Advertisements
Anúncios

Corinthians dá calote de R$ 1,1 milhão em terraplenagem do “Fielzão”

Advogados dispensam Romário após calote

Com o atraso não apenas no cronograma das obras do “Fielzão”, mas também do recebimento da ajuda financeira governamental, o Corinthians começa a enfrentar seus primeiros problemas com inadimplência dos serviços executados.

Avaliada em mais de R$ 20 milhões, a terraplenagem do terreno de Itaquera foi realizada por algumas terceirizadas, entre elas, a Alvo Terraplenagem Ltda.

Sem a entrada de dinheiro esperada, e com a ODEBRECHT fingindo não ser com ela, o Corinthians não conseguiu honrar com o compromisso, e teve dois títulos das parcelas acertadas protestados no 6º Tabelionato de Protesto de Letras e Títulos da Capital.

Os valores são: R$ 700 mil e R$ 400 mil.

Na última semana, o clube, que não pode ter o nome “complicado” por ocasião dos recebíveis que estão por vir (BNDES, etc), conseguiu liminar na Justiça para que a pendência fosse removida do cartório, porém, sob promessa de quitação da dívida nos próximos cinco dias, que vencem sexta-feira (13).

Decisão proferida pela juíza VALÉRIA LONGOBARDI MALDONADO, da 29ª Vara Cível Central.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: