Advertisements

R$ 4,3 milhões de Mano Menezes são pura gorjeta

Eleições corinthianas: dinheiro do clube na campanha de Mario Gobbi

Muita gente ficou alarmada ao descobrir que a rescisão trabalhista do treinador Mano Menezes custou R$ 4,3 milhões à CBF, proporcionais ao salário de pouco mais de R$ 500 mil mensais que recebia da entidade.

Dinheiro de gorjeta se comparado ao lucro obtido pelo próprio, associado à Andres Sanches e ao empresário Carlos Leite no exercício de suas funções na Seleção Brasileira.

Somente para convocar jogadores do Shakhtar Donetsk, segundo ótima fonte, o treinador teria recebido US$ 3 milhões, em acordo firmado na Inglaterra com o empresário Franck Henouda.

E não foi apenas esse negócio realizado pelo grupo na CBF.

Convocações comercializadas abertamente, que geraram receitas bilionárias em negociações posteriores e comissões evidentemente suntuosas ao grupo que coordenava os acontecimentos.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: