Advertisements
Anúncios

São Paulo é condenado por atitude “ilícita” contra dono de cativas do Morumbi

Eram 20h30m do dia 12 de dezembro de 2012, quando o advogado Walter Ferrari Nicodemo Junior chegou ao estádio do Morumbi, acompanhado de seu parente, Maurício, para adquirir dois ingressos para suas cadeiras cativas, referentes à final da Copa Sul-Americana, que teria início às 22h.

Após mais de uma hora na fila foi comunicado que não haviam mais ingressos para o setor do qual, por contrato, tem prioridade de compra.

Indignado, ingressou com processo de reparação moral contra o São Paulo.

O Tricolor se defendeu sem negar o ocorrido, alegando apenas que o torcedor não sofreu “dano moral” e sim “estresse” por não ter conseguido assistir ao jogo.

Puro descaso.

Com a vitória, Nicodemo, que havia pedido R$ 27 mil, terá direito a receber R$ 4 mil, (R$ 2 mil por ingresso), a título de indenização moral.

Na sentença, o vexame tricolor foi ainda maior, com sua atitude sendo descrita no processo como “ilícita” para com o reclamente.

Confira abaixo trecho da sentença:

“(…) O réu (SPFC) limitou-se a afirmar que os autores não sofreram dano causado por ele, mas mero estresse, o que é esperado numa final de campeonato.

Ademais, afirma o réu que promoveu evento organizado, uma vez que respeitou a capacidade de lotação do Estádio permitida pelo Corpo de Bombeiros, conforme documentos de fls. 48 e 49.

No entanto, o réu nem ao menos mencionou o fato alegado na exordial de que os autores, bem como outros proprietários de cadeira cativa, foram impedidos de adquirir os ingressos relativos às suas cadeiras.

O réu não provou nos autos desta demanda que agiu da maneira devida, vendendo ingressos de cadeira cativa somente aos seus titulares.

Ademais, nada mencionou a respeito do fato de abrir os portões a torcedores que não haviam adquirido ingresso e de permitir que esses adentrassem o Estádio, bem como nada mencionou sobre a concentração de pessoas nos corredores de acesso às cadeiras cativas das quais o autor Walter é proprietário.

Não tendo o réu comprovado que permitiu que o autor Walter adquirisse para si os ingressos à que tem direito por ser proprietário de cadeira cativa, assumo como verdadeira a alegação dos autores de que tiveram direito líquido e certo violado e tal violação pelo réu ocasionou-lhe danos morais, já que foram impedidos de assistir o jogo de seu time na final da Copa Sul-Americana.

Os autores sofreram danos em razão da conduta ilícita do réu ao não disponibilizar aos autores os ingressos do jogo para compra que eles tinham direito.

Não há dúvidas de que o ato do réu gerou aos autores não somente estresse, mas também dor e angústia ao terem suas legítimas expectativas frustradas, ainda mais diante da notícia de que chegaram com antecedência ao estádio.

Não se pode falar em mero aborrecimento ou apenas dissabor do quotidiano.

Assim, fixo a indenização no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para cada um.

Ante o exposto, JULGO PARCIALMENTE PROCEDENTE a pretensão inicial para CONDENAR o réu a pagar aos autores, a título de danos morais, a quantia de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para cada um dos autores, com correção monetária pela Tabela Prática do TJ/SP desde a sentença e juros de mora de 1% (um por cento) ao mês, a partir da mesma data.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

30 comentários sobre “São Paulo é condenado por atitude “ilícita” contra dono de cativas do Morumbi

  1. Sras e Srs, preparen-se para as diversas ladainhas que serao postadas no blog pelos sempre defensores do clube mais sujo do Planeta.

  2. Como venho dizendo a muito tempo, o fim desse trambolho, está proximo….

    Ninguém precisa fazer nada…sozinho ele está se acabando,apesar do Andrés Sanches ter dado um empurrão !!!

    Novas ARENAS…novos TEMPOS…..aguardem,está proximo !!!

    Para o conforto e comodidade dos torcedores.

  3. BASTA de ex-tadios MEDIOCRES !!!

    O TRAMBOLHÃO do morumbi é o pior deles !!!!

  4. Soui sãopaulino mas a decisão foi perfeita.. o que é certo é certo. tem o direito de receber. Parabénds pela matéria Paulinho.

  5. Paulinho, desculpe-me, mas você hiperbolizou o sentido de ilícito em seu texto para dar um ideia de que o SPFC cometeu algum delito, o que não é o caso. O conceito de ato ilícito significa pura e simplesmente a transgressão de uma norma. Por exemplo: estacionar em local proibido é um ato ilícito. No caso do SPFC, ele transgrediu uma norma contratual, comentendo um ilícito contratual, razão pela qual a Justiça corretamente o condenou à indenização. Não há problema algum em noticiar o feito, até porque é seu papel e está correto, mas você deve ser bem mais cuidadoso com o que escreve, pois pode dar margens à ofensas injustas contra o time.

    Paulinho: Caro Pedro, o “ilícito” são palavras do Juíz, razão pela qual foram colocadas entre “aspas” no título. E, convenhamos, ilicito é ilicito, seja de pouca proporção ou de grande. Cabe a quem ler o texto julgar a gravidade ou não do assunto.

  6. Sou São Paulino, mas acho correto a aplicação da pena. Consumidor não pode ser tratado como idiota. Bem feito.

  7. Corretissima a aplicação.

    SPFC deve respeitar seus torcedores.

    Não deve fazer igual o Curica, que coloca banheiro químico, e o Palmeiras que…..ops, o Palmeiras nem torcida tem kkkkkkkkkkkkk

  8. Correta a decisão.
    Pra variar, os dois recalcados já comentaram aqui. Que complexo de inferioridade!

  9. Mosqueteiro,

    Pegando só as notícias aqui do blog destes 10 dias de abril, essa é a única notícia negativa sobre o SPFC. Enqto isso, no mesmo período, veja a lista sobre o seu clube abaixo e me diga quem é efetivamente o clube mais sujo, lembrando que essa proporção (11 pra 1) é equivalente há anos.

    “Bolivianos no Brasil estão sendo ameaçados para intercederem à favor da soltura dos “12 apóstolos” de Oruro”

    “Vereador escancara “acerto” para Corinthians retomar terreno do “Fielzão” que já havia perdido por descumpri a Lei”

    “Diretor Cultural do Corinthians estaria cobrando “taxinha” por evento”

    “Lei do PT sobressai sobre a da Prefeitura para beneficiar o Corinthians”

    “Carlos Leite escancara, novamente, promiscuidade com o Corinthians”

    “Prefeitura facilita liberação de dinheiro público para o Corinthians”

    ““Apóstolos” dos Gaviões confirmaram à Justiça boliviana que receberam dinheiro do Corinthians”

    “Neto já se acertou com ex-desafeto corinthiano”

    “Lateral da Seleção Brasileira insinua “esquema” na categoria de base do Corinthians”

    “Corinthians tenta “malandragem” jurídica, se dá mal, e terá que pagar conta de água à SABESP”

    “Caso CAIXA: Corinthians punirá torcedores pela própria incompetência”

  10. mosqueteiro sou tricolor mas sei que meu time faz merda e que ta na situaçao que ta é exatamente por isso mas seu time nao é exemplo pra nenhuma agremiaçao alias me diga qual time ate entre os grandes que nao esta envolvido em conluio ou maracutaia

  11. Ta certo.. errou tem que pagar…

    Trambolhão???? o estadio que mais da lucro no Brasil… mais de 20 Mi por ano…
    Qual é bom então.. o Parque São Jorge ou o Palestra?
    Os caras nem tem estadio…

  12. fred, estou com vc…finalmente estamos falando a mesma lingua, nenhum clube é exemplo a ser seguido, todos sao farinha do mesmo saco

  13. O gado brasileiro é bem tratado.
    Já o cidadão tem a cadira cativa e é tratado como estressado pela diretoria do clube que ele gosta…
    Vamos Brasil… coisa linda isso aqui…

  14. A grande verdade, é que no SPFC existem duas realidades distintas:
    A primeira, é a do torcedor de periferia, que compra camisas, paga ingresso, faz longas e cansativas viagens atrás do time.

    A outra, é o clube em si e sua diretoria, que se julgam a elite zona sul e jamais irão permitir que um torcedor tenha acesso a sua sede social, por terem “nojo de pobre”.
    Esses tem ingressos gratuitos, viagens de avião e só vão em jogos da Libertadores.

  15. Se o SPFC errou tem que pagar, ta certo.
    Qto ao morumbi. Ta muito melhor que varias pseudo “Arenas” ditas modernas.
    Tenho certeza que o Itravécão vai ter mais problemas que o velho e historico morumbi.

  16. Sou São Paulino… Mas concordo que, o São Paulo deva pagar indenização, sim! Sacanagem fazer isso com o torcedor.

    Agora pensem… Isso jamais aconteceria no estádio do Curintias…
    Mesmo porque, eles não tem estádio! kkkkkkkkkkk

  17. Errou tem que pagar, denominamos isso justiça, mas não pode ficar só em assuntos de menor expressão, vamos punir também um caminhão de bandalheiras que estão ocorrendo no país.

  18. Parabéns aos torcedores que foram lesados pela coragem, mas eles que se preparem, pois vão sofrer retaliações ABERRANTES.

    Vão penar nas mãos do “7 CHAVES DO MORUMBI”, infelizmente!!!

    Aos poucos, mas vão surgindo!!!!

    Uma aqui, outra ali uma hora vem as milhares de outras!!!!

  19. CORRETÍSSIMO o que o torcedor fez!!
    não vamos passar a mão na cabeça pq é o nosso clube

  20. Meu comentario no inicio deu resultado, inibiu o xororo das meninas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  21. Marcelo Disse:
    abril 10, 2013 às 11:15 am

    Ta certo.. errou tem que pagar…

    Trambolhão???? o estadio que mais da lucro no Brasil… mais de 20 Mi por ano…

    ________________________

    Corrigindo, hoje o Morumbi rende aos cofres do São Paulo R$45milhões por ano. E a tendência é aumentar as receitas com a reforma e construção da arena 25, além dos novos camarotes.

    É disparado o estádio que mais dá lucro a um clube de futebol no Brasil. E o melhor, sem ter que dividir as receitas com construtoras como ocorrerá em outras arenas, caso do Palmeiras e Grêmio, e certamente do ISENTÃO.

    Essa é uma vantagem fantástica para o São Paulo, cujo estádio, repito, caminha a passos largos para sua modernização.

    Aos antis invejosos, restam as mesmas bravatas de sempre, por pura ignorância e recalque.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: