Advertisements

Advogado que desviou dinheiro do Palmeiras tentou travar ação de ressarcimento na Justiça e se complicou ainda mais

O advogado Pedro Renzo, sócio do conselheiro Antonio Corcione (foto), que prestava serviço particular ao ex-presidente Arnaldo Tirone, desviou a quantia de R$ 290 mil dos cofres palestrinos.

Utilizou-se para isso de sua conta particular, em que depositou a quantia recebida de um dos processos assistidos, repassando posteriormente com o citado desfalque.

O Palmeiras, então, ingressou com ação de ressarcimento do valor que, corrigido, ultrapassa R$ 358 mil.

Tentando ser mais esperto do que a esperteza, Renzo ingressou com processo tentando desqualificar o pleito palestrino, apresentando o que dizia ser “provas” de que havia repassado a quantia devida ao clube.

O vexame foi maior.

Agora, além da fama de desviador de dinheiro, terá que amargar a de utilizador de documentos falsificados, se é que não foi o autor dos próprios.

O Palmeiras provou que a carta apresentada ao Clube em 18/07/2011, que Renzo reapresentou na Justiça para se defender, em que o próprio e o conselheiro Corcione, seu sócio, afirmam ter pago a quantia de R$ 260.000,00 ao clube era falsa.

Surgiu quase um ano após o levantamento judicial realizado pelo próprio advogado.

Além disso, só foi autenticada em 11/06/2011.

Depois, o valor referido na carta não ingressou no departamento financeiro do Palmeiras, o que gerou a instauração de comissão de fiscalização para ouvir Pedro Renzo, Corcione e Francisco Busico, que era Diretor Financeiro na época, que afirmou jamais ter assinado nenhum recibo no valor de R$ 260 mil.

Comprovou-se ainda que outro documento, um recibo de R$ 30 mil, passado pelo advogado Roberto Felisone e datado de 28/07/2011, também era falso.

Até porque este advogado sequer atuou no processo.

Por motivos óbvios, a ação de cobrança do Palmeiras terá prosseguimento, porém, fica difícil entender porque até hoje o clube, com tantas evidências, agora comprovadas judicialmente, não ingressou com denúncia criminal contra o acusado, ou os acusados.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: