O Ouro de Zanetti

O ginasta brasileiro Arthur Zanetti espantou o mundo ao conquistar o Ouro Olímpico das Argolas, em Londres 2012.

Resultado tão impressionante que houve quem, apesar da competência demonstrada, sugerisse que a conquista poderia ser também uma espécie de “tiro único”, num daqueles dias em que tudo dá certo.

Hoje, porém, Zanetti voltou a brilhar, sagrou-se campeão mundial, na Antuérpia (Bélgica), colocando-se de uma vez por todas no patamar dos melhores do esporte.

Inquestionável, e, acima de tudo, heroico, levando-se em consideração a falta de história do Brasil no torneio, e, principalmente, o apoio “zero” do inútil COB à modalidade.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

7 respostas para O Ouro de Zanetti

  1. Nelson disse:

    Olá Paulinho e blogueiros!
    Antes de mais nada,Parabéns ao ZANETTI!
    Eleva o nome de um país que não merece o ATLETA que tem!
    Você confundiu a sigla Paulinho!
    Não é COB,mas sim COL (Comite Olimpico de Ladrões)
    E o nosso ignorante povo irá votar o ano que vem!rsrsrsrsrsrsrsrs
    Abraços a todos!

  2. Luli disse:

    O Brasil tem sim uma história no torneio, não no aparelho onde o Zanetti compete. Bom lembrar que o Diego Hipólito foi ouro no mundial de 2005, e sua irmã (salvo engano) a primeira medalhista em campeonato mundial.

  3. Luli disse:

    Quanto ao COB, aí é outra história… o Nuzman é sempre o maior apoiado. Nossas primeiras medalhas na ginástica foram graças ao Flamengo e a sua então treinadora Georgette Vidor, atual coordenadora do esporte no COB.

  4. Bruno disse:

    Paulinho, cadê o Bom Senso F.C. no jogo do Palmeiras x ABC, hoje a tarde. Hoje que seria o dia dos atletas darem o exemplo, dizendo não ao jogo, pelo fato dos dirigentes superlotarem o estádio. Mas a preocupação real dos jogadores era com o perda do aquecimento feito no vestiário. O técnico do ABC preocupado com uma possível perda de mando dos jogos. E também a inércia da imprensa lá presente, que nada levantou sobre o assunto (Bom Senso F.C,) durante o ocorrido. Bem como seu blog, que ainda não tem nenhum relato sobre o incidente. Eram vidas. Creio que ainda estejam acima de uma simples partida de futebol. Enfim, eram VIDAS!!!

  5. Pablo Amzalak disse:

    Por sorte foi um garoto que teve algum apoio da família pra chegar onde chegou, quantos Zanettis não devemos perder por falta de incentivo ao esporte e a corrupção. Acorda Brasil, precisamos investir em esporte.

  6. Trigo disse:

    Zanetti é PT doente.

  7. País olímpico disse:

    Luli, o Brasil têm uma certa história na competição mas não chega a ser um país de tradição (com T maiúsculo) na competição.

    Ao todo, computando o título do Arthur, o Brasil em 110 anos de disputas e 44 edições disputadas só fez 3 campeões mundiais (a Daiane em 2003, o Diego em 2005 e 2007 e agora o Arthur.

    Países com tradição e história na competição são a antiga União Soviética (112 ouros), a China (70 ouros), a Romênia (47 ouros), o Japão (40 ouros) e os EUA (39 ouros).

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.