Advertisements

Coluna do Fiori

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

Hipocrisia, falsidade, segundas intenções, aproximação por interesse, mentiras, traições, punhaladas pelas costas, fofocas, intrigas. Eu me pergunto: idiotas são as pessoas por serem baixas ou idiota sou eu por acreditar nelas? Hoje em dia, com gente sacana é assim: ou você se iguala e joga o joga delas ou se fode. Porque, caralho, parece que a mente de certas pessoas passam pelo processo de “desvolução”, onde em vez de evoluírem, ficam cada vez mais idiotas.

Vinicius Kretek

Série A do Campeonato Paulista 2014

Falta de energia elétrica

Durante o intervalo da partida Portuguesa de Desportos x Bragantino, pela 13ª Rodada, realizada no estádio Oswaldo Teixeira Duarte-Canindé, arbitrada por Leandro Bizzio Marinho, na noite do dia 11/03/2014, faltou energia; fato, que impediu o iniciar da segunda etapa.

Regulamento

Ao que sei, o regulamento das competições participa que:

– havendo problemas que impeçam o prosseguir da refrega,

– o árbitro deve aguardar por 30 minutos, que poderá ser acrescido por mais 30;

– somada 1 hora, não resolvido o problema, após conversar com o responsável,

– fazendo usando do discernimento, poderá o árbitro, acrescer no máximo 15 minutos;

– totalizando 1 hora e quinze minutos, tempo respeitosos aos atletas, aos expectadores e demais interessados

Abuso na “espera”

Possivelmente, por ser um dos dependentes das taxas da arbitragem, Luiz Bizzio Marinho acatou ordem de algum dos dirigentes da FPF para levar ao máximo. No entanto, esperar 02 horas e 30 minutos para determinar a suspensão da contenda, foi desrespeitoso aos atletas, ao público presente, de casa, seqüencialmente, aos demais envolvidos.

Premiado

Somente o árbitro tem o poder de decidir sobre a suspensão de uma partida, ainda assim, dificilmente, encontraremos algum com coragem de fazê-lo, sem consultar um dos dirigentes da entidade coordenadora do evento.

Por ter atendido pedidos esticando o tempo de espera, ao menos nesta gestão, Luiz Bizzio Marinho será lembrado para participar na maioria dos “sorteios” das diversas series do campeonato paulista 2014

14ª Rodada

Sábado 15/03

Palmeiras 3 x 2 Ponte Preta

Árbitro: Marcelo Rogério

Item Técnico

1º Tempo

Findado com placar de 1×0 favorável a Ponte Preta; trabalho normal

2º Tempo

Não aconteceu Falta

1º – O gol de empate da equipe palmeirense ocorreu após o árbitro ter sinalizado falta inexistente do zagueiro pontepretano Bruno Silva, no palmeirense Bruno César

Não foi pênalti

Minutos depois, em lance dentro da área da equipe campineira, Bruno César se ligou que seu oponente Carleto houvera esticado a perna direita com objetivo de pegar na bola;

– agindo rápido, o atacante palmeirense tocou seu pé, no pé do defensor da Ponte Preta e, caiu fingido ter sido tocado;

– bem colocado, o árbitro Marcelo Rogério, errou, marcando penalidade máxima,

– batida por Alan Kardec, convertida no segundo gol do Palmeiras

Acerto

Diz a Regra XII: Havendo intenção ou imprudência; o árbitro deve marcar a falta

Sou convicto que Marcelo Rogério agiu corretamente por ter marcado penalidade máxima,

– quando do choque provocado pelo palmeirense Wendel no pontepretano Silvinho,

– bola colocada na marca da cal; Silvinho cobrou, empatou 2×2

Item Disciplinar

Acertou quando marcou falta na explicita e covarde cotovelada desferida pelo pontepretano Adrianinho no palmeirense Eguren;

-ao mesmo tempo; Marcelo Rogério errou e feio, por não ter expulsado o atleta pontepretano

Conclusão

O desempenho do principal representante das leis do jogo no decurso da segunda etapa influenciou no resultado final

Domingo 16/03

Penapolense 0 x 0 Corinthians

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo

Item Técnico

01-  Quando da correta marcação da falta favorável a equipe do Penapolense,

– o árbitro determinou que fosse dentro da área, a distância entre barreira e bola,

– cobrança executada, na passagem da redonda pela barragem, Ralph,

– defensor corintiano, ergueu o braço, bola pegou no seu braço e, saiu linha de fundo,

– assim que ultrapassou a linha, o árbitro determinou escanteio, e errou; foi pênalti.

Explico

Ralph estava na barreira, levantou o braço objetivando tirar vantagem,

– ao determinar cobrança de escanteio, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo,

– admitiu que a redonda houvesse sido desviada quando tocou no braço do corintiano;

– neste momento, ocorreu a penalidade máxima

02 – Por volta do 29 minutos da segunda fase, bola na área do Penapolense,

– dominada pelo corintiano Uendel, dado momento, o defensor Jailton, imprudentemente,

– aplica o perigoso e conhecido carrinho, penalidade máxima não marcada,

– o árbitro determinou o prosseguimento do lance

Arrematando

Interpretando ter sido lance simulado, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo, deveria ter advertido o atleta corintiano com cartão amarelo, não o fez. Portando! Errou e feio

Item Disciplinar

Cartão amarelo e vermelho, perfeitamente aplicados

EM TEMPO

Mano Menezes, técnico do Corinthians, deveria se mancar, vez que, usar da antiga e batida arenga para passar a culpa na atuação dos árbitros; já deu no saco

Política

1

Ator CARLOS VEREZA – DIZ O QUE SENTE:

“O PT está comprando, com o nosso dinheiro, políticos, intelectuais, militares, o povo humilde com bolsa esmola e formando milícias com o MST, PCC, Sindicatos, ONGS, Traficantes e outros, que recebem milhões e milhões de reais, para apoiar o PT e as falcatruas do governo Dilma”

Não é necessário ser profeta para revelar antecipadamente o que será o ano eleitoral de 2014

Ou existe alguém com tamanha ingenuidade para acreditar que o “fascismo galopante” que aparelhou o estado brasileiro vá, pacificamente, entregar a outro presidente que não seja do esquema lulista os cargos, as benesses, os fundos de pensão, o nepotismo, enfim, a mais deslavada corrupção jamais vista no Brasil?

Lula já declarou, que (sic) “2014 vai pegar fogo!”. Entenda-se, por mais esta delicadeza gramatical, golpes abaixo da cintura: dossiês falsos, PCC “em rebelião”, MST convulsionando o país… que a lei de Godwin me perdoe – mas assistiremos em versão tupiniquim, a Kristallnacht, A Noite dos Cristais que marcou em 1938 o trágico início do nazismo na Alemanha.

E os “judeus” serão todos os democratas, os meios de comunicação não cooptados (verificar mais uma tentativa de cercear a liberdade de expressão no país: em texto aprovado pelo diretório nacional do PT, é proposto o controle público dos meios de comunicação e mecanismos de sanção à imprensa).

Prêmios, como por exemplo, o Chatham House, em Londres, que contou com “patrocínios” de estatais como Petrobras, BNDS e Banco do Brasil, sem, até agora, uma explicação convincente por parte dos “patrocinadores”; matérias em revistas estrangeiras, enaltecendo o “mantenedor da estabilidade na América Latina”. Ou seja: a montagem virtual de um grande estadista…

Tudo isso para a perpetuação no poder de um partido que traiu um discurso de ética e moralidade ao longo de mais de 25 anos e, gradativamente, impõe ao país um assustador viés autoritário. Não se surpreendam: Há todo um lobby nacional e internacional visando a manutenção de Lula no poder.

Na verdade, Lula é o Übermensch dos especuladores que lucram como “nunca na história deste país”.

Sendo assim, quem, em perfeito juízo, pode supor que este ególatra passará, democraticamente, a faixa presidencial para, por exemplo, José Serra, ou mesmo Aécio Neves?

Pelo que já vimos de “inaugurações” de obras que sequer foram iniciadas, de desrespeito às leis eleitorais, do boicote às CPIs como a da Petrobras, do MST e tantos outros “deslizes”, temos o suficiente para imaginar o que será a “disputa” eleitoral em 2014.

Não podemos nem pensar em colocar novamente como Presidente do Brasil uma mulher TERRORISTA, que passou a vida assaltando bancos, matando pessoas inocentes, arrombando casas, roubando e matando. Só uma pessoa internada num manicômio seria capaz de votar numa BANDIDA para presidente de um País.

Ou existe alguém com tamanha ingenuidade para acreditar que o “fascismo galopante” que aparelhou o estado brasileiro vá, pacificamente, entregar a outro presidente que não seja do esquema lulista os cargos, as benesses, os fundos de pensão, o nepotismo, enfim, a mais deslavada corrupção jamais vista no Brasil?

Lula já declarou que (sic) “2014 vai pegar fogo!”. Entenda-se, por mais esta delicadeza gramatical, golpes abaixo da cintura: dossiês falsos, PCC “em rebelião”, MST convulsionando o país… que a lei de Godwin me perdoe – mas assistiremos em versão tupiniquim, a Kristallnacht, A Noite dos Cristais que marcou em 1938 o trágico início do nazismo na Alemanha.

Finalizando

2

Chega de Mentiras, de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo,

Acorda Brasil

Sp-22/03/2014

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: