Fernando Garcia utiliza-se da Penapolense para cobrar R$ 1,7 milhão do Corinthians

Andres Sanches, Fernando Garcia e Paulo Garcia

No último dia 03, o empresário de jogadores Fernando Garcia, irmão do dono da Kalunga, Paulo Garcia, ingressou com nova ação de cobrança (a terceira em menos de um mês) contra o Corinthians, sempre com variação de prepostos.

Desta vez trata-se da Penapolense, uma de suas “barrigas de aluguel”.

O valor conbrado é de R$ 1,7 milhão.

Na ação, a turma de Garcia pede, em caso de não pagamento nos próximos dias, penhora de bens e de valores nas contas alvinegras.

O processo tramita na 29ª Vara Cívil de São Paulo.

Garcia é investigado, junto com a Penapolense e a Ponte Preta (seus intermediários), pelo MPF, pela prática de crimes diversos, entre os quais fraude no registro de atletas (junto com a CBF) e associação criminosa (antiga “formação de quadrilha”).

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta para Fernando Garcia utiliza-se da Penapolense para cobrar R$ 1,7 milhão do Corinthians

  1. Paulinho o Dep Fed Andres Sanchez precisa entrar com Projeto de Lei pra salvar os clubes de futebol profissional de menores expressoes no Brasil que estao atolados em dividas trabalhistas e nao vao poder nunca ter Certidoes Negativas trabalhistas e a Sra.CBF manda ter futebol feminino e varias categorias de base, os de Mato Grosso estao cumprindo isso com muito sacrificio e se o Mixto licenciar, milhares de familias de MT que tem filhos em categorias de base perderao muito com isso. Abracos. Odeney Miguel de Arruda – tel. 65-981458652. odeney43@gmail.com

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.