Advertisements
Anúncios

Governo de Brasília corta o “apêndice” para se dizer transparente

O Governador de Brasília, Agnelo Queiroz (PT), nem deu bola para o fato da PM de seu estado ter comprado mais de R$ 5 milhões em capas de chuva, a preços três vezes maiores do que os de mercado.

Assim como noutros casos, alguns até em que participa como investigado.

Bastou a mídia descobrir e noticiar a flagrante irregularidade para tudo mudar.

Agnelo, com a “esperteza” habitual, selecionou o culpado que lhe traria menos problemas políticos, conclamando a imprensa antes de demiti-lo.

Procedimento igual a retirada de um apêndice, que incomoda o corpo, mas não faz a menor falta se removido.

Na sequencia, postou em mídias sociais do Governo: “Transparência, essa é nossa bandeira”.

Sua passagem pelo Ministério do Esporte e amizade com mensaleiros indicam bem a veracidade da informação.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

5 comentários sobre “Governo de Brasília corta o “apêndice” para se dizer transparente

  1. Paulinho porque vc só fala mal do PT, tenta encontrar nos seus onformantes mais astutos algum problema nas admnistrações tucanas e etc….

    Tá parecendo que vc está com uma raiva enorme, será que queria algo e não foi atendido….?

  2. A imprensa marrom é assim, uma licitação do PSDB/DEM pois quem fez a licitação foi o ARRUDA, aquele mesmo, que era senador do PSDB e depois foi para o DEM, antigo PFL. Uma licitação de 2010. A imprensa do Brasil deveria ser investigada que nem a inglesa. Nossa acho que todos os donos de empresas de mídia, iriam fugir do Brasil no dia seguinte.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: