Advertisements
Anúncios

Corinthians sai da Libertadores após ser assaltado pela arbitragem no Pacaembu

O Corinthians foi muito prejudicado pela péssima arbitragem de Carlos Amarilla, diria até, em linguagem do futebol, assaltado, no empate contra o Boca Juniors em um a um, que eliminou o clube da Libertadores da América.

Duas penalidades não foram assinaladas, além de dois gols mal anulados, absolutamente escandalosos.

Sofreu também com a péssima atuação de seu mediano goleiro Cassio, que, sem a sorte de 2012, voltou a jogar em seu nível verdadeiro.

Os argentinos, diferentemente do que se pensava, começaram a primeira etapa prendendo o Corinthians no campo de defesa, com bom toque de bola e marcação muito eficiente.

Riquelme regia a equipe com a maestria habitual.

Porém, aos 8 minutos, a arbitragem de Carlos Amarilla, em atuação desastrosa, começou a prejudicar o Timão quando Sheik fintou Marin com facilidade, saiu na cara do gol, e o argentino colocou a mão na bola dentro da área.

Penalidade escandalosa não marcada e cartão amarelo injusto para o atacante corinthiano.

Ainda com dificuldade em criar com a forte marcação adversária, Danilo arriscou da entrada da área, aos 16 minutos, mas a bola passou à esquerda da meta,

Aos 23 minutos, Sheik lançou Romarinho, que bateu na saída do goleiro, a bola rebateu e o próprio corinthiano empurrou para as redes.

Gol ?

Não, porque a arbitragem enxergou impedimento inexistente, prejudicando novamente a equipe de Parque São Jorge.

Para piorar a situação, um minuto depois, Riquelme fingiu que iria cruzar pela direita, percebeu Cassio adiantado e o encobriu, marcando um golaço.

Nova falha clara do arqueiro alvinegro.

Com o placar favorável, o Boca recuou de vez a equipe e passou a fechar os espaços ainda mais, enquanto o Timão, lento, pouco criava.

No contra-ataque o Boca quase marcou o segundo, aos 32 minutos, quando Riquelme, sempre ele, deixou Blande na frente de Cassio, que dessa vez defendeu bem.

E o jogo, na sequência, permaneceu enrolado até o intervalo.

Na tentativa de marcar os três gols necessários para a classificação, Tite sacou Romarinho e Alessandro, colocando Edenilson e Pato em seus lugares.

E o Corinthians foi com tudo para o ataque.

Logo aos 50 segundos, Orion fez grande defesa em batida de Danilo, dentro da área.

Aos 4 minutos, Fabio Santos cruzou pela esquerda e Paulo André, de cabeça, quase marcou.

Um minuto depois, em absoluta pressão, Sheik cruzou pela direita e Paulinho, com enorme categoria, cabeceou no contra-pé de Orion para empatar.

A esperança renascia.

Guerrero fez grande jogada, aos seis minutos, dividiu com o goleiro e a bola saiu por cima da meta.

O Corinthians, empurrado pela sua empolgante torcida, voltou para o segundo tempo alucinado e corajoso, no Pacaembu.

Aos 9 minutos, Cassio, desatento, assustou o torcedor quase entregando de novo, em batida fraca de Blande.

Quatro minutos depois, Riquelme bateu, Cassio rebateu, em nova falha, e Blande perdeu gol incrível na pequena área.

Na sequencia , Ralf levantou de três dedos para Paulinho, que dividiu com o goleiro e a bola foi para escanteio.

Após a cobrança, a bola foi rebatida na área e sobrou para Paulinho, que fez o gol, novamente mal anulado pela arbitragem, que marcou impedimento absurdo, com jogador dando condição na cara do auxiliar.

Na reclamação, Paulinho, injustamente, também foi amarelado.

Riquelme, extenuado, saiu aos 22 minutos, dando lugar a Viatri, deixando o Boca sem seu principal jogador.

Passados 25 minutos, o ritmo do Corinthians, embora ainda no ataque, diminuiu, enquanto o Boca conseguiu, de maneira competente, amarrar o jogo.

Douglas entrou no lugar de Danilo, aos 28 minutos.

Pato perdeu gol impossível, aos 30 minutos, tropeçando na bola quase em cima da linha, após receber assistência de Guerrero.

Seis minutos depois, Sheik foi empurrado dentro da área, em nova penalidade não marcada pelo árbitro.

Um escândalo !

No final, ficou a indignação de uma equipe que poderia ter chegado bem mais longe no torneio, de fato, não jogou como no ano passado, mas foi muito prejudicado por uma arbitragem muito ruim, para não dizer suspeita.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: