Advertisements
Anúncios

O tampinha e o pau-brasil

eike

Da FOLHA

Por MARCELO TAS

Juro que a minha intenção não era zombar da estatura mínima de Eike Batista, mas do fato de ele ter poucos seguidores no Twitter

O Brasil tem este nome por causa de uma árvore. Depois do descobrimento, arrancar o pau-brasil do solo pátrio e exportá-lo para a Europa passou a ser a nossa primeira atividade econômica.

Se hoje extraterrestres redescobrissem o Brasil, pela mesma lógica, o país poderia ser rebatizado de Minério de Ferro, Soja ou Carne Bovina. O modelo econômico ainda é o mesmo: exportar commodities a preço de banana.

Tenho 4,9 milhões de seguidores no Twitter. Um deles é o homem mais rico do Brasil. Quer dizer, era.

No último ano, Eike Batista, dono de um império de mineração, perdeu US$ 34 bilhões.

Antes da dinheirama evaporar, Eike e eu tivemos uma discussãozinha na rede social. O então megabilionário não gostou da minha tese sobre as ajudinhas que as empresas dele recebiam do BNDES para manter a nossa sina de exportador de matéria-prima.

Ferido, ele atirou: “Quem é esse Marcelo Tas?”. É compreensível Eike ignorar a minha existência. Enquanto ele comanda –ou comandava– um império de dezenas de bilhões de dólares, eu comando um programinha de humor na televisão.

Ferido, eu respondi: “Pergunte aos meus milhões de seguidores, seu tampinha!”.

Juro que a minha intenção não era zombar da estatura mínima do megabilionário, que, como Donald Trump, também usa peruca; mas do fato de ele ter poucos seguidores no Twitter. Em minutos, meu telefone toca. É um assessor dele me convidando para almoçar e fumar um “cachimbo da paz”.

Na mesa, somos mais de dez pessoas: engenheiros, economistas, assessores de imprensa… Gentilmente, Eike pede licença para me mostrar um vídeo com o resumo dos planos dele até 2038.

Ao final do audiovisual –com navios e tratores se movimentando sobre o mapa-múndi ao som de música eletrônica barata–, o bilionário aguarda a minha reação com um sorriso vitorioso.

“Eike, onde você vai encontrar engenheiro para tudo isso? Fazer o Brasil crescer sem cuidar da educação é como construir palácios sobre areia movediça.”

Ele me devolve a pergunta: “Já pensou em ser político?”. “Sim, serei candidato a presidente do Brasil em 2038!”, respondo. “Me aceita como tesoureiro?”, ele emendou.

A mesa explode numa gargalhada, encerrando o almoço em tom amistoso. Na saída do evento, um assessor do bilionário me confidenciaria ao ouvido.

“Rapaz, você não sai mais da cabeça do Eike. Na semana passada, a caminho de uma reunião importante, em plena Park Avenue, em Nova York, ele se virou para mim e perguntou: “Fala a verdade, você acha que eu sou um tampinha?”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

16 comentários sobre “O tampinha e o pau-brasil

  1. Os castelos de areia cairam antes, nem chegou a 2038.

    Paulinho, acho que você não sai da cabeça do Eduardo e do Mané da carne.

  2. Outro dia eu estava vendo um documentario na tv a cabo sobre o Pau Brasil, os arcos (varetas) dos violoncelos e violinos sao feitos do Pau Brasil, e algumas desses arcos sao tao raros que chegam a custar mais de 100.000 dolares.

  3. Ainda bem que existem Marcelos Tas, que não babam e voejam ao redor de tipos megalomaníacos e sem noção como este senhor e tantos outros pseudos ídolos,celebridades, políticos, atletas e milionários. Creio que Eike perde até para o Rei do Camarote (por sinal uma criatura bizarra), mas infelizmente tem gente que se deslumbra, quando o assunto é grana, carrões, aviões e iates e deixam de perceber o principal: A essência, o caráter, a moral ilibada e o carisma, que às vezes um gari possui e estes afortunados, que vivem de forma nababesca, jamais terão, além é claro do RESPEITO. Mas, o mais triste e ser rodeado de pessoas interesseiras e bajuladoras que o desprezam e só querem levar vantagem. A pior prova do ser humano é a riqueza, pois NUNCA saberá se de fato é AMADO pelo que É e não pelo que TEM>

  4. Marcelo taz,ficou ferido??kkkk
    Mosqueteiro esse entende de pau!! Tbm pudera é gaivota fiel né!! Kkkkkkk

  5. Não sei porquê essa preocupação. Com os chifres que adornam sua cabeça, sua estatura total aumentou. E muito.

  6. Tanto na entrevista que o Prof. Ildo Sauer IE/USP, ex diretor de energia da Petrobras, concedeu à Revista da ADUSP ( PDF na internet, quanto no livro ‘Gracias a la Vida’ do ex petista Cesar Benjamin, fica clara a participação do Sr. José Dirceu como ‘consultor’ do Eike. Será que o Sr. Eike ia sózinho ao BNDES, abria os cofres e pegava os ‘empréstimos’. Isso sem contar que para ‘ajudar’ o Eike, o PT faliu com vários fundos de pensão. Só no Postális ( Correios ), o Sr. Wagner Pinheiro (ex Petros), deu um rombo superior a R$ 980 milhões ‘aplicando’ no grupo X. “Aszelites’ dos carteiros já está sendo descontada para cobrir o rombo. A distribuição de renda Hood Robin do PT é assim, tira “daszelites’ dos carteiros, para dar ao ‘pobre Eike”!

  7. O papo é outro, mais como se trata de BRASIL, vou aproveitar o espaço para questionar. O Brasil estava com seu futebol no fundo do poço, não ganhamos uma COPA AMÉRICA há 4O anos, náo ganhamos uma COPA DO MUNDO há 24 anos, foi na administração do RICARDO TEIXEIRA que o futebol brasileiro saiu desse atoleiro. Com RICARDO TEIXEIRA o futebol brasileiro ganhou cinco COPAS AMÉRICA, duas COPAS DO MUNDO, algumas COPAS DA CONFEDERAÇÕES, três COPAS DO MUNDO de juniores, algumas COPAS DA AMÉRICA de juniores, algumas medalhas no futebol em olimpíadas, várias conquistas no sub -15,sub-17,sub-20, etc. O futebol brasileiro que era um horror de bagunça, era um futebol totalmente desogarnizado, com tabelas dos campeonatos brasileiros erradas, adiamento das rodadas, até hoje tem a polêmica do campeonato brasileiro de 1987, taça das bolinhas, ou seja, era difícil as organizações dos campeonatos brasileiros. O Ricardo Teixeira conseguiu introduzir o campeonato com pontos corridos, o que melhorou muito o nível em todos os aspecto do nosso futebol, com pontos corridos, o campeonato brasileiro ficou mais organizado, sério, com menos chances de bagunças, com pontos corridos prevalece o melhor aproveitamento técnico dentro de campo, com pontos corridos prevalece quem melhor contratar, quem melhor se preparar. Se tratando de organização, pode parecer mentira, mais para aquilo que era, o campeonato brasileiro melhorou muito. Não estou defendo Ricardo Teixeira, longe disso, quem o questiona, ou acusa de alguma coisa, saiba que náo estou defendo aqui ninguém, apenas comparando algumas coisas. Pois bem, tiraram o Ricardo Teixeira da CBF.agora querem acabar com o campeonato brasileiro com pontos corridos, para organizar um campeonato com turno único, se classificando oito clubes para um mata-mata, lamentavelmente querem retroceder, querem a bagunça de volta, náo estão satisfeitos, querem a desorganização de volta.

  8. A LUMA TRATOU DE AUMENTAR SUA ESTATURA EM ALGUNS METROS COM OS CHIFRES Q ELA COLOCOU NELE COM O BOMBEIRO

    MAS, ESSE SAFADO CONTINUA MILIONÁRIO

    CAIXA 2 PETRALHA AGRADECE PELOS SERVIÇOS PRESTADOS POR MAIS UM LARANJA

  9. O Eike não recebeu somente uma “ajudinha” do BNDES. Ele jamais teria esse “império” de areia se não tivesse tungado a todos nós, através do BNDES e de outros “investimentos” do Governo Federal, tal qual acontece em todas as grandes empresas do país. Nenhuma cresceu sozinha. Nós perdemos vários bilhões com ele. Mas isso é “normal”: se não fosse ele, seria outro. A dinheirama trocou de mãos várias vezes.

  10. O cara ainda tem 900 milhões? Sério?!?!

    Agora subtraia-se desse montante as dívidas que ele tem para se chegar no valor REAL da “fortuna”.

    É o mesmo caso do sr. Mané da Carne, que vive ridicularizando o Paulinho por receber doações.

    Se o KIDÓ pagar as dívidas, não fica nem com a roupa do corpo — e ainda continua devendo!

  11. Para o “paga-pau” Junior Bernardi: se ele ainda tem U$S 900 milhões de dólares, que DEVOLVA O DINHEIRO QUE PEGOU EMPRESTADO DO BNDES!!

  12. Estou impressionado com a preocupação do cidadão: ser tampinha.

    Com tanta coisa importante com o que se preocupar, o “garoto”, “PRE-OCUPOU-SE” com a estatura física dele, que coisa, como a mente humana é frágil. Por mais “cagadas” que tenham ocorrido nestes últimos meses com os negócios dele, fraco em negócios ele não é, disso tenho certeza, mas esta fraqueza é bem ridícula, acontece, mas é ridícula.

    Ser tampinha deve ser um “inferno” para ele, mas isto é moleza de resolver, espero que ele consiga.

    A “pedida” dele para ser Tesoureiro, responde muito sobre as ocorrências nos negócios, foi bom saber.

    Produto acabado, produto exportável, este é o sonho de qualquer brasileiro sabedor de que exportar apenas matéria, nos deixa desprotegidos, mas isto mudará.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: