Advertisements
Anúncios

Vereador escancara “acerto” para Corinthians retomar terreno do “Fielzão” que já havia perdido por descumpri a Lei

Numa reunião da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente do município de São Paulo, discutia-se sobre conceder ou não terreno da Prefeitura a um determinado investidor.

E, principalmente, em caso de concessão que metodologia deveria ser adotada para evitar possíveis golpes contra a cidade.

O vereador Paulo Frange (PTB), ao exigir rigidez na conduta do processo, em meio a seu discurso, citou o Corinthians como exemplo a não ser seguido de concessão.

Escancarou ainda acerto de R$ 10 milhões para que o clube pudesse obter de volta o terreno de Itaquera, que havia sido tomado por descumprimento da Lei nº 18.622, datada de 09 de setembro de 1988, que lhe havia retirado a concessão.

Confira abaixo:

“(…) nesta Casa, na CPI em que trabalhamos em 2012, presidida pelo nobre Vereador Arselino Tatto, havia a mesma coisa para o Corinthians, lá em Itaquera: havia prazo de 10 anos para iniciar e entregar pronto o estádio, na década de 80.

Não cumpriu.

Veio aqui o Presidente (Andres Sanches), não cumpriu em nada.

Eles descumpriram e instalaram ainda um estacionamento pago naquele local.

Não pode.

E nós, integrantes da Comissão, entregamos ao Prefeito e ao Procurador Marrey.

Tomaram a área do Corinthians.

Ficou no Ministério Público por muitos anos.

Só hoje há o estádio lá, porque foi feito um Termo de Ajuste de Conduta e o Corinthians foi multado e pagou 10 milhões por ter descumprido as cláusulas da lei de concessão, e aquele terreno foi retomado.”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: