Advertisements
Anúncios

Corinthians vence São Paulo, de virada, em partida polêmica no Morumbi

Merecia mais público a vitória do Corinthians contra o São Paulo, por dois a um, no combalido paulistinha.

Os poucos pagantes tiveram a oportunidade de assistir uma rara boa partida do torneio.

Ganso, para a alegria de todos, jogou bem e com boa intensidade, ditando o ritmo do Tricolor.

Rogério Ceni, ao contrário, foi muito mal.

Pelo Corinthians o melhor foi Danilo, sempre decisivo em disputas importantes.

Tivemos absoluto equilíbrio numa primeira etapa bem disputada, em que as equipes se alternaram nos bons momentos.

Logo aos 4 minutos, Osvaldo arrancou pela esquerda e rolou a bola para Jadson bater cruzado e abrir o marcador.

O Corinthians não se intimidou e, aos 8 minutos, Sheik arriscou do meio e Rogerio Ceni defendeu bem.

Aos 13 minutos foi a vez de Luis Fabiano passar por Fabio Santos e bater, com perigo, à esquerda de Cassio.

Dois minutos depois, em batida de falta de Paulinho, a bola resvalou em Danilo e quase enganou Ceni, que defendeu no meio.

Luis Fabiano novamente voltou a levar perigo para o Timão aos 28 minutos, quando recebeu de Osvaldo e bateu, de primeira, para boa intervenção de Cassio.

O empate do Corinthians aconteceu ao 41 minutos, por sinal, um golaço.

Danilo recebeu na esquerda, cortou para dentro da área e bateu, como enome perfeição, no ângulo esquerdo de Rogerio Ceni.

Indefensável !

O segundo tempo começou na mesma empolgação, mas com o São Paulo, no ritmo de Ganso, buscando mais o ataque.

Aos 2 minutos, Osvaldo entrou bem pelo meio, mas Cassio defendeu.

Pato entrou no lugar de Guerrero, aos 15 minutos, na tentativa de acordar o time do Corinthians que estava, até então, apenas se defendendo.

Por pouco não deu certo, um minuto depois, quando Pato desviou a bola para a área e Rogério Ceni tentando afastar com os pés, na frente de Paulinho, deu uma furada histórica, que, para sua sorte, teve tempo de recuperar.

E o jogo voltou a ficar equilibrado.

Aos 29 minutos, Paulo Miranda cruzou pela direita e Jadson, de primeira, bateu para fora.

Três minutos depois, a zaga do São Paulo bateu cabeça, Rogerio Ceni tentou aliviar para frente e acertou o pé de Pato, que foi mais rápido.

Pênalti marcado.

Depois de muita reclamação, aos 37 minutos, Pato bateu com categoria e desempatou.

Daí por diante, o Tricolor tentou pressionar, mas o Timão, tarimbado, soube segurar o marcador.

No final, em partida que as equipes se equivaleram tecnicamente, o Corinthians soube aproveitar melhor os erros do adversário, saindo com o três pontos, que, mesmo num campeonato sem importância, não deixam de ser estimulantes para o compromisso contra o Milionários pela Libertadores.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: