Diretoria do Corinthians não compareceu ao enterro de Gylmar

Gylmar

O maior goleiro da história do Brasil, e, por consequência, do Corinthians, foi enterrado, ontem, no cemitério do Morumbi.

Tirante o pessoal da antiga do clube, como Sergio Scarpelli e Mario Travaglini, ninguém da atual gestão compareceu para prestar as devidas homenagens.

Santos e Jabaquara enviaram representantes.

Não é um episódio isolado.

Parece realmente que a história do clube, para os atuais dirigentes, teve início em 2007, quando da eleição de Andres Sanches, e que as glorias do passado, e seus heróis, precisam ser esquecidos.

Não é por acaso que o CT do clube, em vez de homenagear ex-jogadores ou dirigentes que ajudaram a construir a grandeza alvinegra foi nomeado com o nome de um médico, aliado da gestão, que processou o clube na Justiça do Trabalho.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

14 respostas para Diretoria do Corinthians não compareceu ao enterro de Gylmar

  1. Asiatico disse:

    Como Sãopaulino sinto feliz que o nosso grande ídolo Pedro Rocha esteja recebendo pelo menos auxilio em remédios do clube que ele jogou por vários anos. Não gosto dessa diretoria, mas essa ajuda realmente foi algo bom e a família vê algo positivo nela. Pedro Rocha hoje passa por problemas, e pode ser que não passe desse ano, mas sempre lembra com carinho do SPFC, clube a qual jogou e onde hoje seu neto joga nas categoria infantis.

    Outro jogador que o SPFC deu auxilio foi o Canhoteiro que sempre teve uma vida simples. Chegou do Nordeste(Coroaté, Maranhão) e se consagrou no SP trazendo o titulo de 1957 no chamado Tarde das Garrafadas. Após a volta do México, o clube deu auxílio, deu cargo ao ídolo, pagando uma casa ao ídolo que é localizado no Morumbi, e no final pagou as despesas funerárias do José Ribamar (Canhoteiro).

    Da mesma forma foi com Edvaldo, Mestre Telê onde o clube enviou representates em seus funerais.

    Algo que muita gente não sabe é que o SPFC ajudou um jogador que nunca passou pelo clube e se chama Jorge Mendonça onde ambos Palmeiras e São Paulo auxiliaram a familia do jogador que sofria muito chegando a falecer. Mas é lógico, não estou dizendo que o Palmeiras não queria ajudar, só estou dizendo que o SP ajudou junto com o Palmeiras o craque e ídolo Jorge Mendonça.

  2. Asiatico disse:

    Não tenho conhecimento dos sites oficiais dos clubes rivais, mas acho interessante que o site oficial do São Paulo, toda vez que tem essas noticias de falecimento eles postam em primeira mão lamentando o ocorrido.

  3. Leninha disse:

    Paulinho, a pouca vergonha no futebol brasileiro é generalizada. Li agora no blog http://memorias-sonhos-reflexoes.blogspot.com.br/ que só agora a torcida está cobrando 40 milhões prometidos na campanha eleitoral vergonhosa desse tal de laor. O blog fala de outra sacanagem. O blog lá está para o Santos como o seu está para o Curintia – dedo na ferida e desmascaramento de vagabundos.

  4. MOSQUETEIRO II disse:

    Paulinho, se o Sergio Scarpelli foi no velorio, o Corinthians ta mais do que representado, é a pessoa mais atenciosa que conheci em toda minha vida.

    Paulinho: Scarpelli é um homem digno. Mas, até por isso, não faz parte dessa diretoria

  5. Peixoto-Pres.Prudente/SP disse:

    Gozado, Paulinho…..o Pelé não foi ao velório de seu companheiro de San78 s e seleção brasileira, o Gylmar, e você não fala nada…..
    Aliás, este Pelé raramente vai a velórios de seus antigos parceiros……
    Bom, se o cara não foi nem no velório de sua filha…aliás, nem a reconheceu como filha….

  6. MOSQUETEIRO II disse:

    Mas é mais Corinthiano q qualquer um deles.

  7. roberto disse:

    Essa cambada esta preocupada somente em como tirar
    dinheiro dos cofres do clube…………

    O que vocês querem de um clube que tem GAGUINHO DA
    GAVIÕES DA FIEL COMO Adjunto de Ouvidoria…..

    Quem tem ANDRE CAMPOI, como laranja do MALANDRES SANCHEZ….

    E um Presidente (sic) GOBBI, que não faz porcaria nenhuma,
    e vive deixando os cupinchas do ANDRE DA SORTE mandar
    no clube…………………….

    POBRE CORINTHIANS.,……….
    VAI AFUNDAR AINDA MAIS EM DIVIDAS

  8. Paulo Costa disse:

    Gilmar, que Deus o tenha, foi um dos maiores que já vi jogar e sempre contra meu time (SPFC). Lembro somente que depois do Corintians jogou também pelo Santos. Devia ter sido homenageado por ambos os clubes, mas o torcedorismo doentio não deixa.
    Abraços.

  9. helio silva disse:

    quem cuida de ex atleta no corinthians é o departamento cultural do honesto ferrari
    nesse departamento tambem tem dedo do capitão do mato do espanhol, o edu gaviao

  10. André Felipe disse:

    Leninha, essa cobrança não é de hoje. Que eu acompanho, estas cobranças vem desde 2012, mesmo com os títulos e Neymar no time. Inúmeras vezes a torcida foi obrigada a tirar as faixas consideradas ofensivas a diretoria, nos dias de jogos na Vila. Atitude muito democrática por parte da diretoria e dos policiais, que depois perdem o “pinico” e o torcedor que é o marginal.

    Quanto a Gilmar, grande ídolo e pelo que parece ser unanimidade, um homem maior ainda, será que cairia bem o grande SCCP estar representado pelo Andrés ? Ou por um André Negão ?

    Foi melhor assim.

  11. ROBERTO MANDROVANNI disse:

    Ninguém foi?

    Osmar Stabile
    Paulo Garcia
    Citadini
    Dualib
    Nesi
    Carla Dualib
    Andres
    Gobbi

    Paulinho: Tirando os familiares, e alguns amigos, somente os clubes, em minha opinião teriam OBRIGAÇÃO, por razões obvias, de comparecer. A CBF foi representada por Marin. Jabaquera e Santos por diretores. Dos nomes que citou acima. Apenas dois fazem parte da gestão corinthiana, Gobbi e Andres. Outro, Nesi Curi, o pai dos citados, já morreu.

  12. ROBERTO MANDROVANNI disse:

    ROBERTO MANDROVANNI Disse:
    agosto 27, 2013 às 1:54 pm
    Ninguém foi?

    Osmar Stabile
    Paulo Garcia
    Citadini
    Dualib
    Nesi
    Carla Dualib
    Andres
    Gobbi

    Paulinho: Tirando os familiares, e alguns amigos, somente os clubes, em minha opinião teriam OBRIGAÇÃO, por razões obvias, de comparecer. A CBF foi representada por Marin. Jabaquera e Santos por diretores. Dos nomes que citou acima. Apenas dois fazem parte da gestão corinthiana, Gobbi e Andres. Outro, Nesi Curi, o pai dos citados, já morreu.
    …………………

    Concordo.

    Sobre o Nesi insisto em ignorar sua morte, deve ser devido aos ótimos serviços prestados ao Coringão. Vade retro…

  13. DIRCEU-ANDRADAS/MG disse:

    É um absurdo o que faz para nosso ídolos, uma falta respeito , eu como corinthiano estou indignado com isso.

  14. Essa não dá para entender. Se lá estiveram o atual presidente, os dois últimos ex-presidentes, membros do Cori e mais uma batelada de ex-dirigentes, como alegar que a diretoria não compareceu? Queriam quem mais, Alfredo Ignácio Trindade, Vicente e Izidoro Matheus, Wadih Helou, Alfredo Schuring,…?

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.