Advertisements

Palmeiras estreia com vitória na Libertadores

Jogando um futebol apenas razoável, tropeçando no nervosismo, o Palmeiras encontrou dificuldades para bater a fraca equipe do Sporting Cristal, por dois a um.

Adversário que disputou nove partidas contra equipes brasileiras, aqui no país, em toda a sua história, e perdeu todas.

A primeira etapa foi disputada por duas equipes que demonstraram muito mais vontade do que técnica, em que o Verdão buscava atacar mais, enquanto os peruanos apenas se plantavam, contando com a ineficiência técnica dos donos da casa.

Tirando um lance de Patrick Vieira, aos 5 minutos, que entrou na área, pela direita, e bateu com perigo à direita do gol, pouca coisa há para ser relatada.

Até que, aos 39 minutos, Henrique aproveitou-se de uma cobrança de escanteio pela direita e, numa tijolada de cabeça abriu o marcador.

Empolgado, o Palmeiras criou ainda três boas chances nos minutos finais, todas saídas dos pés de Souza.

No segundo tempo, logo aos dois minutos, Vilson bateu bem de fora da área, para defesa ainda melhor do goleiro peruano.

Mas, aos 5 minutos, Marcelo Oliveira, de maneira infantil, derrubou Lobaton dentro da área, em lance de nenhum perigo, e cometeu pênalti.

Um minuto depois, o próprio Lobaton bateu com força, do lado esquerdo, empatando a partida.

O Sporting começou daí por diante a parar o jogo como podia, enquanto o Palmeiras, com os nervos a flor da pele, corria em busca do gol da vitória.

Nem sempre com inteligência.

Com o passar do tempo, a partida foi se equilibrando, deixando o torcedor palestrino cada vez mais apreensivo.

Sofrimento que foi amenizado aos 22 minutos, quando Patrick Vieira, na pequena área, encheu o pé e colocou o Verdão novamente em vantagem.

O gol acalmou o Palmeiras no gramado, que passou a jogar melhor e conseguiu, entre um contra-ataque e outro, segurar o marcador.

Embora, nos últimos minutos, não fosse por duas defesas de Fernando Prass e os peruanos teriam calado novamente o Pacaembu.

Após o apito final, o resultado positivo na estreia de um torneio tão difícil como é a Libertadores, serve para dar confiança a uma equipe que, de todos os brasileiros, é a mais desacreditada.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: