Desacordo comercial faz vice-presidente atacar Presidente no Corinthians

rosenberg gobbi

O atual vice-presidente do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, em entrevista à ESPN Brasil, teceu duras críticas à gestão da qual faz parte, que tem como presidente o delegado Mario Gobbi, a quem, antes, afiançava como grande dirigente.

Disse que a marca “Corinthians” perdeu valor nos últimos anos, utilizando como exemplo a maneira como o atual mandatário do clube conduziu o caso da morte do garoto Kevin, em Oruro:

“Quando a gestão priorizou se defender e defender também os seus torcedores que estavam envolvidos no caso e deixou em segunda escala a família do garoto que morreu e todo esse sentimento, ela prejudicou muito a marca do clube. Foi um erro para o Corinthians”

Depois, ao dizer que a gestão de Gobbi peca pelo excesso de “cautela”, acabou por revelar o fator motivador de suas divergências:

“O caso do fast-food é bastante emblemático. Às vezes, temos que perceber que não é só dinheiro que vai mover o clube. Um projeto ousado no marketing, que divulgue a marca do clube, também é muito importante fazer. Mas essa gestão tem um perfil mais cauteloso e decidiu não fazer. Sem o Ivan (Marques) ficou ainda mais difícil. Uma pena que ele não tenha tido apoio. A marca do Corinthians perdeu valor”.

Ou seja, onde o dinheiro é obstruído e os negócios não caminham como combinado, previamente, o discurso anterior vai pra lata de lixo, permanecendo apenas as verdades sobre o que realmente se pensa sobre as coisas e a pessoas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

10 respostas para Desacordo comercial faz vice-presidente atacar Presidente no Corinthians

  1. Jesus disse:

    E o Luis Paulo Rosenberg tem razão. Ele foi um dos responsáveis pelas lideranças econômicas e no Marketing, que hoje o Todo Poderosos ocupa no mundo.

  2. Mas um que saiu do corinthians com as maos abanando por isso tanto ataque ao presidente, com quem era aliado até poucos dias!
    É triste ver isso pois considero Dr. Paulo Rosemberg uma pessoa tao bem conceituada no quesito marketing, como poucos (talvez o melhor) no futebol brasileiro!
    Só que ele exagerou um pouco nisso pois o timao continua absoluto e lidera como clube mais valioso do futebol sul-americano!

  3. mfirmiano@uol.com.br disse:

    Se não fosse o Corinthians muita gente passava fome.

  4. Youndaime disse:

    Esse meliante é tão “gênio” que ele foi um dos grandes responsáveis pela FALÊNCIA do BANCO PANAMERICANO com seus desvios bancários… BANIDO pelo BACEN por 8 ANOS, podendo pegar 30 ANOS DE CADEIA(onde é réu) por FRAUDE,FORMAÇÂO DE QUADRILHA,CRIME CONTRA O SISTEMA FINANCEIRO e outros crimes…

  5. CURICANO LADRÃO, UM PLEONASMO disse:

    Não foi esse cidadão ai que quebrou o Mappin, G.Aronson e recentemente o Banco Panamericano?

  6. Jeremias disse:

    Se fosse na novela, já estaria vendendo cachorro quente…

    Primeiro perdeu a boquinha dos bancos.. Escapou de ser preso..

    Depois perdeu a mamata das camisas piratas do Corinthians..

    Agora nem misto quente deixaram o cara vender?

  7. mfirmiano@uol.com.br disse:

    Publica ai também que eu estou na sua cola e um dia vc vai sair do esconderijo e sua casinha vai cair.

    Paulinho: Desista. Nada contra, mas sou hétero

  8. Fernando disse:

    É fato que a maioria dos dirigentes esportivos se aproveitam das agremiações para benefícios próprios. Também é fato que nenhum deles se preocupa com as dívidas dos clubes e com a suas torcidas. No entanto, Rosemberg, seja lá por qual motivo, tem muita razão no que afirma. O Corinthians tomou atitudes equivocadas. No caso de Oruro, perdeu a grande chance de buscar ser o precursor da luta contra impunidade (ainda que isso custasse o cargo dos atuais dirigentes, que parecem coniventes ou parceiros de esquemas). Priorizam a defesa de 12 sujeitos que não representam a massa corintiana, em detrimento a uma vida que se perdeu.
    Quando falamos de marketing, sem querer ser pretencioso ou clubista, é inegável o potencial do Corinthians, considero o maior do Brasil. No entanto, é preciso que essas ações sejam desenvolvidas no sentido de atender os interesses do clube e de seus milhões de torcedores.

  9. João Domingos Custodio disse:

    O Ministério da Saude adverte:o corinthians mata! Primeiro Oruro,depois obras do Itaquerão…impressionante a asa negra que é este clubeco..

  10. O corinthians mata…
    Mas a inveja mais ainda!!!!!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.