Advertisements
Anúncios

Desacordo comercial faz vice-presidente atacar Presidente no Corinthians

rosenberg gobbi

O atual vice-presidente do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, em entrevista à ESPN Brasil, teceu duras críticas à gestão da qual faz parte, que tem como presidente o delegado Mario Gobbi, a quem, antes, afiançava como grande dirigente.

Disse que a marca “Corinthians” perdeu valor nos últimos anos, utilizando como exemplo a maneira como o atual mandatário do clube conduziu o caso da morte do garoto Kevin, em Oruro:

“Quando a gestão priorizou se defender e defender também os seus torcedores que estavam envolvidos no caso e deixou em segunda escala a família do garoto que morreu e todo esse sentimento, ela prejudicou muito a marca do clube. Foi um erro para o Corinthians”

Depois, ao dizer que a gestão de Gobbi peca pelo excesso de “cautela”, acabou por revelar o fator motivador de suas divergências:

“O caso do fast-food é bastante emblemático. Às vezes, temos que perceber que não é só dinheiro que vai mover o clube. Um projeto ousado no marketing, que divulgue a marca do clube, também é muito importante fazer. Mas essa gestão tem um perfil mais cauteloso e decidiu não fazer. Sem o Ivan (Marques) ficou ainda mais difícil. Uma pena que ele não tenha tido apoio. A marca do Corinthians perdeu valor”.

Ou seja, onde o dinheiro é obstruído e os negócios não caminham como combinado, previamente, o discurso anterior vai pra lata de lixo, permanecendo apenas as verdades sobre o que realmente se pensa sobre as coisas e a pessoas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: