Advertisements
Anúncios

Nota que esclarece o contado por dirigentes do SPFC

citadini-charge

Por ROQUE CITADINI

Quando o governo anunciou que o Morumbi seria o estádio da Copa em São Paulo, muita gente, que conhece o futebol, ficou assustada.

Não faltou apoio a escolha do Morumbi.

A Comissão da Copa do governo municipal e estadual (toda formada por tricolores declarados); o governo federal, com o presidente Lula à frente; o BNDES a mídia etc., tudo numa força pouco usual.

Até presidente de outros clubes foram ao Morumbi, com ministros dos Esportes e presidente da república, proclamar a escolha do estádio para abrir a Copa.

O próprio presidente do Corinthians (num erro sem precedente) compareceu a cerimônia festiva de entronização do estádio tricolor na Copa.

Mas faltava o principal.

O estádio não tinha nenhuma condição de sediar a partida inaugural do eventos de 2014.

Um projeto antigo (e com incríveis erros), com reformas meia-boca nas últimas décadas, tornavam necessária uma intervenção brutal para viabilizar o novo momento do estádio.

Quem conhece o estádio sabe que a maioria dos espectadores não conseguem ver mais que dois escanteios.

Para todos o estádio mostra péssima condição : não tem estacionamento; banheiros precários, acesso difícil sem qualquer possibilidade de mudança rápida.

O clube sabia que qualquer reforma teria que ser uma obra de alteração estrutural.

E que o clube não tinha dinheiro para fazer nada.

Nas últimas décadas a maior reforma (colocação de amortecedores) foi feita com dinheiro doado pela Federação Paulista de Futebol.

Outra pequena reforma foi efetuada (também com dinheiro alheio) quando da realização do Primeiro Campeonato do Mundo de Clubes.

Aquele da inesquecível partida de Corinthians e Real Madrid, jogo que teve o maior número de países com transmissão ao vivo, que o Brasil apresentou até hoje, em disputa de clubes.

Não faltou empenho e anúncio de preparação para a Copa de 2014 do estádio do Morumbi.

Todo dia falavam que um grupo de empresas estariam prontas para “bancar” a reforma; projetos foram divulgados; cds da reforma foram espalhados pela internet.

Tudo foi falado.

Não havia nada de ”dinheiro de empresas privadas que bancariam as obras”.

Conversas eram divulgadas e nada concluídas.

Apenas duas medidas ganharam o ar de “verdades”. Seria feito um empréstimo do BNDES e o governo federal faria uma linha do metrô até o estádio.

O empréstimo do governo federal para a obra do monotrilho foi conseguida. Era esperança dos dirigentes tricolores que a estação do Metrô construiria um grande estacionamento ao lado para servir ao estádio.

A linha – que nunca esteve nas prioridades do órgão estadual- não resolveria tudo já que seria difícil  ( para qualquer governo) construir um estacionamento enorme numa estação de pequeno movimento.

Mas o maior problema mesmo seria o empréstimo do BNDES. O clube não conseguia garantias e – sem o empréstimo- a obra não sairia do papel.

Com uma necessidade de uma reforma enorme e com a total incapacidade do clube de encontrar financiadores os Governos Federal, Estadual e Municipal foram obrigados a dobrar-se a realidade e procurar outro estádio para a abertura da Copa do Mundo.

O SPFC anunciou – à época- que as empresa privadas fariam as reformas da mesma maneira. Com Copa ou sem Copa. O que vimos é o que está ai: a cobertura anunciada prá todo ano- vem sendo adiada.

As reforma estruturais então, nem se falam mais

O estádio do Corinthians só surgiu pela incapacidade dos tricolores reformarem seu estádio para a Copa.

Uma das características dos tempos que vivemos é um permanente movimento de mudar a história. É como se o passado fosse alterável ao sabor das circunstância dos dia atuais. No caso do Morumbi, o artigo de hoje da Folha, é só mais uma tentativa de reescrever o passado. Mas é uma tentativa inútil. E uma verdade muito forte não poderá ser destruída por falsos e inverídicos argumentos.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: