Advertisements

Vereador escancara “acerto” para Corinthians retomar terreno do “Fielzão” que já havia perdido por descumpri a Lei

Numa reunião da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente do município de São Paulo, discutia-se sobre conceder ou não terreno da Prefeitura a um determinado investidor.

E, principalmente, em caso de concessão que metodologia deveria ser adotada para evitar possíveis golpes contra a cidade.

O vereador Paulo Frange (PTB), ao exigir rigidez na conduta do processo, em meio a seu discurso, citou o Corinthians como exemplo a não ser seguido de concessão.

Escancarou ainda acerto de R$ 10 milhões para que o clube pudesse obter de volta o terreno de Itaquera, que havia sido tomado por descumprimento da Lei nº 18.622, datada de 09 de setembro de 1988, que lhe havia retirado a concessão.

Confira abaixo:

“(…) nesta Casa, na CPI em que trabalhamos em 2012, presidida pelo nobre Vereador Arselino Tatto, havia a mesma coisa para o Corinthians, lá em Itaquera: havia prazo de 10 anos para iniciar e entregar pronto o estádio, na década de 80.

Não cumpriu.

Veio aqui o Presidente (Andres Sanches), não cumpriu em nada.

Eles descumpriram e instalaram ainda um estacionamento pago naquele local.

Não pode.

E nós, integrantes da Comissão, entregamos ao Prefeito e ao Procurador Marrey.

Tomaram a área do Corinthians.

Ficou no Ministério Público por muitos anos.

Só hoje há o estádio lá, porque foi feito um Termo de Ajuste de Conduta e o Corinthians foi multado e pagou 10 milhões por ter descumprido as cláusulas da lei de concessão, e aquele terreno foi retomado.”

Advertisements

Facebook Comments

12 Responses to “Vereador escancara “acerto” para Corinthians retomar terreno do “Fielzão” que já havia perdido por descumpri a Lei”

  1. Sergio Says:

    Se descumpriu a lei de concessão, pagou a multa para retomada do terreno e está construindo, o que está errado? E pelo que sei, as categoria de base treinavam lá e esse negócio de estacionamento é mentira! Tinha estacionamento pra quem? no meio do nada?Quanta groselha!

    Paulinho: O estacionamento trata-se de outra irregularidade, em terreno concedido pela Prefeitura ao Corinthians, em frente ao Parque São Jorge. O Vereador juntou os episódios, ambos irregulares, no discurso

  2. Lampião Says:

    Eita curica, racinha viu!!! Gentalha!

    Abaixo os curicanos defenderão esse clube imundo, com a mesma ladainha de que o terreno não é publico, não tem $$$ publico etc etc etc

    Torcida PINOQUIOS da Fiel!!!

  3. Claudio Maia Says:

    Este vereador deve ser do mesmo naipe, do Aurelio Miguel, tutti buona gente.

  4. Helvio Says:

    Temo pela vida desse vereador.

  5. Ricardum Says:

    As travécas assassinas dominaram a politica paulista e brasileira.
    Uma vergonha absurda

  6. Alex Franco Says:

    70 % PRONTO !!!!!!!!!!!

  7. André Luiz Says:

    Tá tudo muito facil pra esse clube…

  8. Sérgio Says:

    Aqueles que se acham lesados, podem entrar com uma ação no MP, principalmente ” nós ” que pagamos impostos. só to esperando o estádio chegar a 100% .

  9. fred Says:

    paguem seus impostos em dia hahahahaha cade aquele tonto q so sabe falar isso

  10. EU - ABSOLUTIS VERITAS Says:

    O estacionamento foi muita safadeza!!

    Acho que tem que devolver esta área do estacionamento.

    Mas, política e futebol separados são um lixo, juntos viram LIXÃO!!!!

  11. Renato Says:

    Hum…nenhum comentário hipócrita em defesa do timinho small??
    Já sei pq, não tem nem como, né?
    A cada dia que passa a merda do corintias fede um pouco mais…até quando irão aguentar fazer parte desse lixão?

  12. Rafael Says:

    Sempre fico me perguntando: Será que, no eventual milagroso dia em que a Justiça alcançar o Corínthians para a felicidade geral da nação descente, o clube ainda vai existir?

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: