Advertisements
Anúncios

Corinthians dá calote de R$ 1,1 milhão em terraplenagem do “Fielzão”

Advogados dispensam Romário após calote

Com o atraso não apenas no cronograma das obras do “Fielzão”, mas também do recebimento da ajuda financeira governamental, o Corinthians começa a enfrentar seus primeiros problemas com inadimplência dos serviços executados.

Avaliada em mais de R$ 20 milhões, a terraplenagem do terreno de Itaquera foi realizada por algumas terceirizadas, entre elas, a Alvo Terraplenagem Ltda.

Sem a entrada de dinheiro esperada, e com a ODEBRECHT fingindo não ser com ela, o Corinthians não conseguiu honrar com o compromisso, e teve dois títulos das parcelas acertadas protestados no 6º Tabelionato de Protesto de Letras e Títulos da Capital.

Os valores são: R$ 700 mil e R$ 400 mil.

Na última semana, o clube, que não pode ter o nome “complicado” por ocasião dos recebíveis que estão por vir (BNDES, etc), conseguiu liminar na Justiça para que a pendência fosse removida do cartório, porém, sob promessa de quitação da dívida nos próximos cinco dias, que vencem sexta-feira (13).

Decisão proferida pela juíza VALÉRIA LONGOBARDI MALDONADO, da 29ª Vara Cível Central.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: