Anúncios

Fernando Garcia utiliza-se da Penapolense para cobrar R$ 1,7 milhão do Corinthians

Andres Sanches, Fernando Garcia e Paulo Garcia

No último dia 03, o empresário de jogadores Fernando Garcia, irmão do dono da Kalunga, Paulo Garcia, ingressou com nova ação de cobrança (a terceira em menos de um mês) contra o Corinthians, sempre com variação de prepostos.

Desta vez trata-se da Penapolense, uma de suas “barrigas de aluguel”.

O valor conbrado é de R$ 1,7 milhão.

Na ação, a turma de Garcia pede, em caso de não pagamento nos próximos dias, penhora de bens e de valores nas contas alvinegras.

O processo tramita na 29ª Vara Cívil de São Paulo.

Garcia é investigado, junto com a Penapolense e a Ponte Preta (seus intermediários), pelo MPF, pela prática de crimes diversos, entre os quais fraude no registro de atletas (junto com a CBF) e associação criminosa (antiga “formação de quadrilha”).

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: