias, e, mesmo estas, são depreciadas pela falta de interessados no negócio.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: