Advertisements
Anúncios

Pró-Memória: Milan aceitou emprestar Pato ao Corinthians. Dirigentes se acertaram com empresário e o compraram por R$ 40 milhões

Quando da contratação de Alexandre Pato, pelo Corinthians, era unanime a opinião de que o clube corria grande risco, não apenas pelo histórico de contusões, mas também pelo reconhecida falta de comprometimento do atleta com as equipes que passou.

Pato é um jogador habilidoso, mas sem sal, nem açúcar, pouco decisivo e que nunca foi ídolo absoluto de torcida alguma.

O Timão pagou R$ 40 milhões em sua aquisição, sempre com a velha desculpa de que o marketing pagaria a despesa.

A Nike adiantou a grana, interessada na divulgação de seu “garoto propaganda”, que será descontada durante a vigência do contrato com o Corinthians.

Pato não é Ronaldo.

Pior ainda foi saber, agora a pouco, por gente envolvida no negócio, que o Milan havia aceitado ceder o jogador ao Timão por empréstimo, em troca apenas do pagamento de salários.

Foi então nesse momento que o empresário Gilmar Veloz se acertou com dirigentes alvinegros, cedendo parte da comissão, a famosa “taxinha”, que forçaram pela compram dos direitos do jogador.

Dinheiro esse que, pelo que se observa, dificilmente será recuperado.

*Postado originalmente em 06/06/2013

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: