Anúncios

STJD ratifica imoralidade, desrespeita a Lei e rebaixa a Portuguesa

vergonha

Num julgamento em que o pleno do STJD passou horas tentando mais defender seus interesses do que propriamente julgar, adequadamente, a questão envolvendo a Portuguesa, a imoralidade foi mantida, a Lei descumprida, com a manutenção do primeiro resultado e o consequente rebaixamento da equipe paulista.

Oito votos a zero.

Patética a intervenção do procurador Paulo Shmitt, que tentou justificar a não aceitação do Estatuto do Torcedor – claramente desrespeitado- dizendo que mudaria a Justiça Esportiva por causa de dois casos, como se mudar para acertar fosse algo incorreto.

Sem contar também as diversas citações raivosas feitas pelos auditores, relatores e procurador, ao trabalho da imprensa séria, que provou, sem sombras de dúvidas, que o STJD, para manter o poder, finge não entender que uma Lei Federal (Estatuto do Torcedor) se sobrepõe a qualquer norma esportiva.

Novamente a atuação dos advogados da Portuguesa foi deficiente, com Felipe Ezabella pedindo o afastamento do procurador (que não poderia ser afastado, por lei), e João Zanforlin errando ao insistir na bobagem de desqualificar o próprio jogador da equipe e a importância da partida, acertando apenas no final, quando citou, com propriedade, o Estatuto do Torcedor.

Resta agora a Portuguesa recorrer à Justiça Comum, local em que dificilmente deixará de obter êxito se as Leis, de fato, forem julgadas com seriedade.

Anúncios

138 Respostas to “STJD ratifica imoralidade, desrespeita a Lei e rebaixa a Portuguesa”

  1. mario Says:

    me desculpa mas eles não desrespeitaram a lei, eles cumpriram. a lei fala que se o atleta suspenso assinar a sumula o time perde 4 pontos. não gosto do fluminense mas a portuguesa descumpriu a lei e pronto

  2. Cleber SEP Says:

    Vergonha!

  3. anti_corru_PT_os Says:

    Curicanaram o STJD

  4. Eduardo Says:

    Paulinho acho que vc defenderia melhor a lusa! Kkkkkkkk

  5. Henrique Castro Says:

    Paulinho, mais uma decisão que envergonha a classe dos advogados (são eles os integrantes do tribunal privado da CBF).

    Lendo e relendo toda a problemática posta, me vem à mente as sábias palavras do festejado jurista (já falecido) Geraldo Ataliba, que tem mais direito de ser ouvido do que qualquer militante da área jus-esportiva.

    Disse o mestre: “De nada vale o conhecimento de uma seara, se se desconhece sua articulação com as demais. De pouco vale a familiaridade com certas informações, se não se as coordena com o universo do Direito, se não se sabe filiá-las, explicá-las e concatená-las com os fundamentos em geral, e com o todo sistemático onde inseridas. É inútil o conhecimento que se limita à superfície do fenômeno jurídico, sem buscar penetrar seus fundamentos explicativos e justificativos.”

    E prossegue o citado mestre: “que o que mais falta a quem pretenda conhecer o Direito não é a informação sobre os institutos e as normas, ou sobre as soluções que os problemas, na jurisprudência ou na prática do Direito aplicado. O que falta de modo alarmante é o domínio dos princípios, a facilidade de compreensão e manuseio das categorias, a visão sistemática, global, operacional e funcional do Direito como conjunto, como um todo”

    Logo, o que se vê nada mais é do que o despreparo para aplicação da lei cabível à espécie.

    A lei de regência foi posta de lado. Negou-se vigência a dispositivo de lei federal sob pretexto de que a justiça desportiva possui regramento próprio.

    O julgamento, bem, o julgamento foi uma pantomima.

    A se lamentar.

    Citação: ATALIBA, Geraldo, in Prefácio do livro de Lourival Vilanova, As estruturas lógicas e o sistema do direito positivo, São Paulo, RT, 1977, p; XIII.

  6. Jefferson Sousa Says:

    Nessa a Portuguesa vacilou mesmo, sabiam que o jogador seria julgado e mesmo sem saber se o mesmo foi absolvido ou não colocaram no jogo, é muito amadorismo por parte dos dirigentes da Portuguesa ou existe algum interesse por trás de tudo isso. A Portuguesa vacilou, fato.

  7. Cida Says:

    Espero que realmente entre na justiça comum e não fique com medinho de bater de frente com essa vergonha chamada futebol brasileiro.

  8. Bizouro KisSuco Says:

    Scxchora, Paulinho kkkkk

  9. Atila Says:

    Por ignorância tenho que perguntar isso: Existe a possibilidade do Cruzeiro entrar com recurso pelo mesmo motivo, retirando os pontos do Fluminense e se sagrando campeão do brasileirão 2010?

    Paulinho: Pelo que me informaram, não. Questão de prazo para recurso…

  10. Marcelo SPFC Says:

    Deviam cair 5 neste ano, e ponto final.

  11. Alessandre Says:

    O julgamento estava armado, não adiantava para a Lusa.
    Poderia ter pago os melhores advogados de justiça desportiva, amparados por todas as leis existentes que dão respaldo à Lusa. O STJD não está interessado em julgar com argumentação. Apenas para o que lhes convêm mais.

    Cabe à Lusa ir à justiça comum, pois a vitória é garantida. Além do que, ela estará amparada por uma lei federal, pela constituição brasileira e pelo estatuto da FIFA. E quero ver em um julgamento desses esses advogados meia-boca do STJD perante um tribunal de verdade: tremendo na base e tomando esculacho dos juízes de verdade.

  12. Guilherme Says:

    EU PAREI COM FUTEBOL, SÓ VOU NO ESTADIO NO JOGO CONTRA O FLUMINENSE PRA CHINGAR ESSES MERDAS.

    CBF LIXO TBM, MAS O LEGAL SERÁ QUE A SELEÇÃO NÃO PASSARA NEM DA PRIMEIRA FASE.

    PODIAM FAZER UM TROFEU SÓ PARA OS CARIOCAS E ASSIM ELES PODERIAM PARAR DE AVACALHAR COM O FUTEBOL BRASILEIRO.

    AGORA EU QUERO VER ESSE BOM SENSO SE PRONUNCIAR

  13. Alessandre Says:

    Atila Disse:
    dezembro 27, 2013 às 12:53 pm
    Por ignorância tenho que perguntar isso: Existe a possibilidade do Cruzeiro entrar com recurso pelo mesmo motivo, retirando os pontos do Fluminense e se sagrando campeão do brasileirão 2010?

    O principal motivo para que isso não ocorra é que as decisões do STJD tem validade por 60 dias. Após esse período elas expiram, caducam. É por esse motivo que o Corinthians não poderia perder os pontos pela situação irregular do Emerson no Brasileiro/13. Ele foi julgado em 18/10, e em 18/12 quaisquer punições sobre o Corinthians expiraram (isso é, times que se sentiram prejudicados pela escalação irregular deveriam ter recorrido até esse última data).

  14. Marcelo Leite Says:

    Paulinho quem está julgando é o STJD o mesmo que julgou um monte de jogadores durante todo o campeonato brasileiro…porque só agora eles estão errados? Sou Tricolor e não gostei nem um pouco da campanha ridícula do meu time no certame…mas todas as equipes assinaram o regulamento aceitando o mesmo. Imoral, Injusto ou seja lá o que for todos concordaram com as regras. A Portuguesa e o Flamengo escalaram jogadores irregulares e estão sendo julgados por isso, nada mais. O Flamengo sabia que seu atleta estava irregular (http://www.lancenet.com.br/minuto/Suspenso-Andre-Santos-Cruzeiro-Brasileirao_0_1042695943.html) e mesmo assim o escalou para a partida contra o Cruzeiro. Uma troca de e-mails, entre o advogado e diretores rubro-negros, veiculada pela imprensa mostrou isso. Levar pra esfera comum só vai fazer a Portuguesa se prejudicar mais. Que se mudem as regras, o regulamento mas enquanto essas estiverem valendo tem que ser respeitadas. Abraços a todos!

  15. Atila Says:

    Obrigado pelo esclarecimento.
    Só temos a lamentar então, seria LINDO o Flu sofrer com a MESMA regra que o manteve na série A e perder o campeonato de 2010… uma pena…

  16. Marcelo Says:

    Não conheço nada de leis.. mas pelo que eu vi do julgamento achei 2 coisas…
    1- A Lusa mereceu cair…
    2- A Lusa pela segunda vez ja entrou rebaixada…. Eles nem querem saber dos argumentos da Lusa….

  17. Alexlyzardo Says:

    Até aqui, nenhuma novidade! Tudo como “devería” ser, continua a ser! Situações semelhantes, pareceres diferentes!

  18. Palestrone Says:

    Com que um time de merda como este FlorminenC, nem estádio e torcida tem, pode manipular o futebol brasileiro. Ta na hora deste velhinhos do STJD entrar no cacete.

  19. Heitor Pereira Says:

    SCCP, pela moralidade do futebol, devolva o terreno doado pela ditadura.

  20. Wilbar Says:

    A bandalheira continua…. O dinheiro deve ter corrido solto entre TODOS os membros do STJD… Deu a lógica… Ladrão não muda nem de vida nem de opinião.. JUSTIÇA COMUM NELES….

  21. Herbert Says:

    Hmmm, #justiça #comum.
    Imaginem 1000 torcedores da Lusa que vão entrar na justiça comum contra essa decisão.

    Isso me faz lembrar aqueles 4 corinthianos que conseguiram uma liminar para assistir o jogo (em portões fechados) da Liberta. Ou seja a justiça comum se cagou toda para à decisão da Conmenbol.

  22. Roberto Silva Says:

    caiu a lusa, penalti pro corinthians!

  23. Roberto Silva Says:

    acho que ano que vem vamo homenagear mais um grande benemérito do futebol brasileiro, TAÇA Ricardo Teixeira ou taça jopeph blatter, alguem duvida?

  24. CARLOS Says:

    PRIMEIRO A PORTUGUESA CAI NA PEGADINHA DO ADVOGADO QUE NÃO FALA DA PUNIÇÃO DO JOGADOR HEVERTON, DEPOIS ELA CONTRATA O ADVOGADO DO CORINTHIANS QUE É LARANJA DA GLOBO PARA SE DEFENDER, RESULTADO O ADVOGADO FALOU TUDO HOJE MENOS O QUE O PROFESSOR DA USP JA TINHA FALADO E MONTADO A DEFESA DA PORTUGUESA COMO JA VIMOS NO SEU BLOG PAULINHO, DAI SOU OBRIGADO A ACREDITAR QUE A DIREÇÃO DA PORTUGUESA É QUE ESTA QUERENDO CAIR MESMO E EM TROCA VAI GANHAR DIREITOS DE TV DA SERIE A E AINDA VAI RECEBER DO LULA E PT UM PATROCINIO DA CAIXA, MELHOR PARA A PORTUGUESA, MELHOR PARA O FLUMINENSE E PRINCIPALMENTE PARA A REDE GLOBO QUE NÃO VAI TER 2 CARIOCAS NA SERIE B, E CAIU A MINHA FICHA DE FICAR TORCENDO PARA O FUTEBOL BRASILEIRO E ESTOU TORCENDO AGORA PARA A NFL (FUTEBOL AMERICANO) ONDE O ESPORTE É LEVADO A SERIO E NÃO TEM CORRUPÇÃO E NEM CBF, GLOBO E PRINCIPALMENTE PT.

  25. Alessandre Says:

    Marcelo Disse:
    dezembro 27, 2013 às 1:16 pm
    Não conheço nada de leis.. mas pelo que eu vi do julgamento achei 2 coisas…
    1- A Lusa mereceu cair…
    2- A Lusa pela segunda vez ja entrou rebaixada…. Eles nem querem saber dos argumentos da Lusa….

    Você tocou num ponto interessante (item 2) que o Blog do Marcelo Mattos [ http://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/2013/12/27/stjd-recusa-se-a-discutir-leis-mas-isso-ocorrera-na-justica-comum/ ] tocou: os ‘juízes’ do STJD entraram na sala com suas argumentações prontas. Apenas limitaram-se a ler seus votos. Eles já estavam feitos!!!

    Veja se tem cabimento isso! Imagina um tribunal onde o juiz entra com seu voto feito, e não o constrói durante todo o processo de julgamento, analisando as provas e arguições das partes.

    Pois é isso que acontece no STJD. Os ‘juízes’ fazem seus votos em casa, e no dia do julgamento, independentemente do que aconteça, eles leem os votos já prontos!

    É por isso que o CNJ emitiu nota essa semana dizendo que ‘o STJD não faz e nunca fará parte do poder judiciário’.

  26. Fred2 Says:

    nada diferente do esperado.
    é vergonhoso para nós brasileiros e enquanto esse tipo de coisa acontecer, o Brazil nunca será Brasil.
    Somos um pais rico com povo pobre.

    Ano passado, o Palmeiras entrou com recurso pedindo anulação do jogo contra o Inter, pela anulação do gol do Barcos, alegando uso da TV o que é ilegal. Mesmo tendo todo direito e até estando certo, fui contra.
    Futebol se ganha nas 4 linhas.
    O fato é que se o FlumerdenCe cair, acaba. A Unimerd não colocaria um centavo e se retiraria. Seria o fim. Ficaria pior que Bangu e Ameriquinha.

  27. Guilherme Says:

    Se esses Procuradores do STJD são tão confiáveis e de moral inabalada porque não se apurou o caso de venda do resultado do jogo entre Paysandu X Inter em 2002? Essa ‘Mala Preta’ que foi escandalosamente divulgada por vários meios de comunicação, principalmente através do ex-Presidente do Paysandu?
    Será porque o Sr. Paulo ‘Pavão’ Schmitt era amigo do falecido ex-Presidente colorado Paulo Rogério Amorett?
    E porque o STJD não averiguou a suposta ‘entrega’ do jogo pelo Inter ao Goiás que rebaixou o Corinthians? Porque não procuram investigar e ouvir os envolvidos como o ex-jogador Fernandão, ídolo nos 2 Clubes e tido como um dos mentores dessa ‘entrega’?

  28. Carlos Pontes Says:

    Corintiano falando mal do STJD é o sujo falando do mal lavado

  29. Junior Castro Says:

    Agora que foi confirmado o tapetão vou cancelar o meu pay-per-view do brasileirão…não gastarei mais dinheiro com um futebol sem credibilidade nenhuma….vergonha!…se todos fizerem o mesmo quero ver se a Globo não tenta botar ordem nessa zona!

  30. Roberto Silva Says:

    enquanto os errados acharem que estão certos por conta de brechas nas leis, vamos continuar na mesma m…
    com relação ao futebol, sou a favor de uma reestruturação muito grande nesse esporte. aproveitando o gancho que falaram sobre a NFL, que é o esporte/liga mais comunista do mundo. sabem por que?
    por que la as cotas de transmissão de jogos são compradas ao mesmo tempo por SETE emissoras, que cada uma passa alguns jogos diferentes, mas pagam o mesmo preço, o valor arrecadado é dividido igualmente entre as equipes, o time campeão da ultima temporada é o ultimo a poder contratar na atual e ainda existe um teto no gasto total das equipes.
    as ligas mais fortes da atualidade tem divisão de recursos semelhante, com a maior parte sendo dividida igualmente e uma parte por MERITO DESPORTIVO (inglaterra, italia e alemanha) enquanto na espanha com divisão semelhante ao modelo brasileiro (privilegiando duas equipes) o campeonato esta morrendo aos poucos. e de quem é o interesse de matar o campeonato? de quem é o interesse em tentar transformar Corinthians e Flamengo em Barcelona e Real Madrid da republica das bananas? aos interesses de quem a cbf e os diretores dos clubes obedecem cegamente?

  31. Roberto Silva Says:

    não investigam essas coisas pelo mesmo motivo de não investigarem a entregada do gremio contra o flamengo em 2009, onde o time gaucho entrou com uma equipe mirim, um garoto fez um gol e NUNCA mais teve oportunidade, foi sacado no intervalo e NUNCA mais voltou… no segundo tempo, estranhamente sofreram a virada…. acho que entregadas em campo acontecem, é feio, mas é coisa do jogo. o problema é querer inventar história depois do jogo jogado…

  32. Eduardo Says:

    A vergonha maior é o campeonato acabar assim, num tribunal, três semanas após a última rodada, e não pela decisão acertada do tribunal, pois a culpa toda é da burrice da Lusa.

  33. GOMAO Says:

    A pergunta que não quer calar e a seguinte:

    QUANTO O PRESIDENTE DA LUSO GANHOU DO fluminense PARA FAZER ESTA CAGADA COM O SEU TIME?????????????????????????????????
    Os torcedores da Leões da Fabulosa deveriam ir cobrar esta resposta do seu digno presidente. E o técnico não fala nada, ele colocou o cidadão no final do jogo para acontecer tudo isto.Quanto a merda deste time carioca mais uma vez ele fica na serie A, pela porta dos fundos, se todos times tivessem coragem, não jogariam contra eles no ano que vem, e eles seriam campeões invicto.

  34. Anderson Moura Says:

    Eu preciso, muito, aprender essa nova teoria da hierarquia das normas. A “Pirâmide de Kelsen” é coisa do passado, agora estamos diante da “Pirâmide do Zveitão”, na qual o “Regulamento” (?!?) tem mais força que todas as normas, quiçá uma mera LEI FEDERAL como é o Estatuto do Torcedor.

    Julgamento arranjado. Argumentos pífios do “relator” (?!?). Seja lá o que ele for, ele tem, urgentemente, que voltar à faculdade e pagar a cadeira Introdução ao Estudo do Direito, pois seu “conhecimento” (?!?) está um tanto equivocado.

  35. goi12ano Says:

    Paulinho, como faço para postar uma imagem ou video ?

  36. Fielzão 2013 Says:

    E agora? As torcidas do SPFW e Portumeiras vão vestir a camisa do Flu e gritar o nome do tricolor carioca como fizeram em 2010, quando torceram contra os próprios times? Torcidas asquerosas e clubes sujos que entregaram partidas a favor do Flu. Vergonhoso. SPFW e Portumeiras são iguaizinhos ao Flu, ou até piores.

  37. Fred - Corinthians Gaivotas Fiéis. A unica torcida Gay do Brasil. Says:

    Se a Lusa não entrar na justiça comum assina e confessa q vendeu sua vaga na serie A pro FluminenC q mais uma vez prova ser o rei do tapetão

    FluminenC time pequeno, porém fortíssimo nos tribunais[??] da CBF

    Prova q o time do Gen Figueiredo ainda prevalece, apesar do fim da ditadura

  38. Roberto Lemos Says:

    Impossível acreditar, que 2 jogadores foram escalados de forma irregular na última rodada de um Campeonato Brasileiro Série A por Amadorismo.
    Só não enxerga quem não quer, isso aqui é Brasil, onde os interesses pessoais estão acima de qualquer coisa, temos uma CBF arcaica que luta contra a modernidade, pois a mesma dificulta a corrupção.
    O tempo trará a tona a verdade do caso, numa coisa acredito, que tem macaco grande envolvido isso tem.

  39. Roberto Lemos Says:

    Eduardo Disse:
    dezembro 27, 2013 às 2:25 pm
    Você creditar em burrice, é o mesmo que acreditar em Papai Noel, Saci Pererê, acorda não existe inocência nesse caso.

  40. observador Says:

    se for deixado de lado o resultado dentro das 4 linhas, que deveria ser mantido, a mesma “lei” que esta salvando o Flu por causa de um suposto erro da Lusa, deveria tambem manter a Lusa na serie A.
    Lembrando que a “lei” que esta sendo aplicada é apenas desportiva. a Lei principal é a favor da Lusa. logo essa maneira de agir do stjd é no intuito de forçar a Lusa ir a Justiça Comum. Quando a Lusa for beneficiada pela justiça comum o Flu fica na serie A por uma manobra da CBF dentro da esfera esportiva aumentando o numero de participantes do campeonato.dessa forma alem do FLu, o Vasco tambem não cai.teremos um campeonato com 24 clubes dentro da “Lei” desportiva que agradara a todos.ou sera que alguem vai entrar na justiça comum argumentando que esta errado?é uma manobra bem simples para salvar 2 do RJ.

  41. Jardel Marchiori Says:

    Campanha pra cancelar assinaturas de pacotes do futebol na televisao. Ja. Eu iria assinar, mas desisti. Obrigado STJD pela podridão demonstrada e por me fazer economizar muito dinheiro.
    QUEREM FAZER PESSAO??? DEIXEM DE COMPRAR PRODUTOS DAS EMPRESAS QUE PATROCINAM A CBF – ESTAO TODAS LA NO SITE DELES. Campanha contra o apoio a essa podridao chamada CBF / STJD/ fluminense. ESSAS EMPRESAS PATROCINADORAS DEVEM SENTIR NO BOLSO QUANDO APOIAM A PODRIDAO. eu ja comecei hoje.

  42. Guilherme Says:

    Diferente de todos os tribunais, os membros do STJD são admitidos por indicação e não por concurso. Noutras palavras, não por mérito (i.e. provas/exames) mas sim por “amizade” ou até por sucessão familiar.

    O segundo escalão do STJD é indicado pelos indicados.

    Ou seja, não dá para confiar na integridade moral das decisões desse tribunal que é contaminado na sua origem.

    Gui

    https://www.facebook.com/BambiTricolor
    2480+ assinantes

    PAIXÃO pelo futebol, amor ao clube e até rivalidade entre adversários não tem nada a ver com homofobia. Se, até agora, Bambi foi um apelido usado para discriminar, por que não adotá-lo com orgulho e desarmar o preconceito? Pelo SPFC livre.

    PÁGINA feita por são-paulinos muito orgulhosos de seu clube, de sua história e dispostos a desarmar o preconceito. É uma honra ser a torcida Bambi! Vamo São Paulo! Viva a diversidade!

    TWITTER: @Bambi_Tricolor
    CONTATO: torcidabambi@gmail.com

  43. Gustavo Leite Says:

    Fielzão 2013 Disse:
    dezembro 27, 2013 às 3:16 pm

    Ou o Curincha vai vestir a camisa do Menguinho Pocotó igual fizeram em 2009, qdo entregaram o jogo NITIDAMENTE com aquele penalti onde o goleiro nem foi na bola????

  44. Roberto Lemos Says:

    observador Disse:
    dezembro 27, 2013 às 3:33 pm
    Falou tudo, e como sempre dito pela torcida do Fluminense, não são eles os culpados pelas viradas de mesa e sim os outros clubes, no caso foi a CBF e a “burrice” da Portuguesa.

  45. Roberto Lemos Says:

    Pergunto, se a Portuguesa entrar na justiça comum e obter êxito, quem cai é o Flamengo???

  46. Fred2 Says:

    Depois dessa o futebol no Brasil acabou de acabar.
    Perdeu o restinho de credibilidade. O boxe nos EUA acabou por conta da marmelada e resultados arranjados, que permitia ganhos maravilhosos aos apostadores.
    Quando Tyson perdeu o título pela primeira vez, a bolsa pagava 15 por 1 para o adversário, um desconhecido, J. Buster Douglas, que nunca mais ganhou coisa alguma. Havia 1 milhão apostados no Buster Douglas…. Resultado, a carreira do maior fenômeno do boxe, encerrara naquela luta.
    E certamente, a máfia das apostas não acabou e Edilson não era o único.

  47. compranatv Says:

    qual a lei que desrespeita? a sua?
    só pode, porque vai seguir sua lei, porque as regras foram cumpridas.

    cria segurança que se repetir pune do mesmo jeito.

    o que eu sei que vc é contra a lei.

    não a favor, inventa mais uma pra eu sorrir.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  48. Carlos Almeida Says:

    Paulinho, estou de olho. Segundo seu grande amigo Juca Kfouri, na realidade houve um grande conluio entre o Manoel da Lupa e a diretoria do Flamengo. Para não ficar pobre (perder os bens pelo aval do empréstimo de 40 milhões) ele vendeu o aval e garantiu a cota da TV de série A, para a Lusa na série B em 2014. Se ele não recorrer à Justiça Comum, e pode, pois todas as instâncias da falida justiça desportiva foram esgotadas fica comprovado a tese do Juca. Se ele recorrer ai a coisa fica séria. Vamos aguardar e ver o que acontece. Alias se o MP de São Paulo comprovar a falcatrua do presidente além de ser preso, junto com os caras do Flamengo os dois clubes devem ser suspensos por uns 10 anos dos campeonatos oficiais, pois aqui é um país sério.

  49. Helvio Says:

    Rust in Peace…
    Já vi coisas vergonhosas na vida, principalmente depois que o PT virou governo. Mas o stjd é deplorável.
    Cabe a nós pessoas de bem que amamos futebol boicotar isso, vamos deixar de ser gado por um momento.
    Agora é a hora da criação da liga independente, sem clubes de quem a cbf vai roubar ??? O stjd vai julgar o que ???

  50. MACHÃO DA GAMA Says:

    A IMPRENSA PORCA E SUJA BURGUESA CARIOCA ESTÁ COMEMORANDO OS 2 CLUBES DA FALIDA ZONA SUL (FLA E FLOR). E ESTÃO A FAVOR DOS PILANTRAS DO STJD, DAQUELA FAMILIA Q SE PERPETUA NO PODER DESSE FALIDO ÓRGÃO

  51. Junior Says:

    Carlos Almeida: Deixa de ser burro, o Juca Kfouri estava sendo irônico !!

  52. .EXECUTIVO, LEGISLATIVO, JUDICIÁRIO E QUARTO PODER QUE MANDA EM TODOS " REDE GLOBO DE TELEVISÃO. Says:

    Eles fazem o querem………E OS TROUXAS SE CALAM…….TORCEDOR, O BÔBO DA CORTE.

  53. William Says:

    Vamos esclarecer algumas coisas aqui:

    – Paulinho, você pode ser um ótimo jornalista mas não entende nada de direito desportivo. A tese do Ambiel (o mesmo nunca advogou na área de direito desportivo) é risível e não terá qualquer guarida na justiça comum. Quem viver verá.

    – Aos que culpam o STJD, digo que criticar o tribunal por julgar o caso da mesma forma como o mesmo já vem julgando casos semelhantes há anos é de um casuísmo inominável. Que se mudem os regulamentos daqui pra frente e ponto final. Querer mudar o jogo jogado isto sim é virar a mesa.

    – Parem de criticar a CBF, STJD, Fluminense, Papa, etc.. Que cada um assuma sua parcela de culpa pois todos os clubes sancionaram o regulamento do jeito que está e aceitam o campeonato organizado pela CBF. Se não estão satisfeitos formem uma liga, saiam da “asinha” da CBF. Covardia é dizer que está tudo uma porcaria, reclamando de entrega de jogos, juízes incompetentes, horários esdrúxulos, regulamentos injustos, etc., e depois, no ano seguinte fazer tudo igual. Não seja covarde, culpe o seu clube, o seu dirigente por tudo o que está aí. Ou não faça nada, continue culpando os outros pelos seus problemas, é muito mais fácil assim não é ?

  54. STJD UMA EMPRESA FAMILIAR Says:

    A Unimerda deveria bancar a construção de arquibancadas no STJD e o FlorminenC comercializar ingressos para as sessões do órgão.

  55. Guilherme Says:

    O TOPICO E SOBRE PORTUGUESA, JULGAMENTO E ETC AI VEM O TAL DE “fielzao” AI FALAR MAL DE PALMEIRAS E SPFC…

    EITA RECALQUE DESSA GALINHA BEIJOQUEIRA KKKKK AO INVES DE ESTAR PREOCUPADO COM SEU TIME DEVENDO 1 BILHAO E MEIO NA PRACA, COM O TETO DO GALINHEIRO DESABANDO OU NO MINIMO SE LIMITAR A OPINAR SOBRE O ASSUNTO, A GAIVOTINHA FIEL AI SAI FALANDO DOS ADVERSARIOS KKKKKKKKKKKKKK

    HUAHUAHUAHUAHAHAHAHA

  56. Gustavo Says:

    Minha humilde contribuição ao Ministério Público de São Paulo como subsídio à sua investigação …

    O presidente do fluminense, peter siemsen, tem como principal aliado, e verdadeiro sustentáculo político, dentro do clube um grupo de torcedores-sócios chamado de flusócio. Esse agrupamento de pessoas de enorme influência dentro do clube tem um blog na internet através do qual expõe o pensamento dos que o compõe, o qual, via de regra, antecipa as ações do próprio clube.

    É Interessante conferir o poder de persuasão do grupo político de apoio ao presidente tricolor, acompanhando os post´s no referido blog: a flusócio não quer o Wanderley Luxemburgo, Wanderley Luxemburgo logo em seguida é mandado embora; a flusócio não quer o Rodrigo Caetano, Rodrigo Caetano logo em seguida é mandado embora; a flusócio queria que o clube abrisse as suas portas no dia da última rodada do campeonato brasileiro, o presidente que tinha dado ordem em sentido contrário, voltou atrás … e por aí vai …

    Mas até aí, nada demais. Agora vejam as passagens constantes nos post´s da flusócio nos últimos 10 (dez) dias antes do fim do campeonato brasileiro:

    “Mudança de postura (02 dez 2013)

    (…) A verdade é uma só: se repetirmos o expediente nesta semana, FORÇANDO TAMBÉM A ATUAÇÃO NOS BASTIDORES, vigilantes na escala de arbitragem, temos grandes chances de vencer em Salvador, e mais da metade de nosso caminho estaria feito. Vasco e Coritiba terão compromissos duríssimos, então vamos fazer nossa parte!”

    “Em nome da honra… (04 dez 2013)

    (…) CABE À DIRETORIA AGIR NOS BASTIDORES para que a lógica faça com que esses jogos tenham os resultados esperados, já que Atlético-PR e São Paulo têm times claramente superiores à Vasco e Coritiba. (…)”

    E tem mais, por que será que o técnico e o executivo de futebol do Bahia foram sumaria e inesperadamente demitidos pelo clube no dia seguinte ao jogo contra o Fluminense (em que o time foi derrotado de virada na Fonte Nova) depois de ter heroicamente mantido o clube na séria A na vitória contra o Cruzeiro no Mineirão???… Por que será que o presidente do Bahia foi um dos poucos a apoiar abertamente a Portuguesa???… alguém tem as respostas???…

    Alguém desconhece que o escritório de advocacia do presidente do fluminense tem como cliente a CBF??…

    Ou ainda de que a UNIMED também patrocina a CBF???… (é só entrar no site da entidade e constatar)

    O diretor jurídico da CBF (responsável pelas notificações quanto a possíveis irregularidades na escalação de atletas), Carlos Eugênio Lopes, é ex-dirigente do Fluminense …

    A defesa veemente (e contraditória, com a postura assumida no campeonato brasileiro de 2010, quando a moralidade foi o argumento para que o fluminense não perdesse pontos pela possível escalação irregular do Tarta, o que implicaria na perda do título) do fluminense feita pelo procurador do STJD, Paulo Schmitt …

    A proximidade do advogado da portuguesa Osvaldo Sestário com os subterrâneos da CBF, e a sua intimidade com figuras ligadas ao fluminense (fotografia em que está abraçado com o jogador Fred) …

    As eleições para a presidência da UNIMED que ocorrerão em março do ano que vem, e a péssima repercussão – agora ainda mais agravada com o rebaixamento do Fluminense no campo, e a virada de mesa que acabou por acontecer, comprometendo ainda mais a imagem do clube – entre os 5.500 médicos cooperativados em relação ao oceano de dinheiro despejado pelo torcedor do clube e mecenas com os recursos alheios, Celso Barros …

    O auditor (e juiz aposentado, recomendo que pesquisem no google sobre o seu curriculum …) do STJD, Alexander macedo, ex-dirigente do Fluminense, participando do julgamento em franca quebra do princípio da imparcialidade por obviamente estar impedido …

    O histórico do fluminense em matéria de viradas de mesa para escapar aos rebaixamentos determinados nos campos de futebol …

    Só tenho uma coisa a dizer. Cada um que tire as suas próprias conclusões.

  57. .EXECUTIVO, LEGISLATIVO, JUDICIÁRIO E O QUARTO PODER QUE MANDA EM TODOS " REDE GLOBO DE TELEVISÃO. Says:

    O IMPORTANTE É SER FEVEREIRO E TER CARNAVAL PRA GENTE SAMBAR…………..É ASSIM QUE PENSA ESSE POVINHO DE MERDA.

  58. Airton ( Corumbá MS ) Says:

    .
    NO ATO DO JULGAMENTO O TAL flavio zveiter DISSE QUE A CASA PRIMA PELA LEI!!
    .
    Correto – primou pela lei!!!
    .
    MAS PORQUE A LEI NÃO VALEU PARA O VASCO??! – Os caras vomitaram tanta lisura nas regras e porque não se cumpriu a punição para quem EXTRAPOLOU O TEMPO QUE MANDA A REGRA??!!!
    .
    Penso PAULINHO que a melhor forma de punição seria o rebaixamento de todos que infringiram a lei…
    .
    MAS NESSE CASO FICOU CLARO QUE SE FOSSE UTILIZADA A LEI A FAVOR DO VASCO COM CERTEZA O flamengo SERIA REBAIXADO, CERTO?!
    .
    O MELHOR ARGUMENTO PARA QUEM PEDE JUSTIÇA, COLOCO-ME ENTRE OS QUE QUEREM A JUSTIÇA, SERIA A APLICAÇÃO CORRETA DA LEI A FAVOR DO VASCO E O REBAIXAMENTO DO flamengo.
    .
    DAI EU IRIA VER SE ELES TERIAM PEITO DE REBAIXAR….!! DE FALAR EM MORALIDADE, DE FALAR EM APLICAÇÃO DA REGRA.
    .
    O tribunal tripudiou em cima de todos voces da mídia, dizendo que fomentavam a contrariedade da regra e está aí a GRANDE CHANCE DE VOCES QUE TEM O MICROFONE NA BOCA COBRAR DO TAL STJD A APLICAÇÃO DA LEI A FAVOR DO VASCO – DAI VOCES VERIAM O QUANTO NQUELA CASA ESTÁ INFESTADA DE TRICOLORES E MULAMBOS

  59. Rafael Mussi Says:

    Rídicula foi a defesa da Portuguesa, novamente. Choveram teses muito bem fundamentadas que comprovam o desrespeito às leis superiores e nem assim os advogados da Lusa souberam usar essas teses. Sinceramente, ver os discursos pífios dos advogados da Portuguesa, além do tamanho amadorismo do Departamento de futebol ao cometer um erro desses, me leva a acreditar que tem gente recebendo para aceitar esse rebaixamento.
    Ao FIELZAO, que comentou acima, é importante lembrar que SPFC e Palmeiras entregaram para o Fluminense não foi por que gostam desse time e sim como resposta à atitude precursora do teu time ridiculo no ano anterior, quando entregou para o Flamengo. Não pense que todos torcedores ficaram felizes por isso, mas se corinthiano algum pode reclamar disso.

  60. Gustavo Says:

    Eu aconselharia aos dirigentes do Flamengo a economizarem os já escassos recurso do clube recorrendo à Corte Arbitral do Esporte (CAS), por uma simples e boa razão … Peter Dirk Siemsen, um de seus membros, é nada menos do que o pai do presidente do Fluminense, e sócio fundador do escritório de advocacia que defende os interesses da CBF em matéria de propriedade industrial …

    Pelo visto o tapetão é tão longo que chega a atravessar o Oceano Atlântico …

    *Referência na área de Propriedade Intelectual no Brasil e no exterior, Peter Dirk Siemsen é sócio do escritório Dannemann Siemsen, advogado e agente da Propriedade Industrial. Um dos fundadores e ex-presidente das Associação Brasileira da Propriedade Intelectual (ABPI) e Associação Interamericana da Propriedade Intelectual (ASIPI) e ex-presidente da Associação Internacional para a Proteção da Propriedade Intelectual (AIPPI). Também é membro do Tribunal de Arbitragem do Esporte (CAS), ex-vice-presidente da Federação Internacional de Vela – ISAF (antiga IYRU), autor do Código de Propaganda e Patrocínio e do Código de Eligibilidade da ISAF. Foi indicado diversas vezes como advogado mais admirado em publicações nacionais e internacionais especializadas na área do Direito.

  61. Gustavo Says:

    Eu aconselharia aos dirigentes do Flamengo a economizarem os já escassos recursos do clube recorrendo à Corte Arbitral do Esporte (CAS), por uma simples e boa razão … Peter Dirk Siemsen, um de seus membros, é nada menos do que o pai do presidente do Fluminense, e sócio fundador do escritório de advocacia que defende os interesses da CBF em matéria de propriedade industrial …

    Pelo visto o tapetão é tão longo que chega a atravessar o Oceano Atlântico …

    *Referência na área de Propriedade Intelectual no Brasil e no exterior, Peter Dirk Siemsen é sócio do escritório Dannemann Siemsen, advogado e agente da Propriedade Industrial. Um dos fundadores e ex-presidente das Associação Brasileira da Propriedade Intelectual (ABPI) e Associação Interamericana da Propriedade Intelectual (ASIPI) e ex-presidente da Associação Internacional para a Proteção da Propriedade Intelectual (AIPPI). Também é membro do Tribunal de Arbitragem do Esporte (CAS), ex-vice-presidente da Federação Internacional de Vela – ISAF (antiga IYRU), autor do Código de Propaganda e Patrocínio e do Código de Eligibilidade da ISAF. Foi indicado diversas vezes como advogado mais admirado em publicações nacionais e internacionais especializadas na área do Direito.

  62. Helvio Says:

    .EXECUTIVO, LEGISLATIVO, JUDICIÁRIO E O QUARTO PODER QUE MANDA EM TODOS ” REDE GLOBO DE TELEVISÃO. Disse:

    dezembro 27, 2013 às 6:12 pm

    O IMPORTANTE É SER FEVEREIRO E TER CARNAVAL PRA GENTE SAMBAR…………..É ASSIM QUE PENSA ESSE POVINHO DE MERDA.

    Falou tudo, esse lugarzinho medíocre chamado brasil resume-se a isso.
    A bandalheira faz parte da cultura…

  63. Brigadeiro Says:

    Este processo precisa cair nas maos do heroi do povo brasileiro, ministro Joaquim Barbosa. Soh ele tem saco pra botar as coisas nos seus devidos lugares, resgatando a Lusa pra Serie A e chutando o Flupetense pra Serie B. De quebra, ainda declara o STJD inconstitucional e dissolve o tribunal.

  64. Osvaldo SEP Says:

    Para os torcedores do time da Tapeçaria

    EXISTE UM ESTATUTO DO TORCEDOR QUE É LEI FEDERAL, E LEI FEDERAL COBRE QUALQUER OUTRA, ATÉ O CBJD

    E LA DIZ QUE PRECISA HAVER A PUBLICIDADE DA SENTENÇA, ISSO É, TEM QUE PUBLICAR, E ONDE ELES PUBLICARAM ??? NÃO EXISTE A FIGURA DO “O ADVOGADO ESTAVA PRESENTE…”

    CACETE, COMO É DURO VER GENTE BRIGANDO CONTRA A LÓGICA.

    FIELZÃO 2013, VOCE É TÃO ALIENADO COMO O NAVE, EN~TAO COMENTARIO SEU É TOTALMENTE INÓCUO.

    SO PARA LEMBRAR

    Art. 34. É direito do torcedor que os órgãos da Justiça Desportiva, no exercício de suas funções, observem os princípios da impessoalidade, da moralidade, da celeridade, da publicidade e da independência.

    Art. 35. As decisões proferidas pelos órgãos da Justiça Desportiva devem ser, em qualquer hipótese, motivadas e ter a mesma publicidade que as decisões dos tribunais federais.

    Art. 36. São nulas as decisões proferidas que não observarem o disposto nos arts. 34 e 35.

    TORCEDORES DO FLUMINENSE, QUE QUEREM A LEI, ELA ESTA AI, BRIGUEM COM AS PALAVRAS.

  65. Delegada Helô Says:

    Normal. Ano que vem tem mais maracutaia e bandalheira, na política e no futebol. Salve-se quem puder!!!

  66. Marco_Palmeirense Says:

    O FluminenC é chacota do Brasil inteiro, qualquer torcedor decente teria vergonha de torcer pra esse lixo de time!!

    Vejam uma foto de DÉCIO NEUHAUS Auditor-retator STJD a imagem diz tudo:

  67. gomes Says:

    eu iria para justiça é dane-se o campeonato seria uma brecha para acabar de vez com a cbf e criar uma liga que alias é assim em quase todo o mundo ha uma coisa que ninguem falou é que os torcedores foram feitos de palhaços vergonha.

  68. Cleber SEP Says:

    Osvaldo SEP, mandou bem pra ca&¨$%*&¨agora!!

  69. Enio Says:

    Tudo bem foi marmelada, mas passa 37 rodadas lutando para não cai e quando faltam 12 minutos do segundo tempo da ultima rodada, coloca um jogador irregular, tem que se ferra mesmo, pois vai ser burro assim no inferno.

  70. William Says:

    Normalmente evito comentar sobre as outras opiniões aqui nos comentários mas o Gustavo, que já comentei antes, na verdade é o pseudônimo que o Bandeira de Melo do Flamengo usa para postar aqui, consegue tirar qualquer um do sério. As insinuações e maledicências são tantas e tão absurdas que chega a ser ridículo que um indivíduo sem nenhum distúrbio mental perca seu tempo para inventar e propagar tanta mentira.

    Para começar o regime no Fluminense é presidencialista assim como em qualquer outro clube da série A no futebol. Tentar insinuar que algum grupo resolve os destinos do clube no lugar do presidente é totalmente absurdo. Por outro lado, as insinuações que ele faz de um determinado grupo político foram pinçadas no meio de um texto estão totalmente fora de contexto, o que já foi explicado por outro colega aqui nos comentários, em outro tópico, demonstrando por A + B sua falácia sem sentido.

    Sobre o jogo do Bahia, o Gustavo não deve ter visto o jogo, mas quem viu percebeu o quanto o Bahia brigou pela vitória, o que foi reconhecido pela sua própria torcida ao final do jogo.

    Outra historinha: o escritório de advocacia do presidente do Fluminense presta serviços a CBF. Pra começo de conversa, não há escritório de advocacia do presidente do Fluminense. Ele é sócio de um escritório junto com junto com outros 53 sócios. Você não sabe como funciona um escritório de advocacia ? Então não sai falando do que não sabe. A CBF contrata este escritório para seus serviços de marcas e patentes desde 1990, portanto na época do Flamenguista e Conselheiro do Flamengo, Ricardo Teixeira. Este escritório é o maior do país em marcas e patentes. Natural que tenha muitos clientes. O que isso tem a ver com um dos sócios ? NADA.

    Outra informação. “A UNIMED patrocina a CBF”. Correto, mas quem patrocina a CBF é a UNIMED Seguros, que é controlada pelo Sistema Nacional Unimed. A sede da UNIMED Seguros é em São Paulo e não tem NENHUMA relação com a UNIMED Rio que patrocina o Fluminense. Pesquise aí.

    Continuando o desfile de abobrinhas, volta ele com esta história requentada do Tartá. Não tem vergonha não ? Isto já foi desmentido inúmeras vezes na imprensa. História sem pé nem cabeça. Lê aí o texto do PVC:

    http://www.espn.com.br/post/376182_pelo-bem-da-verdade-podemos-ver-contradicao-de-schmitt-mas-tarta-nao-jogou-suspenso-em-2010.

    Quer dizer também que a mulher do advogado tirou uma foto com o Fred ? Então se Eu achar uma foto sua com o Bruno posso pressupor que você ajudou a matar e ocultar o cadáver da Elisa Samúdio ? É isso ? É nesse nível que você acha que convence alguém ?

    E as Eleições da Unimed. Agora tem a ver com o campeonato brasileiro. Meu Deus a que ponto chegamos. Leva a mal não mas é muita falta de noção. O presidente da UNIMED já está lá há mais de 20 anos. E porque Ele é reeleito toda Eleição? Porque os médicos são todos tricolores ? Óbvio que não. Ele é reeleito porque é bom administrador, porque a empresa cresce e dá lucro. Simples assim. Se não der lucro e atender as expectativas dos acionistas vai sair. Se o patrocínio também não der o retorno que a empresa quer este também acaba. Como em qualquer lugar. Veja bem, é uma EMPRESA PRIVADA.

    Pesquisei no Google como você recomendou. Alexander Macedo Auditor do STJD é ex-juiz e tricolor. Na mesma reportagem onde consta esta informação ele alega que isto não altera seu senso de julgamento pois todos os auditores tem seus clubes de preferência. Informa que neste mesmo campeonato já votou contra o Fluminense em diversas ocasiões e que dois colegas seus são torcedores da Portuguesa e votaram contra a mesma no julgamento. Por outro lado, casos semelhantes já foram julgados 11 vezes somente este ano no STJD. Todos foram julgados da mesma forma e tiveram a mesma sentença. Portanto não há contra-senso nem contradição nos auditores. Pesquise mais Gustavo, tá muito fraco.

    Com relação a viradas de mesa do Fluminense, não houve nenhuma. Pesquise de forma séria na Internet. Em 1996 quem virou a mesa foi a CBF para não rebaixar Corinthians e Atlético Paranaense que foram pegos combinando resultados de jogos com o presidente da Comissão de Arbitragem, Ivens Mendes. Neste ano não houve rebaixamento mas deveria haver. Destes dois clubes cujas provas do delito encontradas são irrefutáveis.

    Em 1999, o São Paulo deveria ser rebaixado pois Sandro Hiroshi que estava irregular disputou 11 partidas pelo Clube. Se perdesse pontos em todos estes jogos o tricolor estaria rebaixado. O Botafogo foi rebaixado no campo. Pra reverter isso entrou com recurso na justiça desportiva contra o São Paulo. O tribunal não só tirou os pontos do São Paulo, como deu estes pontos ao Botafogo e fez o mesmo com o Inter, pois se não o fizesse o Inter é que seria rebaixado. Estes dois clubes passaram a frente do Gama, que por sua vez entrou na Justiça Comum. A Justiça deu liminar ao Gama e impediu a CBF de organizar o campeonato sem o Gama. A CBF impedida de organizar o campeonato repassou então os direitos ao Clube dos Treze (no qual está o seu clube do coração) que dividiu o campeonato em módulos, sem divisões. Todos os clubes disputaram um só campeonato, sendo que os clubes pertencentes ao clube dos treze ficaram todos no mesmo módulo por uma questão financeira e não de divisão. Mais a frente estes módulos tiveram cruzamentos. Veja que o vice campeão foi um time que não estaria na primeira divisão, mas que no mata-mata chegou a final que foi o São Caetano.

    Só pra finalizar, virada de mesa é descumprir o regulamento do campeonato para beneficiar o time A ou B. Justamente o que você vem defendendo.

    Ah. Faltou um detalhe. O pai do presidente do FLU é do CAS ? É mesmo ? Muito bom pra Ele né ? A corte arbitral do esporte julga TODOS os esportes. Tem 300 membros de 87 países e certamente não tem brasileiros julgando questões provenientes do Brasil. Seria um contra-senso não acha ? É cada uma…Fala sério.

    Portanto, o que aproveito do seu texto ???? NADA.

  71. William Says:

    Já que o Gustavo gosta tanto da Flusócio (nos indicou o endereço), que tal ler último post que os caras puseram lá. Tá mais coerente que seu texto:

    “Do ponto de vista do Fluminense não há nada a ser comemorado, a não ser a nova chance, oferecida pelo destino, de disputar a Série A em 2014 para tentar reverter, com muito trabalho, um ano de 2013 onde foi péssimo o desempenho no Departamento de Futebol.

    No julgamento dos recursos impetrados junto ao Tribunal Pleno do STJD, Portuguesa e Flamengo, foram mais uma vez derrotados por unanimidade. Ao todo, foram 13 votos a zero a favor da condenação de ambos os clubes pelo fato de terem escalado jogadores suspensos na última rodada do campeonato brasileiro de 2013.

    Na Europa, tais julgamentos sequer existem. São substituídos por punições administrativas de rito sumário. No Brasil existe o direito à defesa, mas as provas nestes casos são documentais e claríssimas: as súmulas dos jogos são analisadas contra a ata do STJD que condenou os atletas em questão. Constatada a irregularidade, a CBF envia o caso para a Procuradoria do STJD, que notifica as partes. Se não houver argumentação de defesa válida, o STJD aplica a letra da lei prevista no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBDJ).

    Estas três semanas após o término da competição serviram para que máscaras caíssem. Uma grande parte da imprensa se nega a apurar ou sequer comentar a ligação básica entre os eventos ocorridos. Fecham os olhos para o fato no mínimo estranho que permitiu à Portuguesa, clube em péssima situação financeira, sem qualquer expressão de mídia ou força numérica de torcida, ter cometido exatamente o mesmo erro do clube mais querido pelo sistema, exatamente um dia após.

    A conduta de alguns setores da imprensa é clara: pra quê apurar algo que pode desmoralizar o time da maioria se o “vilão perfeito” está ali como beneficiário e pode ser tratado como Judas? Que se dane a Justiça, que se danem os fatos, que se danem as provas. É visivelmente mais fácil para alguns setores vestir a camisa do time da massa, com toda a demagogia e populismo que isso representa para seus veículos de imprensa.

    Sabemos que a chance de um time de Série A colocar em campo um jogador suspenso deve ser a mesma de um cirurgião esquecer o bisturi dentro do paciente. Mas inexplicavelmente isso aconteceu duas vezes na mesma rodada, sendo que o “erro” do nanico, ocorrido exatamente no dia seguinte, salvou o time queridinho do sistema de um rebaixamento.

    Se alguém argumentar que tudo foi mera coincidência, apenas obra do acaso, nós podemos também nos resignar e usar um nariz de palhaço.”

  72. Estéfano Cerqueira Says:

    Prezado, assim como você procura a verdade, e admiro isto, certas verdades carecem de interpretação, e certas interpretações exigem conhecimento. Tal como opinar sobre um diagnóstico médico, economia, etc. Todos os advogados do país que não são Flamenguistas ou Anti-Fluminense são unânimes e não corroboram a sua opinião. Acho que um modo de você não perder a sua credibilidade seria, além de relatar e comprovar os fatos, que vejo que faz muito bem, também deveria se ater aos fatos, não emitir opinião de algo que não tenha conhecimento. No caso em questão o que se fez foi aplicar a regra, que valeu para todos. O que os advogados da Lusa e Flamengo fizeram foi questionar sintaxe e hermenêutica de frases da regra. O que é uma coisa imoral, embora artimanha permitida na legislação Brasileira, que por outro lado evita o efeito nocivo dessas artimanhas pelo uso da Jurisprudência e do princípio da ISONOMIA. Mudar a regra ou a interpretação da mesma em prol de suposta “justiça”(justiça se faz para todas as partes, e não somente para réus), isto sim configuraria o que se chama de “virada de mesa”. Enfim, fica a dica: Evite opiniões que necessitem embasamento, ou deixe claro para não ficar feio. Pois uma hora desagradará uns, outras outros, e com razão. Quem não emite juízos sem fatos, dados, evidências E EMBASAMENTO, pode desagradar mas não perde a credibilidade.

  73. Tribunal Says:

    parabens paulinho o birner que é top de linha no uol disse que tem 20 mil acessos por dia e voce diz que tem 40 mil.

    Paulinho: Desculpe-me por ser bom…

  74. Leandro Says:

    O mínimo que qualquer amante do futebol deve fazer é não assistir qualquer jogo do Fluminense, inclusive quando jogar contra o seu time.

  75. Sérgio Says:

    VAsco tb deveria melar o campeonato na justiça comum.. se é para seguir a lei, que assim o façam e não fechem os olhos no caso do Vasco.

  76. Lima Says:

    Ninguem pode questionar a decisão, todos que entendem de lei não há margem de duvidas de que quem ERROU, FEZ CAGADA FOI O PESSOAL DA PORTUGUESA.Os torcedores da Lusa tem que ir a justiça comum contra seus diretores, advogado que fizeram pouco caso do assunto, escalando um jogador irregular. Não adianta alguns jornalistas defender o que chamam de imoralidade, Imoralidade seria se não punisse a Portuguesa. Paulinho pare de ser maria vai com as outras e avalizar o que aquele jornalista Juca prega, um homem ateu, que não é demente a Deus, querer falar de moral, bons costume, caráter, seriedade. Sentimos pela Portuguesa, gostaríamos que ela permanecesse, mas de forma justa, se errou infelizmente tem que pagar, poderia ser SP. Corinthians, Santos, quem quer que fosse.

  77. Osvaldo SEP Says:

    Estefano Cerqueira, usemos suas palavras,

    “No caso em questão o que se fez foi aplicar a regra, que valeu para todos. ”

    abaixo a regra que vale desde 2010, o Estatuto do Torcedor que é Lei federal, o resto é encher linguiça

    Art. 34. É direito do torcedor que os órgãos da Justiça Desportiva, no exercício de suas funções, observem os princípios da impessoalidade, da moralidade, da celeridade, da publicidade e da independência.

    Art. 35. As decisões proferidas pelos órgãos da Justiça Desportiva devem ser, em qualquer hipótese, motivadas e ter a mesma publicidade que as decisões dos tribunais federais.

    Art. 36. São nulas as decisões proferidas que não observarem o disposto nos arts. 34 e 35.

  78. Osvaldo SEP Says:

    Ah sim Estefano,contrariar a LEI é se contradizer nas suas proprias palavras

  79. Alvaro Says:

    Para o Osvaldo SEP:

    A lei federal é clara e em sua redação está escrito a palavra “PUBLICIDADE” e tem pessoas confundindo com “PUBLICAÇÃO”.
    Apesar de serem palavras parecidas as definições são diferentes:

    – Publicidade = divulgação, tornar-se público. (acontece de imediato)
    – Publicação = edição, impressão, emissão. (acontece após registro)

    O FluminenC deveria cair esportivamente e a Lusa por incompetência… ou safadeza mesmo !!!

  80. Carlos Xará Says:

    Ridículo foi o advogado do Fluminense citando trecho do Pequeno Príncipe em que ao final de um diálogo o cara que acende e apaga lampiões, ao ser inquirido pelo PP por que faz aquilo, responde “É o regulamento. Regulamento não é para ser entendido, é para ser cumprido”. Faz isso como alegação de defesa e não percebe a ironia do trecho!!! É justamente o contrário; Ele dá um tiro no próprio pé e não percebe!
    Um bom exemplo da mediocridade geral em que estamos.
    E a questão da diferença entre “legal” e “legítimo”, então, que poucos (advogados incluídos) entendem. Basta lembrar, para ilustrar, que já foi ilegal nos EUA negros ENTRAREM em certos estabelecimentos comerciais.

  81. Sérgio Antunes Says:

    Osvaldo SEP

    Não adianta, amigo. Quando o fanatismo entra em jogo mesmo argumentos sólidos como os teus são desprezados. A prova maior foi o absurdo do julgamento da Lusa, onde passaram por cima de uma lei federal para ajudar o time do estado.

  82. Sérgio Antunes Says:

    Acho que nós, torcedores conscientes, deveríamos boicotar o futebol brasileiro em 2014. Chega de palhaçada. Já passou de todos os limites aceitáveis. Não vou me surpreender se mudarem o formato do brasileirão de 2014 e incluírem Portuguesa, fluminenC, Ponte Preta, etc…

  83. observador Says:

    A tese de que os clubes cumpriam o regulamento por não escalar seus atletas suspensos mesmo sem aparecer seu nome no BID ou o clube ser comunicado por meio de documento só mostra o quanto os times e o proprio STJD estão desinformados quanto a Lei Federal.não escalavam por que não conheciam a Lei.e agora o STJD não aceita a Lei por que seria admitir falta de conhecimento dela tambem.ou seja: I N C O M P E T E N C I A.
    Se pra ter condição de jogo o nome do atleta tem que constar no BID, pra não ter essa condição tambem tem que constar.publicidade igual.
    Pra concertar a caca ano que vem 24 clubes ou, por que não, uma “primavera arabe” no futebol do Brasil.
    As vezes se corta um dedo pra não perder o pé inteiro.

  84. Osvaldo SEP Says:

    Alvaro, ouvi de um Advogado com conhecimento em direito esportivo no Estadio 97 tem umas 2 semanas, e ele abordou o tema, a publicidade é tem que ser publicado, e outra, ninguem deu direito de recurso, simplesmente puniram e fim de papo.

  85. Osvaldo SEP Says:

    Vamos brigar com as palavras de novo

    http://www.clicdireito.com.br/entender.asp?target=publicidade

    Imprensa: A Imprensa oficial, através do diário oficial da justiça (DO) ou diário da justiça eletrônico é responsável por publicar os despachos e decisões judiciais e assim dar a publicidade para os mesmos. Só após a publicação é que a decisão judicial passa efetivamente a existir.

  86. Estéfano Cerqueira Says:

    Caro Osvaldo SEP, acho que você ou não sabe ler ou está cego pela passionalidade…
    Art.34 foi cumprido!
    Art.35 foi cumprido!
    Me diz onde você viu descumprimento do Estatuto! Vai ser difícil, você provavelmente vai apelar e me ofender, porque não tem nada aí escrito que conflite com o caso em questão… Me desculpe mas você está brigando com moinhos de vento…

  87. Estéfano Cerqueira Says:

    Caro Alvaro, você ao menos sabe o que está falando. Mas me permita discordar quanto ao Flumiense “merecer” cair. Cair não é por desempenho, é por regra: 4 últimos na regra de classificação (pontuação/vitórias/empates/derrotas/saldo de gols). Se fosse por desempenho o Flamengo deveria ter sido rebaixado em 2010 porque fez 44 pontos… Fizemos 46, no campo, cumprindo regras. Nem por isto temos orgulho de nosso desempenho. Escapamos por erro alheio, e comemoramos não o desempenho, mas a sorte. Comemoramos o gol contra de Portuguesa e Flamengo. Esse papo bobo de ser justo e moral é forçação. Se não é justo ser rebaixado por descumprir regulamento que todos cumpriram e sofreram o ônus, é justo o Criciúma ter escapado no lugar do Flu com um gol de penalti? É imoral escapar por erro alheio? Então Gol contra não deveria valer! Flamengo deveria devolver o título de 87 que o Andrade tirou a bola de dentro do gol com a mão. Enfim, não existe justiça no futebol e não há a menor condição de atestar que o Flu foi mais ou menos merecedor de se rebaixado que qualquer dos times da décima posição pra baixo que fizeram, todos, camapnha horrorosa. São Paulo contra o Coxa assistiu o jogo, foi ridículo! Bahia contra o Flu parecia estar numa final, e ganhamos. Enfim, papo de merecer cair não existe! Cair é só regra de organização. Então moralidade é cumprir a regra, o resto é pura forçação de barra: Chororô.

  88. Estéfano Cerqueira Says:

    Caro Sergio Antunes, consciência não se adquire por autoproclamação! Você está sendo ridiculamente pedante! Se informe melhor pois seus argumentos só dizem “tenho razão”. Explique onde foi descumprido o Estatuto do Torcedor… Por favor, demonstre e embase a sua “consciência” para que nós possamos entender porque se julga consciente. Em que ponto exatamente foi descumprido o Estatuto do Torcedor?

  89. Carlitus Says:

    Você compraria um carro usado de algum desses juizes do STJD?

  90. Osvaldo SEP Says:

    Estefano, te tratei com cordialidade, mas pelo jeito voce precisa respirar e raciocinar, consegue os dois ao mesmo tempo ?. Mas te ofender acho que não seria o caso, porque eu procuro ser melhor do que alguns.

    E como voce não deve ter visto que sou Osvaldo SEP ( SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS ) então passionalidade eu não tenho, eu gosto da coisa certa.

    O art 35 não foi cumprido. Não foi publicado no site e isso é de DOMINIO MUNDIAL nem PUBLICO.

    E eu que sou passional hein ?

  91. Estéfano Cerqueira Says:

    Caro Osvaldo SEP, seus argumentos são baseados em interpretação tendenciosa, considerando somente o que defende sua tese. Não se defende uma tese ignorando o contraditório. Você esquece de considerar o seguinte: O STJD não é um órgão da justiça! Conclusão: não se pode publicar suas decisões no D.O. Senso assim, o que está no Estatuto do Torcedor é uma “analogia”. Ou seja, o que diz o Estatuto é que a justiça desportiva deve seguir a mesma lógica, mas não fazer o mesmo, pois como expliquei, não pode publicar no DO. Sendo assim, o Estatuto do Torcedor apenas dá uma DIRETRIZ para que a regulamentação desportiva seja análoga. Ou seja, o RGC deveria ter o seu DO. Então a questão é: Qual é o “DO” da “Justiça”Desportiva? Quem deve dizer é o RGC pois não está no estatuto. E o que está na regulamentação da “Justiça” Desportiva??
    O artigo 57 do Regulamento Geral das Competições diz que o clube não pode depender da CBF para controlar a condição de jogo dos atletas. Nem precisava, pois o Estatuto do Torcedor refere-se aos “órgãos da Justiça Desportiva” e não às entidades desportivas. Ou seja, que tem que ter um DO é o STJD! A CBF não tem nada a ver com isto. Veja quanta distorção se faz… É mesmo enfadonho explicar o óbvio. Caro Osvaldo, o problema não é brigar com as palavras, é brigar com o texto todo e dar visibilidade parcial a trechos ou palavras.
    Oras, então Estéfano, cadê o DO do STJD. Pergunto a você: você recebe o DO na sua casa? As partes envolvidas, na Justiça comum, também nem tomam conhecimento do DO, recebem intimação. Vou citar, mas vamos desconsiderar, que ninguém é condenado num tribunal numa sexta e vai pra casa esperar a segunda feira sair no DO para ser levado à cadeia. Vamos nos ater só à frase que você pinçou que já é suficiente, pois ainda existe a questão da segurança da isonomia etc etc que você deixou de fora…
    O “DO” do STJD é o próprio registro das decisões do tribunal desportivo, que não precisa ser enviado para o torcedor, que não está em nenhum lugar. Publicidade depende do receptor exercer o acesso à informação. Você pode ler o DO. E você pode ir no tribunal desportivo e ler os registros lá mesmo. As decisões na sexta são registradas na sexta, bem antes de fechar, tanto que os times sérios entram com efeito suspensivo no mesmo dia.
    Você pode argumentar que isto não é eficiente. Mas imoral é a parte interessada fugir da informação que lhe diz respeito e usar isto como defesa. Nada legítimo! A Portuguesa estava representada no dia do julgamento. O torcedor tem o acesso ao tribunal e aos registros e decisões do tribunal, ou seja, é tudo publicado e público. Acessar a informação a posteriori é opção E RESPONSABILIDADE do torcedor. O argumento é tão absurdo que se fosse assim, nenhuma decisão poderia jamais se aplicada até que o último torcedor tome conhecimento a decisão… Surreal! O que sacramenta a publicidade é o registro nos instrumentos do tribunal. Na justiça comum o DO, na desportiva, o que se adotou e é público! Caberia o argumento do torcedor se algum tivesse solicitado a informação no tribunal após o julgamento, na sexta, a tarde e não tivesse sido atendido…

  92. Estéfano Cerqueira Says:

    Pelo menos aqui neste Blog as pessoas estão sendo educadas… Espero que não seja só enquanto tem argumentos. Porque tem forums que participei que quando acaba o argumento começam a apelar dizendo que o Fluminense é sem vergonha e isso e aquilo… Triste. Eu não deixaria de ser Fluminense se meu clube cometesse uma imoralidade ou ilegalidade. Mas eu também não defenderia a diretoria se fosse o caso. O fato é que, agrade ou não, não houve tapetão, nem injustiça, nem imoralidade. Agora, nada disso quer dizer que o Fluminense merece ser aplaudido pelo que fez em campo! É bem distinto! Um lutador pode perder uma luta por desclassificação mas ter méritos pelo que fez! Porém a moralidade e a legalidade são valores que a sociedade e o esporte devem preservar! O que adianta uma pessoa ser super competente e mau carater, infringir as regras e não ser punido? Isso sim é vergonhoso!

  93. Osvaldo SEP Says:

    Estefano, voce diz

    Conclusão: não se pode publicar suas decisões no D.O. Senso assim, o que está no Estatuto do Torcedor é uma “analogia”. Ou seja, o que diz o Estatuto é que a justiça desportiva deve seguir a mesma lógica, mas não fazer o mesmo, pois como expliquei, não pode publicar no DO.

    Eu escrevi
    O art 35 não foi cumprido. Não foi publicado no site e isso é de DOMINIO MUNDIAL nem PUBLICO.

    Note, eu não falei no D.O., eu falei no SITE.

    O Estatuto do Torcedor não da diretriz, ele é LEI FEDERAL, ele sim esta acima do CBJD.

    E a propria CBF disse que não publicou.

  94. Osvaldo SEP Says:

    Ah sim Estefano, eu só destrato PETRALHAS e defensores de PETRALHAS.

  95. Roberval Says:

    Vamos a justiça Comum

    Ajudem a Lusa a cancelar o Tapetão do STJD

    se inscrevam no site:

    http://www.todosvamosaluta.com.br/

  96. Ragi Says:

    Paulinho, faça um post mostrando a cara de pau do schmidt, com a reportagem da globo em q ele fala q antes de ir pra justiça comum, deve-se esgotar a via administrativa que, segundo ele, so termina na FIFA, pq o ESTATUTO DO TORCEDOR diz q as regras esportivas brasileiras regem-se por normas nacionais e internacionais. Quer dizer q nesse caso ele usa o estatuto, mas no do julgamento nao? Sera q ha boas intençoes desse sr?

  97. Estéfano Cerqueira Says:

    Osvaldo, quanto aos PeTralhas não há como ofendê-los pois são piores que quaisquer palavras feias que se possa usar contra eles, de modo que ofensas a eles é pouco.
    Mas, entenda, “diretriz” não é diferente de lei. Dizer que o Estatuto é diretriz significa que é superior, porém mais aberto, carece das leis menores para regulamentar, ou seja, detalhar! Os artigos do Estatuto não definem o meio e metodologia de publicação. As leis menores, subordinadas a ele que devem fazer. E quais são? São o RGC e outros regimentos, como o regimento interno das federações e o regimento do STJD. E o que está lá????
    Você não leu tudo que escrevi. Leia o que falei sobre o artigo 57 do RGC, que deixa claro que o BID da CBF NÃO é oficial! MAS NEM precisava explicitar, já que o artigo 35 do ET não se refere à CBF mas ao STJD!!!! Aí que está o grande equívoco!!! A CBF não é “órgão da Justiça Desportiva”!! O método e instrumento equivalente ao DO, que cumpre o exigido no art. 35 do ET, portanto, deve estar definido, ou no regimento do STJD, ou em decisões escritas circularizadas, ou na PRAXE – SIM É LEGAL ADOTAR A PRAXE como regra se os princípios forem observados! Seguir a PRAXE garante a ISONOMIA e a SEGURANÇA JURIDICA! Mas nem é o caso, o STJD tem decisões internas registradas quanto ao modo de publicidade adotado, o mesmo que foi usado durante este ano para todos. Enfim… Leia o que falei com calma. Não quero ter razão amigo, só que detesto injustiça, e claro, óbvio, que sendo contra meu time vou defender, mas sem tapar o sol com a peneira. Se estivesse errado eu admitiria sim! Se meu filho fizer coisa errada eu não acoberto, porque vou acobertar meu clube que vem muito depois do meu filho? MAs enfim, ainda que eu seja parcial, o fato é que, quer queiramos ou não, o ET não foi descumprido! Leia com calma e entenda.

  98. Estéfano Cerqueira Says:

    Prezado Paulinho, respeito tua credibilidade quanto a veracidade dos fatos, mas o entendimento destes as vezes carece interpretação especializada. Neste caso você emitiu opinião equivocada, entendo, por desconhecer fundamentos jurídicos. O ET não foi desrespeitado. As pessoas tem preguiça, e pior, muitas vezes, nenhuma vontade de refutar o contraditório, abraçando precipitadamente o que mais lhes apraz sentimentalmente. Sinto muito, mas a verdade não está nas partes, mas no todo. Art. 35 do ET não tem relação com a CBF, mas com o STJD! O BID é da CBF, logo o Art. 35 não se refere ao BID, mas sim aos procedimentos de comunicação e publicidade do STJD, que existem e são públicos, atendendo ao ET. Espero que seja capaz de rever suas opiniões diante dos fatos! O importante não é ter razão, mas conhecer a verdade. Sou suspeito, porque sou tricolor, mas leia o que escrevi, e veja se há algum equivoco. Se tiver, por favor, me aponte. Obrigado. Saudações.

  99. Tadeu Says:

    Podemos até discordar de uma ou outra decisão do STJD do Futebol, inclusive porque o “bom senso” de um nem sempre encontra noutro a mesma resposta, e as expectativas e interesses das partes representadas também se apresentam como dissonantes. Exatamente por essa razão é que a sociedade, no seu pacto social, elegeu a Legislação Desportiva pátria e os STJDs de cada modalidade como instâncias desportivas competentes e vinculantes para a solução dos conflitos que decorrem da atividade, principalmente, no que diz respeito às infrações disciplinares e competições. O artigo 217 da Constituição Federal, embora deixado de lado em alguns foros da discussão que ora se encontra em pauta (jurídica e jornalística) – deliberadamente ou não – não deixa dúvidas a este respeito.

  100. Osvaldo SEP Says:

    Estefano, fui buscar o TEXTO DA LEI, e ela é sim superior ao CBJD

    Lei FEDERAL se sobrepõe ao STJD

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.671.htm

    Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    LEI No 10.671, DE 15 DE MAIO DE 2003.

    Dispõe sobre o Estatuto de Defesa do Torcedor e dá outras providências.

    O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

    CAPÍTULO I

    DISPOSIÇÕES Gerais

    Art. 1o Este Estatuto estabelece normas de proteção e defesa do torcedor.
    CAPÍTULO II

    DA TRANSPARÊNCIA NA ORGANIZAÇÃO

    Art. 5o São asseguradas ao torcedor a publicidade e transparência na organização das competições administradas pelas entidades de administração do desporto, bem como pelas ligas de que trata o art. 20 da Lei no 9.615, de 24 de março de 1998.
    CAPÍTULO X

    DA RELAÇÃO COM A JUSTIÇA DESPORTIVA

    Art. 34. É direito do torcedor que os órgãos da Justiça Desportiva, no exercício de suas funções, observem os princípios da impessoalidade, da moralidade, da celeridade, da publicidade e da independência.

    Art. 35. As decisões proferidas pelos órgãos da Justiça Desportiva devem ser, em qualquer hipótese, motivadas e ter a mesma publicidade que as decisões dos tribunais federais.

    § 1o Não correm em segredo de justiça os processos em curso perante a Justiça Desportiva.

    § 2o As decisões de que trata o caput serão disponibilizadas no sítio de que trata o § 1o do art. 5o. (Redação dada pela Lei nº 12.299, de 2010).

    Art. 36. São nulas as decisões proferidas que não observarem o disposto nos arts. 34 e 35.

    CAPÍTULO XI

    DAS PENALIDADES

    Art. 37. Sem prejuízo das demais sanções cabíveis, a entidade de administração do desporto, a liga ou a entidade de prática desportiva que violar ou de qualquer forma concorrer para a violação do disposto nesta Lei, observado o devido processo legal, incidirá nas seguintes sanções:

    I – destituição de seus dirigentes, na hipótese de violação das regras de que tratam os Capítulos II, IV e V desta Lei;

    II – suspensão por seis meses dos seus dirigentes, por violação dos dispositivos desta Lei não referidos no inciso I;

    III – impedimento de gozar de qualquer benefício fiscal em âmbito federal; e

    IV – suspensão por seis meses dos repasses de recursos públicos federais da administração direta e indireta, sem prejuízo do disposto no art. 18 da Lei no 9.615, de 24 de março de 1998.

    § 1o Os dirigentes de que tratam os incisos I e II do caput deste artigo serão sempre:

    I – o presidente da entidade, ou aquele que lhe faça as vezes; e

    II – o dirigente que praticou a infração, ainda que por omissão.

    § 2o A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios poderão instituir, no âmbito de suas competências, multas em razão do descumprimento do disposto nesta Lei.

    § 3o A instauração do processo apuratório acarretará adoção cautelar do afastamento compulsório dos dirigentes e demais pessoas que, de forma direta ou indiretamente, puderem interferir prejudicialmente na completa elucidação dos fatos, além da suspensão dos repasses de verbas públicas, até a decisão final.

    CAPÍTULO XII

    DISPOSIÇÕES FINAIS E TRANSITÓRIAS

    Art. 42. O Conselho Nacional de Esportes – CNE promoverá, no prazo de seis meses, contado da publicação desta Lei, a adequação do Código de Justiça Desportiva ao disposto na Lei no 9.615, de 24 de março de 1998, nesta Lei e em seus respectivos regulamentos.

    Art. 43. Esta Lei aplica-se apenas ao desporto profissional.

    Art. 44. O disposto no parágrafo único do art. 13, e nos arts. 18, 22, 25 e 33 entrará em vigor após seis meses da publicação desta Lei.

    Art. 45. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

    Brasília, 15 de maio de 2003; 182o da Independência e 115o da República.

    LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
    Agnelo Santos Queiroz Filho
    Álvaro Augusto Ribeiro Costa

  101. Estéfano Cerqueira Says:

    Eita Osvaldo… Você não está me lendo com calma… eu não falei que a lei não era maior. Falei que chamar a lei de diretriz significa justamente dizer que é uma lei maior. Leia com calma o que escrevi. O RT é maior sim, e em nenhum momento falei que não era. O que falei foi que o ET não foi descumprido. Leia com calma o que escrevi sobre o artigo 34, e sobre a regulamentação que dá o detalham então do ET e você vai entender. Mas leia poxa…

  102. Osvaldo SEP Says:

    O problema é o artigo 35, sobre a publicidade, lembra que eu falei que não precisava publicar no D.O., mas tem que ser publicado, não existe a figura do “o advogado esta presente”, a propria lei fala em meios eletrônicos, e isso não foi feito. E justamente nisso que o MP esta baseando a sua tese.

  103. Estéfano Cerqueira Says:

    Osvaldo, acho que você não quer entender… Se o tribunal decidiu não utilizar o meio eletrônico para publicação não quer dizer que as decisões não são públicas.
    ******************************************************************************
    O. .E.T. .n.ã.o. .f.a.l.a. .q.u.e. .a. .p.u.b.l.i.c.a.ç.ã.o. .n.o. .s.i.t.e. .é. .c.o.n.d.i.ç.ã.o. .p.a.r.a. .o. .c.l.u.b.e. .c.u.m.p.r.i.r. .a. .d.e.c.i.s.ã.o.
    ******************************************************************************
    O art. 34 fala MESMA PUBLICIDADE, e NÃO MESMA PRAXE, ou seja, tem que colocar na internet como o tribunal federal faz, mas não diz que a decisão só vale após a publicação como adotou a PRAXE do tribunal federal. Mesmo que o ET dissesse isto, você já viu alguém ser condenado a cadeia e ir pra casa esperar a publicação no DOU para ser preso? Mas enfim, de qualquer modo, o art. 35 diz que o não atendimento do art. 34 torna nula a decisão, mas não fala da tempestividade do art. 34.
    O ET foi cumprido porque a CBF publicou! A tempestividade da publicação e o inicio da vigência do cumprimento da decisão do tribunal por parte das partes INTIMADAS, CIENTES da decisão(o advogado é procurador do clube), não está determinado no Estatuto. Se o advogado errou cabe “direito de regresso” da portuguesa contra o advogado, mas não anula a decisão.
    MESMO SE algum juiz na justiça comum desse a interpretação que você está dando, supondo a intempestividade do cumprimento do art. 34 por parte do STJD, simplesmente significaria que todas as decisões do tribunal seriam nulas… O que você acha que ocorreria na justiça comum se um tribunal federal esquecesse de publicar um caso? Todos os condenados bandidos e traficantes seriam soltos? Não é bem assim meu caro. Duvido que a justiça comum vai anular todas as decisões do tribunal desportivo, anulando um campeonato, ferindo a isonomia (princípio indispensável numa competição) prejudicando todos os times que respeitaram as regras (porque deixaram de colocar jogadores em campo, o que modificaria os resultados em campo), porque dois times que não cumpriram a regra, “”foram comunicados da decisão””, questionam a hermenêutica do ET. Isso se chama casuísmo. Quando a legalidade é questionável, que nem é o caso, mas SE fosse, por brechas hermenêuticas, a justiça recorre aos demais princípios, e neste caso, por ser uma competição o principal é a isonomia.
    Agora, eu até gostaria que a justiça praticasse casuísmo neste caso, pois o Flamengo estaria rebaixado, já que o caso deles é de suspensão automática, não havendo decisão por parte do STJD, e portanto não havendo a necessidade do ET. Mas isto não vai acontecer, não é porque o Flamengo é grande, não vai porque seria casuísmo.

  104. Estéfano Cerqueira Says:

    Podem anotar: Portuguesa não vai entrar porque sabe que é causa perdida e causa perdida é prejuízo. O MP não vai dar em nada. Os torcedores vão ter que ir no Ministério Intergalático pra questionar o MP depois… Vergonhoso é numa competição onde todo mundo cumpriu a regra da suspensão, dois times descumprirem o trato e recorrerem a interpretações de texto para se eximirem do que sabem exatamente o que fizeram. Se a perda de pontos não é a melhor forma de punir, deviam ter reclamado isto antes, e não depois que todo mundo deixou de escalar jogadores pra não perder pontos. Isto sim é vergonhoso. Deixar de cumprir um trato com alguém porque agora interpreta a lei de outro modo. É anti-ético. Brasileiro não gosta de ética… Lamentável… Como tricolor, só o que ouço é baboseiras, dizendo que salvaram o Fluminense, que estamos comemorando de forma vergonhosa. Nenhum tricolor, salvo exceções, comemora o que fez em campo. Se salvar como nos salvamos não é vergonhoso, vergonhoso é não se salvar no campo. Quantos jogos times jogando pior ganham, as vezes com gol contra do outro time e não sentem vergonha? É parte da competição! Anderson Silva perdeu a luta por um golpe que ele deu e se quebrou. Faz parte. Descumprir regras e regulamentos perde ponto, faz parte. DESPORTIVISMO E ÉTICA! Mas aqui no Brasil se soubéssemos o significado genuíno dessas palavras não seriamos o país que somos. É realmente lamentável como o brasileiro é casuísta, corporativista, lobista. Senso de ética aqui é zero. Se o Fluminense um dia ferir de fato uma regra, comprar juiz como já existiu provas pro parte de Flamengo, Corinthians, etc. Eu não virei aqui nem irei a nenhum fórum ficar interpretando frases recortadas de leis para justificar o Fluminense como um Maluf. Vou cobrar moral da diretoria do Flu, isso sim! Na ocasião das papeletas amarelas, nenhum Flamenguista cobrou moral da sua diretoria. O mesmo acontece agora. Manuel da Lupa é um estelionatário, prejudicou a Portuguesa! O técnico da Lusa não sabia da suspensão. Porque será? Culpam o Advogado, mas será que o advogado errou mesmo? E se errou, quem contratou o cara? O estelionatário da Lupa? A diretoria do Flamengo fez a mesma cagada. O Presidente do Flamengo age como um moleque, falando como torcedor irresponsável, usando o Fluminense como bode expiatório. Se o Fluminense não estivesse na zona de rebaixamento, graças ao gol irregular gritante do Criciúma e do corpo mole do SÃo Paulo com o Coritiba, eu queria ver quem o Presidente do Flamengo iria culpar. Enfim, é um moleque, e a torcida do Flamengo deveria estar cobrando dele a cagada! Até o Advogado do Flamengo discutiu com ele internamente. Mas a torcida não cobra os verdadeiros safados que são os presidentes de Fla e Lusa. Caem no papo malandro desses dois que preferem usar o Fluminense como camuflagem de suas irresponsabilidades, e a torcida, aceita, pois não tem noção do que seja certo, justo, moral e muito menos ético. Eu cansei desse papo. Muito casuísmo, pouca isenção, muita hermenêutica e poucos princípios.

  105. Estéfano Cerqueira Says:

    AH, MAS…
    Era uma vez dois torcedores vendo um jogo decisivo. De repente, o locutor grita: Penalti! É penalti! Está marcado!
    E um diálogo se inicia à frente da TV:
    – Ah, mas o juiz demorou a marcar!
    – Mas foi pênalti, não foi?
    – Foi, mas já tinha dado 45 minutos, tinha esgotado o tempo regulamentar, o jogo acabou! Vergonhoso!
    – Como vergonhoso, pênalti é pênalti! É a regra!
    – Mas foi na linha de fundo, o cara nem tinha condição de fazer o gol, estava sem ângulo!
    – Pênalti é pênalti, e ninguém vai deixar de marcar porque o cara estava sem ângulo pra fazer o gol. Isso seria roubo!!
    – Ah, mas o juiz marcou porque o time é time grande!
    – Não senhor, tiveram vários pênaltis iguais para times pequenos contra grandes que o juiz marcou! E mesmo que não tivesse marcado estaria errado! Se errou em outro jogo não é por isto que agora pênalti que o jogador não tem ângulo vai deixar de ser pênalti!
    – Ah, mas lembra do pênalti em 2010 que aquele time grande fez e mesmo assim foi campeão? Se tivessem marcado…
    – Tá falando besteira, você viu aquele jogo? Não foi pênalti! Foi bola na mão!
    – Ah, mas teve um jogo naquele mesmo ano que teve um caso de bola na mão e o juiz marcou…
    – Peraí! Esse jogo que você tá falando o cara levantou as mãos que nem o super-homem quando vai voar!!
    – Ah, mas o cara estava de costas!!!
    – PQP!! Sério que você tá falando isso? O cara estava de costas mas sabia que a bola podia passar por cima dele, ninguém joga bola com os braços pra cima como se fosse voar! Ele teve a intenção se fez isso! Nada a ver! O cara do jogo da final estava com os braços junto ao corpo! Comparando coisas totalmente diferentes!!!
    – Ah, mas o fato é que se fosse o contrário o juiz não dava esse pênalti aí não!
    – Eu não quero nem saber se fosse ao contrário, regra é regra, é pênalti e pronto! As imagens são claras, o juiz viu e pronto!
    – Ah, mas é vergonhoso ganhar assim…
    – Vergonhoso? Vergonhoso é seu time que ganhou aquele Brasileirão tirando a bola de dentro do gol com a mão! E quando vocês ganharam da gente jogando mal pra caramba com um gol contra do nosso zagueiro? Vocês não comemoraram e zuaram a gente? E a gente não ficou com esse chororô não! Aceitamos a derrota! Isso pra não falar daquele ano que a diretoria do seu time comprava juiz e anotava nuns papeizinhos amarelos… não vi ninguém envergonhado na torcida de vocês! Quando ganharam no apito daquele time lá que sempre reclama de tudo, vocês não tiveram vergonha e ficaram chamando os caras de chorões! Não tem vergonha em ganhar com esse pênalti aí não! Tá na regra, jogamos mal, mas burro é o cara que fez o pênalti!
    – Ah, mas é vergonhoso. Se fosse meu time a gente não ia bater o pênalti!
    – kkk… acabei de falar que vocês comemoraram jogos e títulos ganhos no apito amigo. O juiz deixar de apitar uma entrando tirada com a mão vale título e comemoração, mas no jogo do meu time é vergonha bater o pênalti que realmente aconteceu?? Conta outra amigo…
    – Ah, eu desisto de futebol, tudo a favor de time grande…
    – Verdade, mas você deveria ter desistido quando ganharam aquele campeonato tirando a bola coma mão… Você já era nascido e tô te vendo firme e forte. Só contra o meu time que te desanima… sei… se a gente marcar esse pênalti, ano que vem você vai ter mais motivo pra desanimar…
    – Ah, mas, mas, mas tiveram vários casos iguais e nenhum o juiz marcou…
    – Quais???
    – Aquele do fulano!!!
    – Aquele o fulano estava 2 metros impedido!
    – Ah, mas e o Beltrano??
    – Beltrano??? Kkk… Beltrano mergulhou na bola que estava a 20 cm do chão e tomou um bico na cabeça. Futebol é em pé! Pé alto é o pé na altura acima da cintura e não a cabeça na altura do pé… Faz-me rir…
    – Ah, mas com certeza teve um caso…
    – Aponte um! Me lembro de vários a favor do seu time em outros campeonatos, mas vamos deixar de lado, fala aí um!
    – Ah, mas pensa, olha que coisa vergonhosa: o cara que fez o pênalti não teve maldade no lance, ele deu o carrinho visando a bola, não tinha a intenção, ele não queria quebrar a perna do jogador do seu time! Poxa e é time pequeno, maior covardia… Se fosse na justiça comum não era pênalti, porque tem o principio da proporcionalidade, o jurista Mahatma Gandra falou!!
    – kkk… Esse Mahatma Gandra só pode ser torcedor de algum time! Então tá, vamos agora mudar a regra e observar todos os princípios usados na Justiça comum, só porque é o meu time que teve um pênalti a favor e vai ganhar. Ok, então como vai ser? Vai ser pênalti com barreira? Vai ser 2, 3 ou 4 metros atrás da marca do pênalti? Vai valer pra todo mundo? Vamos ter que refazer os jogos porque meu time sofreu pênaltis antes e todos batidos da marca do pênalti, não teve proporcionalidade nenhuma. Vai mudar a regra agora? Tá bom! Muda na vez do seu time tá? Aí a gente deixa o juiz escolher de onde vai bater o pênalti caso a caso… PQP! Não acredito no que tô ouvindo… Quanta apelação…
    – Ah, mas se regra é regra, então tá, o juiz tinha que ter apontado pra marca do pênalti e não apontou, descumpriu o Estatuto da Arbitragem!
    – E isso muda o fato que foi pênalti? E que o Juiz marcou?
    – Ah, mas se entrar na justiça comum ganha!
    – kkk… Quero ver se a justiça comum vai fazer isto, aí todo time que o juiz não sinalizou corretamente uma marcação vai ter que ser anulado e o campeonato inteiro vai ser anulado… E vão fazer isto só porque um time não aceitou perder… Pago pra ver!!
    – O jurista Mahatma Gandra falou que o Estatuto dos Arbitros é federal e superior às regras do jogo!
    – Pode ser, se for mesmo, vai anular todos os campeonatos, e todo mundo vai devolver as taças, só porque ninguém quer aceitar que meu time vai se beneficiar agora… Você é maluco! Ainda que o juiz não tenha sinalizado, o fato é que foi pênalti, e nenhum pênalti este ano deixou de ser marcado seguindo os mesmos critérios!
    – Ah, mas tá na regra, você não diz que vale a regra?
    – Ok, eu não li na regra que o pênalti deixa de valer porque o juiz não sinalizou, o que está na regra é que o juiz tem que sinalizar… Mas se você quer interpretar assim, duvido que na justiça comum vão interpretar desse modo invalidando um campeonato inteiro…
    – Ah, mas é imoral isso!!
    – Bom, não vou lembrar você de novo das comemorações que você fez do seu time, com gol contra, tirando bola de dentro do gol com a mão, etc. etc. Prefiro comemorar a sorte do meu time! Até porque de futebol não estamos bem mesmo não. Mas você devia prestar atenção no seu time que não fez grande coisa e ainda teve problemas com escalação de jogador… Time ruim e diretoria pior ainda…
    – Ah, mas o fato é que é vergonhoso seu time ganhar assim. Vocês não jogaram nada. Na justiça comum isso vira…
    – Ai meu Deus, quanta repetição… Eu falei que meu time jogou bem? Sua torcida pode comemorar vitórias e títulos roubados e eu não posso comemorar um pênalti infantil de um time pequeno que vai favorecer meu time? Tá… “Senta lá Claudia”! Você não tem mais argumentos, é só chororô… E eu ainda discutindo com você… Olha lá que vai ser gol!!! Pode chorar! O Chororô é livre!!
    E assim, terminou o papo… Melhor, e assim o papo nunca terminou…
    Provavelmente alguns que estão lendo este texto agora pensam: Ah, mas esta história fala de uma situação dentro de campo, nada a ver…
    Mas outros times deixaram jogadores fora do campo pra cumprir a regra! O que aconteceu no campo teve influência da regra de fora do campo! Regra fora do campo é pra preservar o que acontece dentro do campo!
    A regra foi cumprida, com ou sem publicação no site!! Querer apelar pra invalidar a aplicação de uma regra que não foi diferente pra ninguém por conta de um site é que não é nada que se possa chamar de honroso ou ético, simplesmente porque se baseia no necessário detrimento dos demais que cumpriram a regra.
    Por isto, é praticamente certa a derrota dos torcedores no MP. Nunca vi a justiça praticar o casuísmo na interpretação de lei. Mesmo no Brasil. Os casos que vemos em nosso país de injustiça não se utilizam do casuísmo da interpretação da lei. O expediente usado para se safarem na justiça é criar subterfúgios pra caracterizar a não comprovação do crime. Não funcionou pro goleiro Bruno, funcionou pro Maluf. Mas aí o casuísmo foi na aceitação das evidências que comprovariam o crime. Nem o goleiro Bruno nem o Maluf tiveram coragem de apelar a interpretação da lei, porque sabiam que era causa perdida… E olha que há brechas a vontade nas leis. No direito tanto se sabe disto que é previsto e legal a utilização nestes casos da Jurisprudência e dos princípios. Numa competição a isonomia é indispensável. A Portuguesa e o Flamengo não foram prejudicados, eles foram punidos! É muuuuuuito diferente!
    Imagine o ex-goleiro Bruno do Flamengo entrando no MP pra ser solto porque sua prisão não foi decretada no DOU… Os torcedores da Lusa terão o mesmo sucesso que teria o Bruno… É a realidade, graças a Deus, pois por isto temos um mínimo de estado de direito… Mas enfim, nem todos que lerem isto sabem o que é casuísmo, estado de direito, ética… E por isto é que tal estado de direito é bastante frágil e atacado. Paciência… Mas estes não carecem de debate, carecem de informação, formação e educação. Mas se depender dos governantes, a distorção da ética e da moral continuará sendo mais forte que as escolas…

  106. Nathaniel Weissfudhr Says:

    Somos um país de trouxas e analfabetos funcionais, perfeitos para massa de manobra.

    Qualquer jumento com dois neurônios a mais que a média, já é rei.

    Interessante notar que a posição da Portuguesa de Desportos em 2003 era diametralmente oposta.

    Para os que não sabem o que isso significa, perguntem ao pai do Paulinho…ops, isso se ele souber quem é.

    Em 2003 a Lusa entrou com recurso no STJD para se livrar do rebaixamento, alegando que o Flamengo escalou jogador irregular. em sua defesa, o advogado da Lusa disse o seguinte: “Estamos compondo o material que será levado ao STJD. Não é virada de mesa. É uma questão de obedecer as normas esportivas, que prevêem a perda de pontos para quem usar um jogador irregular. Vamos levar o caso ao STJD ainda nesta semana”. Nas palavras de Marcos César Amador Alves, vice jurídico do clube do Canindé.

    Não acredita? Aprenda a ler, e leia:

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u53949.shtml

    Isso vc não lê nos blogs de Paulinhos e cia limitada. Assim como vc não vê nenhuma reação quando em 2010 o Gremio Prudente foi penalizado da mesma forma. Ah!! Mas o preju do Prudente não fez diferença para ninguém, né campada de fdp?? Se é pela moral e os bons costumes, cadê os advogados e especialistas de plantão pra defender o Prudente em 2010? Cade, bando de fdp aproveitador do caralho?

  107. Prof Junior Says:

    Concordo claramente que a lei deve ser cumprida, este não é o caso. O que muita gente ainda não se deu conta é que a publicidade deste julgamento deve ser a mesma dos tribunais federais. Senão veja o que diz este artigo do Estatuto do Torcedor : Art. 36. São nulas as decisões proferidas que não observarem o disposto nos arts. 34 e 35. Qualquer juiz do Brasil vai dar ganho de causa ao litigante, o STJD quis ser mais importante do que uma lei federal, aí já se vê a incapacidade jurídica destes senhores e a vontade férrea de ajudar o Fluminense.

  108. Estéfano Cerqueira Says:

    Leia mais antes de ter tanta certeza: Leia o que falei nos meus comentários. O art. 34 fala “mesma publicidade” dos tribunais federais.
    >>> Não fala sobre se o cumprimento da decisão passa a valer após a publicação.<<<<<<
    Menciona os tribunais federais. Nos tribunais federais, ninguém é julgado na sexta por assassinato ou qualquer outra coisa e vai pra casa esperar a publicação no DOU. O cumprimento de toda decisão judicial pela parte condenada não se dá pelo DOU. Cumprimento de leis sim, mas o tribunal não publica leis, publica condenações, e não são essas publicações que validam o cumprimento da pena por decisão de um tribunal.
    Neste país distorcem tudo!
    O que fico chateado é com a forma ofensiva que tratam torcedores do Fluminense. Nem que tivessem razão isto caberia. Pais de merda! Crianças e familias que torcem não tem nada a ver com isto. O que me espanta é que ninguém se indigna com a roubalheira neste país. Com a violencia nos estádios. Mas admitem o uso da ofensa e da violência contra aquilo que lhes é antipático e julgaram culpado sem mesmo nem se informar. Condenam inocentes a forca sem o menor fundamento.
    Tudo justifica violência neste país. País de silvícolas! Tomam partido e agridem seja lá quem lhes incomoda, tenha razões ou não.
    E neste caso o mais vergonhoso é que atacam levianamente num caso que deveriam defender o cumprimento das regras, da ética!
    Foi assim que uma sociedade inteira permitiu o holocausto. Veja, não sou eu que estou dando essa importância. Quando pessoas agridem e ofendem um grupo, inocente, por incitações retóricas, estas pessoas sim estão colocando o futebol num patamar de importância absurdo, e ao mesmo tempo atuando neste patamar da forma mais ridicula e nefasta.
    Enfim, se a CBF publicou, NÃO IMPORTA A TEMPESTIVIDADE, está atendido o art. 34, 35 e 36 do Estatuto do Torcedor.
    Se você não gosta do Fluminense dane-se. Eu não gosto do Flamengo e do Corinthians que têm histórias imundas no futebol e nem por isto ofendo nem agrido as pessoas e familias que vestem a camisa destes times, que no entanto protagonizaram histórias de verdadeira vergonha no futebol, muito diferente do caso do Fluminense. As pessoas deviam ter vergonha é de apelar ao Estatuto do Torcedor ainda que o STJD não o estivesse cumprindo, pois ISONOMIA é o que garante EQUIDADE em COMPETIÇÃO. Mas ainda que se lixem pra isonomia, e só queiram que o Fluminense caia, isentar 2 times que não cumpriram uma regra que foi cumprida por todos e ainda querer que o campeonato seja anulado a ter que permitir o Fluminense se salvar é ridiculamente absurdo de inveja.
    Se um aluno é reprovado porque fez poucos pontos e ainda rasurou uma questão, foi reprovado não só porque rasurou a questão mas porque também fez poucos pontos. Se esse aluno passasse a hostilizar o seu filho porque seu filho foi mal na prova mas ficou melhor classificado que este aluno, o que você diria do caráter desse moleque???? Seu filho é anti-ético? Você teria vergonha do seu filho? Você diria que seu filho merece ser agredido e ofendido porque foi classificado? Você diria pra seu filho entregar a vaga dele? E pra esse moleque???
    CANSEI DE ARGUMENTAR COM GENTE SEM NOÇÃO! ENFIEM O DEDO NO CÚ E SE RASGUEM DE INVEJA DO FLUMINENSE! MAS NÃO AGRIDAM AS FAMILIAS!! ANIMAIS!!

  109. Estéfano Cerqueira Says:

    Queria acrescentar o seguinte à história do seu filho que contei acima. Apelar pro Estatuto do Torcedor seria na história acima, aquele moleque que foi desclassificado porque pontuou pouco e rasurou uma questão e depois hostilizou seu filho e a escola, recorrer a uma regrind da escola que diz que o professor teria que ter publicado a decisão de tirar os pontos no livro de registros da escola. Isso sim é imoral e vergonhoso. Primeiro criticaram o Flu falando em vergonha e moral. E na verdade vergonha e imoral é descumprir as regras que todos cumpriram. Hostilizar quem nada tem com isto é cumpriu as regras. E no final ainda apelar pra regra regimental. Como na história acima o Fluminense se foi mal sim na prova, mas quem protagoniza vergonha é quem ofende e agride o Fluminense, ora apela a moral, sem moral, ora apela a legalidade, sem compreender a regra. Fato é que o que incomoda é o Fluminense. O Fluminse é tetra rebaixado sim no campo . sabemos perder e ganhar. Somos Tetra campeões também. Mas falar neste caso de imoralidade sendo imoral, de legalidade sem interpretar e ler as leis corretamente, ofender pessoas e familiares por causa de futebol, isso sim é uma vergonha nacional. Ridículo. Podre. Enoja. E no final se vc entender a regra, tive ética, e analisar bem vê que tudo é infundado. Portanto é pura inveja, chororô legítimo (sem razao). Se rasguem de inveja, mas respeite as pessoas, as regras e seja ético porque ter inveja, curtir futebol, sacanear sacanear oo os amigos por futebol é normal. Mas descumprir regras e ofender pessoas e se engajar contra regras a favor ou contra alguém é coisa de bandido.

  110. atilajss Says:

    Então, para ser honesto e cumprir a regra, abram mão do titulo de 2010 para o cruzeiro, já que ocorreu o MESMO FATO e mesmo assim vcs mantem os pontos.

  111. Estéfano Cerqueira Says:

    Querido, desculpe, mas você ainda não se informou sobre 2010? Não tô dizendo que as pessoas tem opinião sem se informar… vai no google amigo. Essa é é 2010 até a Portuguesa depois que pesquisou desistiu. Foi a mais furada… Esse que é o problema. Pessoal ainda pega os casos mais fracos e já assume posição sem se informar…. Meu santo Deus…

  112. Tadeu Says:

    Não aconteceu isso. O jogador Tartá cumpriu sua pena no jogo correto. Este esclarescimento já foi feito várias vezes.

  113. Tadeu Says:

    Caro Estéfano:

    1 Google não é 100 % confiável;

    2. O jogador Tartá quando não tinha condições de jogo, não jogou. Quando tinha, jogou. Simples assim. Foi usado o regulamento e as leis;

    3.Tanto é verdade, que nem Cruzeiro nem procuradoria entraram com ação;

    4. Tanto é verdade, que a Lusa, nos 2 julgamentos, nunca usou deste argumento, já amplamente divulgado nas médias.

    5. Procure se informar melhor, antes de levantar falsas acusações.

  114. Estéfano Cerqueira Says:

    Definitivamente o pessoal só fala e não lê. Tadeu tu tá doido? Eu tô dizendo justamente que o Tartá não jogou irregular. Lê direito maluco. Só discordo do que falou da IInternet Internet é pra busca. Se a pessoa tem discernimento vai achar e saber o que tem coerência. O caso do Tarte mesmo. Tinha notícias que só falavam que “aconteceu o mesmo”, e não descrevia o que aconteceu em 2010. Basta não ser um jumento nem sei tendencioso pra ver que ali não tinha a informação necessária pra tomar partido. Mas se procurar direitinho, era difícil porque a mídia perseguiu o Flu, mas tinha algumas notícias que explicavam o que aconteceu de forma clara. O Flu foi campeão em 2010 legítimo. Mulambada tem um título que tirou a bola de dentro do gol com a mão na final contra o grêmio, fala do Fluminense mas quer ganhar o Hexa na justiça… nenhuma moral para criticar.

  115. Tadeu Says:

    Foi mal Estéfano. Deve ter sido sono. Tartá jogou regular. O título de 2010 é legítimo do Flu. Mil desculpas.

    Perguntas que devem ser feitas:

    1. “Quanto a PORTUGUESA aceitou para cometer o erro que salvou o FLAMENGO?????”

    2. “Quem pagou essa conta do FLAMENGO?”

  116. Estéfano Cerqueira Says:

    Como eu expliquei… As partes intimadas não dependem de publicação para cumprir a decisão. Segue explicação do autor da Lei:
    http://www.lancenet.com.br/minuto/Advogado-renomado-Copa-Joao-Havelange_0_1061293904.html
    Sendo assim, prezado Paulinho, você tem direito como todos a preferir que o Fluminense caia, seja dentro ou fora da regra. Mas como expliquei o Estatuto não foi descumprido porque fala da publicidade como nos tribunais federais, mas assim como os tribunais federais, o efeito do decisão judicial para partes intimadas não aguarda publicação. De modo que não procede, independente de opinião, que o “STJD descumpriu a Lei”.
    Quanto a “moralidade” deixo a seguinte reflexão:
    Se um aluno é reprovado porque fez poucos pontos e ainda rasurou uma questão, foi reprovado não só porque rasurou a questão mas porque também fez poucos pontos. Se esse aluno passasse a hostilizar o seu filho porque seu filho foi mal na prova mas ficou melhor classificado que este aluno, o que você diria do caráter desse moleque???? Seu filho é anti-ético? Você teria vergonha do seu filho? Você diria que seu filho merece ser agredido e ofendido porque foi classificado? Você diria pra seu filho entregar a vaga dele? E pra esse moleque???
    Imoral e anti ético foi a atitude de Flamengo e Portuguesa. Ombridade e moralidade é assumir os erros e cumprir as mesmas regras que foram cumpridas por todos.

  117. atilajss Says:

    Se vc fosse pouco mais inteligente saberia que NEM A PORTUGUESA correu atrás do caso de 2010 pois o estatuto do torcedor fala que toda ação deve ser movida em até 60 dias do fato consumado, por isso NINGUÉM falou de 2010.
    Eu estou falando do lado MORAL onde o time do TAPETÃO deveria ter VERGONHA NA CARA e abrir mão do titulo que comete o MESMO ERRO que o fez executar o TRÍPLICE TAPETE.

  118. Estéfano Cerqueira Says:

    Da pra ver o quanto você é inteligente mencionando um fato que pela besteira que está falando está está claro que nem se deu ao trabalho de procurar se informar. E olha que várias pessoas já explicaram 2010 aqui. Além do mais esta claro na sua resposta que você nem entendeu o que escrevi ou não leu. Se você não se informar ou não entender o que as pessoas falam não é muito correto questionar a inteligência das pessoas, pois de te modo fica evidente de qual lado falta inteligência… Bom, acho que você vai continuar sem entender e achando que burros são os outros. Se você realmente quer debater precisa apelar menos para ofensas e qualificações das pessoas e colocar argumentos. Diga nos o que aconteceu em 2010. Pelo jeito você não sabe. Leia o que escrevi e o link. Isso se é que quer. Mas se não quer então você não quer entendimento só quer ter razão mesmo sem ter informação e compreensão. De vc só li adjetivos até agora. Mas os ignoro pois a sua opinião pouco importa se vc não tem informação, não entende ou não lê lê o que as pessoas falam. Se quiser debater tragados novidades. Se ficar nos adjetivos e repetindo ccoisas sem se informar não tem debate com vc pois não se produz opiniões com adjetivações e sem leitura do outro. Enfim. Nada educado da sua parte nem razoável. Se é falta de inteligência a sua falta de modos eu não sei, não posso assim como vc tirar conclusões e adjetiva sem saber.

  119. atilajss Says:

    é… vc diz que EU preciso pesquisar mas pelo visto pesquisou MUUUITO… Pena que não posso desenhar e postar aqui, já que o que digo é tão difícil de entender. Fica assim então, pois já repeti e não adianta gastar palavras com quem apoia times sem escrúpulos.

  120. Estéfano Cerqueira Says:

    Cara, cada vez que você escreve você depõe contra você mesmo. Você não explicou nada nem leu nada. Explicar não é falar “imoral”, ” não cumpriu em 2010″ blá blá blá. Quem parece precisar de desenho é você. Tem um monte de post de monte de gente, respondendo a você explicando 2010 e você nem leu. Argumentar é usar fatos, e dizer “Fluminense não cumpriu a regra” NÃO É FATO, é CONCLUSÃO. Fato é (veja se lê desta vez pois não vou desenhar): Tartá em 2010 levou 1 cartão no time que jogava antes, depois 1 no Fluminense. Tartá não jogou no jogo seguinte. <<<- FATO
    A regra diz que deve cumprir suspensão depois de 3 cartões (não diz que é no mesmo time). <<<- DADO
    Fluminese cumpriu a regra <<<- CONCLUSÃO
    Você fica só emitindo conclusão sem pesquisar e fica me acusando do que você não fez, e usando adjetivos que devem servir pra você, pois quem não leu foi você, quem não interpreta, e precisa de desenho é você, e se o problema não for falta de inteligência é falta de escrupulos. Enfim, você cada vez que fala besteira e ofende aos outros só depões contra você meu caro. Não é escrupulo acusar e ofender sem ter certeza. Isto se chama levaiandade. Pare de ofender e exprimir opiniões e comece a argumentar. Traga-nos fatos mostrando que o Tartá não cumpriu. A própria midia irresponsavelmente citou 2010 sem explicar, e depois que venderam jornais finalmente publicaram os FATOS! que citei acima. Em vez de falar besteira e acusar os outros do que você quem está fazendo, vá pesquisar pra ver se os FATOS que relatei aqui são verdadeiros. Eu pesquisei! Você está claro que não, e que não leu ou não entendeu. Isso não é nada escrupuloso. Mas não é o que alguém diz que nos qualifica, mas o que fazemos. Você dizer que sou isso ou aquilo não vai ser verdade só porque você falou. Mas você ficar repetindo coisas sem pesquisar, sem eu precisar falar nada, todos vão ver que você está sendo leviano, ou seja, sua atitude vai tefinir quem é você. Se falar que é honesto fosse suficiente ninguém ia preso. Flamengo e Portuguesa escalaram jogadores irregulares. <<– FATO
    Descumpriram a regra do campeonato. <<- OBVIO
    Quanto ao Estatuto do Torcedor nem vou falar que é um pouco mais dificil de entender. E enquanto você não ler e não entender o caso de 2010, você jamais vai entender o caso do Estatuto.
    Leia amigo, cite fatos, e emita conclusões coerentes com os fatos.
    Dizer eu tenho 2 maças e ganhei uma banana não te dá direito de concluir que você tomou suco de laranja. Tenha respeito pelas pessoas, leia mais. Respeitar as pessoas numa discução é debater no mesmo nivel, com fatos e coerência e não com bravatas sem nexo. Se não entender o que escrevi desta vez desisto de você. É por pessoas com muita opinião e pouca leitura de fatos, e aalises coerentes é que neste país a Lei não tem valor, pois depende que as pessoas queiram e saibam ler, interpretar e respeitar. Sem isto, não existe ordem, cidadania, progesso. Este país é essa bosta por isto. Por isto Cristovam Buarque falou a maior verdade do Brasil: As 3 prioridade no Brasil são Educação, Educação e Educação. Só assim teremos cidadania e por consequencia ordem, progresso e saúde, segurança etc. Prezado não me leve a mal, mas seria melhor pra você e pro país que em vez de ficar se defendendo e ofendendo que você reavalie sua postura e aproveite para crescer como ser humano, em vez de tentar diminuir os outros, especialmente SEM RAZÃO E SEM EMBASAMENTO para tal. As pessoas bem informadas, bem educadas e bem formadas geralmente não precisam ofender e diminuir as demais pois seu conteúdo lhes é suficiente, e por isto debatem com o uso de FATOS, DADOS e COERÊNCIA. Boa sorte na vida.

  121. Estéfano Cerqueira Says:

    Corrigindo, pois errei na digitação, mas você pode pesquisar por você mesmo no google: 1 cartão no time anterior e 2 no Fluminense.

  122. atilajss Says:

    Vc deve ter pesquisado MUUUUITO… e tb acompanhou o julgamentos e os termos apresentados. Mas pq eu estou tentando discutir mesmo com um torcedor do tapetão? Sem problemas, a justiça comum não é conivente com o time que se garante no tapete.

  123. Tadeu Says:

    Caro atilajss, o sem argumentos, fora da lei:

    Justiça de SP já extinguiu sete ações pró-Portuguesa

    Processos vêm sendo derrubados por falta de legitimidade

    Publicado em 10 de janeiro de 2014 às 8:15

    Torcedores da Portuguesa tentam sem sucesso recolocar time na Primeira Divisão através da Justiça Comum

    A torcida da Portuguesa vem tentando via Justiça Comum recolocar o time na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro, mas sem sucesso. Até a última quinta-feira, levando-se em consideração os 19 processos abertos no Tribunal de Justiça de São Paulo, contra a CBF e/ou STJD, sete já foram derrubados sem nem sequer acontecer julgamento do mérito.

    Em outros três casos, juízes rejeitaram pedidos de decisão, em caráter liminar, a favor do clube paulista. Todos os processos vêm sendo derrubados por falta de legitimidade, já que os advogados não tem ligação com a Lusa.

    – A maioria já foi extinta sumariamente. Houve vários indeferimentos, porque não há legitimidade nos autores das ações – comentou o diretor jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes.

    A Portuguesa caiu para a Segunda Divisão ao ser condenada com a perda de quatro pontos por utilizar Héverton de maneira irregular na última rodada, contra o Grêmio, quando o meia deveria cumprir suspensão por ter sido julgado e punido dois dias antes (julgamento na sexta e jogo no domingo). Com isso, foi para a 17ª colocação, antes ocupada pelo Fluminense. O Flamengo também perdeu quatro pontos pelo mesmo motivo na escalação de André Santos contra o Cruzeiro e terminou em 16º, salvando-se do rebaixamento. O Tricolor subiu para o 15º lugar.

    Chupa Atila! Chupa Lusa! Chupa Fla! (sem desenhar, é claro!)

  124. Estéfano Cerqueira Says:

    Tadeu, o cara não lê nada. Ele só fala, fala e fala, ofende, e tá todo errado porque não leu nada, não pesquisou nada. Deixa esse cara pra lá, não tem como discutir com alguém que não lê, não interpreta, não pensa e não respeita. Se ele tiver inteligência e caráter, ele mesmo vai saber a vergonha que está fazendo falando besteiras sem pesquisar e sem entender as regras. Se não, não há nada que dissermos que ele seja capaz de ler, compreender ou responder com argumentos e fatos. Perda de tempo. Tentei mais do que devia. Um cara assim não pode jogar nem par ou ímpar que se você tiver com uma unha quebrada e ele perder ele vai te chamar de inescrupuloso porque roubou no par ou ímpar porque dedo com unha quebrada desrespeita o Estatuto do Torcedor e em 2010 no par ou impar o Fluminense ganhou com uma unha quebrada… Lamentável. Mas pra ele, imagina como um cara assim sofre na vida, sem saber ou querer saber o que é o certo ou errado. Um cara desse agride um inocente e ainda acha que está certo. Ainda bem que o conhecemos só pela internet… Orgulho de não termos tantos torcedores sem noção. Orgulho de ser tricolor, de torcida esclarecida, inteligente, ética e honesta. Que SABE E PRATICA o SIGNIFICADO DE ÉTICA!! Claro que em nossa torcida tem gente ruim, mas mulambada tem grande maioria que não sabe ler, interpretar e acha que ética e moral é tudo aquilo que lhes favorece. Bem provável que a figura seja Flamenguista…

  125. Estéfano Cerqueira Says:

    Tadeu, o cara é tão sem noção que ele vai dizer que a UNIMED comprou todos os tribunais da justiça comum… kkk

  126. atilajss Says:

    CBF e STJD serão investigados por caso Lusa
    Ministério Público de São Paulo abriu inquérito e pode devolver time à primeira divisão

    O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito civil contra a CBF e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva pelo julgamento que rebaixou a Portuguesa à Série B.

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/146969-cbf-e-stjd-serao-investigados-por-caso-lusa.shtml

    CHUPA timinho ridiculo, TRI TAPETÃO, timinho sem futebol, só vence no tribunal ou roubando dentro de campo, escoria do futebol, vergonha do esporte.

    Sem mais respostas pra vc, prefiro conversar com uma porta, tem mais capacidade de entender o que é certo e errado.
    Boa vida pra vc e pro seu pequeno time de juízes.

  127. Tadeu Says:

    KKKKKK, dá ZERO pra ele! O Flu não é CBF e nem STJD. KKKKKK. Não sabe ler. Analfabeto funcional.

  128. Estéfano Cerqueira Says:

    É tragicômico… Por isto que o Brasil não vai pra frente Tadeu. Tem gente mais burra que ameba. É surreal ver a que ponto a burrice humana pode chegar… Inacreditável… É no Brasil do Lula esse pessoal ainda tira diploma de nível superior. Saiu pesquisa que apurou que 38% das pessoas com diploma de nível superior no Brasil são analfabetos funcionais. Ou seja, nego tem nível superior e não sabe interpretar o que lê. Imagine um torcedor do Flamengo se vai entender o que lê nos jornais. Tragicômico nosso Brasil…

  129. atilajss Says:

    É mesmo né… CBF e STJD não são Flumerdence.
    Mas a notícia de cima levou a isso aqui:

    http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/bastidores-fc/post/justica-de-sao-paulo-manda-cbf-devolver-quatro-pontos-ao-flamengo.html

    E se vc souber ler, verá que lá esta escrito:
    “O juiz Marcello do Amaral Perino aceitou a argumentação do advogado, segundo a qual o eventual rebaixamento do Flamengo causaria “dano irreparável” ao clube. A decisão diz ainda que “se mostra viável a modificação pelo Poder Judiciário da decisão que atingiu a Portuguesa de Desportos”.”

    Então, CHUPA TAPETÃO, se não rolar uma grana pra Lusa não entrar com recursos, vcs vão parar na B, timinho ridículo, sem futebol.

    CHUPA!

  130. Tadeu Says:

    Cassarão a liminar, simples assim. Nunca ganharão no tapetão, nem Fra nem Lusa.

  131. Tadeu Says:

    Texto de Gustavo Albuquerque:

    Todos devem se lembrar quando, antes do julgamento do caso
    Lusa/Fla, o presidente rubro negro se arvorou todo #
    paladino da ética que é # ao dizer que seu clube jamais
    entraria na justiça para contestar o que quer que fosse.

    Referia-se ele à justiça desportiva. Na época, seu arroubo
    caiu na vala comum das bravatas quando, em menos de meia
    hora, já pululavam nas redes sociais a lembrança sobre o
    ajuizamento de ação do Flamengo, tentando recuperar pontos
    contra um pequeno do Rio, no estadual de 2013.

    Mas se na justiça desportiva era algo impossível, que dirá
    na justiça comum, que provoca sanções seríssimas até mesmo
    por parte da FIFA, e que já ocasionou sérios problemas para
    o futebol brasileiro no passado.

    Hoje o presidente do Flamengo deve evitar entrevistas.

    Um advogado (ou ex advogado recente) do clube, o Dr. Luiz
    Paulo Pierucetti Marques, ajuizou ação na justiça paulista,
    obtendo uma liminar que devolveu os pontos ao time da Gávea.

    O Dr. Luiz Paulo é # ou foi recentemente, mas já no período
    da atual gestão flamenguista # advogado do clube em pelo um
    menos um processo, esse daqui 0072000-27.2003.5.01.0038, que
    tramita na justiça do trabalho do Rio de Janeiro e que pode
    ser conferido aqui http://www.trt1.jus.br/consult a-
    processual.

    É evidente que quando # e se # perguntados, os dirigentes
    rubro negros irão dizer que não sabiam de nada, que qualquer
    torcedor poderia ter entrado com a ação, que isso, que
    aquilo. Farão cara de indignados e todas as outras
    acrobacias para provar o improvável, como vêm fazendo desde
    os tempos das papeletas amarelas.

    Mas o fato, incontestável, é que nem uma criança de colo
    acreditará que um advogado do (ou que já trabalhou para)
    clube, com vínculos no mínimo recentes com a diretoria, por
    conta própria, num ato de heroísmo, tentaria, sozinho, a
    devolução dos pontos.

    Poucas classes profissionais # até por conhecer os
    desdobramentos de suas atividades # têm o cuidado que têm os
    advogados na lida com os interesses de seus clientes. Nesse
    caso, que pode envolver até a FIFA e paralisar o futebol
    brasileiro, o cuidado é redobrado.

    Conheço pessoalmente o Dr. Luiz Paulo # é irmão de um amigo
    que inclusive advoga em vários processos para o Flamengo # e
    posso assegurar que trata-se de um excelente advogado. Beira
    o impossível acreditar que faria tudo sem consultar o clube
    para o qual, na melhor das hipóteses, prestou serviços até
    menos de um ano atrás.

    Botar um advogado que defende os interesses do clube para
    ajuizar a ação na justiça comum é ainda mais improvável que
    botar um jogador suspenso na última rodada.

    Mas parece que o Flamengo conseguiu fazer as duas coisas em
    menos de um mês.

    Espero que a CBF apure o caso, entenda que a relação
    advogado x cliente não comporta falta de comunicação entre
    as partes em matéria tão crucial, que no caso pede
    exatamente a devolução de pontos perdidos pelo clube (que é
    o único interessado), e tome as medidas punitivas
    necessárias.

    E quanto ao ilustre Presidente, resta-nos esperar qual será
    a próxima bravata.

    #O Flamengo nunca##

    Abraços tricolores

  132. Atila Says:

    É mesmo né… então vai lá GÊNIO, interprete o que significa cada palavra da noticia, depois volte para a série B com sua razão da era Lula.
    Eu me pergunto como Lula e companhia estão no poder a tanto tempo… mas ai pessoas como vc surgem… responde tudo.
    Só não demore pra responder com seus argumentos falhos pra não atrasar o recebimento de sua Bolsa Família…
    Essa era onde esse tipo de GÊNIO é aprovado automaticamente me faz ter vergonha do Brasil… o Flumerdence me faz ter vergonha do Brasil… é… vc e seu time se merecem.

  133. Estéfano Cerqueira Says:

    Para Atila. Por favor? Você não cansa de passar vergonha?
    Você posta coisas e tira conclusões que não tem nada a ver com o que postou. Tá passando vergonha.
    Acorde enquanto é tempo. Não teve um texto que você postou que ou não ofendeu alguém ou não falou besteira. Falando de Portuguesa entrar com recurso na liminar a favor da Portuguesa… Você não escreve coisa com coisa… Notável que não entendeu nada que leu nem o que postou aqui, e que usou palavras que não sabe o significado. E continua insistindo, insistindo e insistindo e a cada postagem uma pérola…
    Prezado, vai estudar. Não insisita. Tenha humildade. Não é feio não saber, o feio é ser pedante. E é mais feio ainda ser leviano, e você está sendo leviano por causa da sua pedância. Uma pessoa leviana não tem moral pra falar de ética. E uma pessoa pedante não tem moral pra falar de nenhum assunto. Leia este texto mil vezes, e vai estudar. Quer ouvir conselho educado, te dei, mas se quer continuar vmitando asneiras a escolha é tua… Estão te chamando de burro porque você está sendo pedante, mané! Você chamar as pessoas de burro de volta não vai tirar a sua vergonha nem vai mudar o fato que quem tá falando merda é você. Você só vai conseguir convencer pessoas mais burras que você ou desonestas que tenham a mesma intenção que a sua. E pelo que estou vendo aqui no Forum, até mesmo as pessoas que falaram contra o Fluminense, nenhuma falou tanta besteira. Quer insistir, passe vergonha então… Ah meu Brasil… Tamo fudido…

  134. Estéfano Cerqueira Says:

    Pois é Tadeu, o Atila não vai entender o que você falou. Ele mesmo vai assistir a derrocada dessas tentativas infundadas que encontram acolhida em um ou outro juiz fanfarrão, e provavelmente vai dizer no final que o Fluminense comprou a maioria dos Juizes do Brasil. É um ignorante e teimoso. Se fosse só ignorante e tivesse humildade não se manifestava do que não entende.
    Essa liminar é ilegal. Vai ser caçada fácil. A justiça não pode intervir em regimento e decisões internas de entidades privadas. A única coisa que a Portuguesa poderia conseguir, SE ESTIVESSE CERTA, seria uma indenização, o que não impediria de ser excluída da confederação e não jogar nem série A nem B nem C.
    E esse presidente do Flamengo hein? Que vagabundo… O cara é muito safado. Cada vez mais ele reforça a tese de que comprou o estelionatário Da Lupa…
    Graças à ignorância e à passionalidade de pessoas como vemos neste forum, este tipo de corja como Da Lupa e Bandeira de Mello conseguem convencer as pessoas de coisas sem nexo. Usam a artimanha mais velha do mundo, usada por Nazistas, Facistas, e políticos corruptos. A paixão e a ignorância separadamente fazem estragos, imagine juntas… Isso é o Brasil baronil… Uma república de Atilas…
    O que me desanima deste país nem é a ignorância, é a pedância. O que o nosso povo tem de ignorante tem de vaidoso e orgulhoso. O Lula representa exatamente isto. As pessoas em vez de se esforçarem para serem melhores, se engajam em arranjar atalhos para conseguirem o que querem. Aceitam se diplomar sem aprender a ler por exemplo. Se apegam a diplomas em vez de conteúdo e educação legítima. O brasileiro no geral só quer ter razão, poder, status, e não tem humildade.
    Veja esse Atila, o cara chama todo mundo de burro, de canalha, etc. Mas usa palavras com sentido incorreto, opina sobre coisas que não sabe o significado, se bate e rebate, e não se cansa de querer rebater os outros, sem se preocupar se o que está falando faz sentido ou se sabe o significado do que fala.
    Se um cara desses tivesse humildade, estaria tratando de estudar em vez de falar bobagens pra todo mundo ver. Esse cara tiha que estar em cima de um livro e não vomitando o que nunca comeu.
    O cara come camarão e quer arrotar caviar.
    Por isto Joãozinho trinta falou que quem gosta de luxo é pobre. De certo que generalizou, mas mostra justamente que as pessoas no Brasil que tem menos são as mais vaidosas no geral. O LULA é uma figura que representa exatamente isto. Seguiu esta linha e conquistou a empatia dessa maioria.
    Exemplo pra mim é Marina Silva, que era pobre mas estudou, se esforçou, e é uma pessoa culta. Pro Brasileiro LULA ela é uma “metida”. O Brasileiro no geral é fã da demagogia porque é derrotista, despeitado, orgulhoso. Prefere odiar quem alcança o que não alcançaram. O Lula ganhou diploma de presidente sem estudar, e se orgulhou. Enfim, povo orgulhoso, que faz apologia à facilidade. Mas vamos todos pagar caro por isto. Imagine qual não será o fruto podre colhido por estes 38% de pessoas analfabetas funcionais que ganham um diploma de nível superior? Por sorte a justiça no Brasil não é tão silvícola e a Portuguesa e o Flamengo vão tomar pau no rabo.
    Até lá vai ter liminar e ação daqu e dali, mas no final, pau no rabo certo! E o Atila ou vai repensar as merdas que falou ou vai continuar insistindo na própria ignorancia e na pedância…
    Dai-nos paciência para viver neste país…

  135. Atila Says:

    Burro é falar contra seu time, burro é falar a VERDADE, burro é apontar como é ridículo e desonesto esse time.
    Meu pai tinha razão, aquele que apoia alguém sem escrúpulos, não tem escrúpulos. Aquele que apoia o desonesto, é desonesto, aquele que apoia o safado, é safado.
    Alguém que acha que esta correto em uma situação tão ridícula, tão safada é realmente muito inteligente.
    Termine o colegial, pare de usufruir do Bolsa Família, pare de acreditar em Papai Noel e em Flumerdence Honesto que TALVEZ, um dia vc se aproxime de um ser humano.
    Esse é o Brasil, país onde desonestos se fecham em seus mundinhos e REALMENTE acreditam que estão fazendo o correto.
    SE torcedores do time do tapetão soubessem o que significa VERGONHA, nunca mais iriam a um estadio de futebol.
    Morrerei com a seguinte dúvida: Vcs não sabem mesmo diferenciar o que é errado ou não, vulgo IDIOTA ou são realmente desonestos apoiando a atitude ridícula do brasileirão 2013… qual será a resposta meu Deus?

  136. Tadeu Says:

    Ainda não entendi o que Flu fez, Atila. Entrou com alguma ação, requerimento, ou o quê?

  137. Estéfano Cerqueira Says:

    Ele supõe que pagou a todos os advogados do STJD e à CBF com o dinheiro infinito da UNIMED para simplesmente aplicarem a regra. O honesto seria não aplicar a regra só pro Flamengo e pra Portuguesa. Entendeu Tadeu? É falta de escrúpulos e desonestidade aplicar ao Flamengo e Portuguesa a mesma regra que todos cumpriram. É vergonhoso. O STJD só pode ter recebido algo pra agir de forma tão imoral. Afinal, é imoral não abrir exceção à regra. O Átila sabe tudo de moralidade e ética. Acho que temos que apoiá-lo. É nojento o Fluminense comprar o STJD. E pior, nós tricolores achamos que não podemos ser acusados disto pois existem vários indícios. No inicio pensaram que tínhamos comprado a Portuguesa, mas como o Bandeira de Mello defendeu o Manuel da Lupa, um homem honrado com decoro de Lord Inglês, vimos que na verdade o Fluminense comprou o STJD. E todos os advogados comprados, inclusive os Flamenguistas, de forma nojenta e absurda impuseram ao Flamengo e à Portuguesa uma regra que ambos tem o direito exclusivo de não cumprir, só os outros times.
    Como tricolor repensei isto tudo e estou envergonhado. Temos que ser ofendidos e agredidos. Afinal, é justo e moral, é correto usar a violência e ofensa contra pessoas que pensam que tem o direito de ter algum benefício porque a lei foi cumprida! Oras, quem somos nós para querer que Flamengo e Portuguesa cumpram as regras que cumprimos? Somos a escória. Só bandidos desejam o cumprimento da lei.
    Tenho que admitir: é legítimo apelar ao Estatuto do Torcedor, mesmo que lá não diga que o cumprimento da pena pelas partes intimadas depende da publicidade, assim como ocorre nos tribunais federais. Quem somos nós para querermos que se interprete a lei da forma óbvia? A lei deve ser interpretada da forma que o Fluminese seja rebaixado, porque é um clube vergonhoso, que quer se valer da aplicação da Lei. Essa coisa de Lei é uma imoralidade só. E esse STJD vendido. Que imoral!!!
    Tenho que aplaudir, de pé, tirar o chapéu, e elogiar, a “litigância de boa-fé” orquestrada e declarada publicamente nos meios de comunicação por “torcedores” da Portuguesa e Flamengo. Afinal é um ato de cidadania obstruir a justiça comum com causa tão essencial para a sociedade, para banir o Fluminense da série A, e gerar um imbróglio para chantagear a CBF e conseguir sacanear esse “Flumerdense”.
    Temos que nos envergonhar, de termos a ousadia de ventilar a possibilidade de que o Flamengo, clube de passado ilibado no futebol nacional, e internacional, possa ter comprado Manuel da Lupa. Este senhor ingênuo e puro coitadinho, que tão pobrezinho teve que pegar um empréstimo de 8 milhões do BANIF para salvar o leitinho das crianças e de coração apertado teve que dar o próprio clube como garantia. Imagine se este honrado senhor aceitaria algum dinheiro. E o Flamengo? Flamengo nunca comprou ninguém. As tais “papeletas amarelas” que constavam pagamentos aos juízes eram incentivos a homens honrados para fazerem seu trabalho no campeonato de forma honesta. Afinal ao Flamengo é dado o direito de remunerar os juízes. E maldaram isto. Somos podres em pensar isto.
    Claro, é muito mais provável que o Fluminense tenha pago à CBF e ao STJD aquela galera toda. Afinal, se não pagasse, eles jamais cumpririam a regra, pois só aplicaram para os outros times porque os outros times tem mesmo que cumprir a regra.
    Eu realmente sinto muita vergonha de nosso país por causa do Fluminense. Afinal foi o Fluminense que se beneficiou porque esse STJD safado fez o Flamengo e a Portuguesa cumprirem a mesma regra deles. Vergonha. Imagine como o Brasil será visto lá fora? Um país que aplica regras equitativamente? Oras, que vergonha.
    Pelo menos a “litigância de boa fé” orquestrada publicamente mostra como boa parte de nosso país é de pessoas engajadas em causas éticas, humanas e de forma idônea, lisa, respeitosa às prioridades da justiça. Com exceção de tricolores, claro. Somos escória.
    Sem dúvida, nós tricolores somos uma vergonha… Devemos nos envergonhar.
    Entendeu Tadeu?

  138. Tadeu Says:

    ENtendi Deve ser esta l´gica Homer Simpson mesmo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: