Advertisements
Anúncios

Internacional vence Corinthians em jogo duro de assistir

Numa partida fraquíssima, D’Alessandro acertou uma batida de falta no segundo tempo, único lance digno de nota no jogo, e garantiu a vitória do Internacional, por um a zero, diante de um Corinthians bem abaixo do que poderia render.

O Timão foi melhor durante os primeiros quinze minutos da primeira etapa, em que marcou bem a saída de bola adversária, embora sem criar chance alguma de abrir o marcador.

Depois disso, aos poucos, o Inter foi se soltando e equilibrando as ações, mas também sem oferecer riscos ao alvinegro.

O jogo era brigado, mas tecnicamente muito pobre.

Emoção apenas aos 23 minutos, quando Leandro Damião deu uma trombada forte em Cassio, após cruzamento pela direita, e Fabricio, de primeira, chutou a bola para a rede.

A arbitragem, com razão, anulou o gol, levando em consideração que o goleiro corinthiano, imóvel com a batida, não estava em condições físicas de participar do lance após o choque.

Tite, por invadir o campo para alertar o quarto árbitro sobre o lance, foi expulso.

Cassio até tentou voltar ao jogo, após seis minutos de paralisação, mas não conseguiu, dando vaga a Danilo Fernandes.

No intervalo, foi a vez de Fabio Santos, machucado, dar lugar a Alessandro.

Logo aos 3 minutos, Scocco levou perigo à defesa corinthiana, quando bateu escanteio fechado, obrigando Danilo Fernandes a se desdobrar.

Seis minutos depois, D’Alessandro bateu falta no canto direito do ataque, a bola desviou em Romarinho e entrou no ângulo esquerdo de Danilo.

Um a zero.

O Corinthians, que começou a segunda etapa em marcha lenta, com o resultado adverso teve que partir para o ataque, tornando o jogo mais interessante, porém tocando mais a bola do que criando, sentindo bastante a falta de seus principais atacantes, convocados para as seleções brasileira e peruana.

Enquanto isso, manhoso, o Internacional cadenciava o jogo, tentando enervar os alvinegros.

Scocco saiu para dar lugar a Josimar, aos 28 minutos.

No Timão, Ibson saiu, aos 34 minutos, para a entrada de Igor.

Aos 39 minutos, Leandro Damião saiu para Alex entrar.

E nada mais aconteceu.

Para o Inter, apesar dos três pontos importantes, o futebol apresentado não dá esperanças a seu torcedor de objetivos maiores, enquanto o Corinthians demonstrou, com a convocação de seus atacantes à Seleção, que, diferentemente do que muitos dizem na imprensa, há sim peças insubstituíveis em sua equipe.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: