Mané “camelô”: conselheiro do Corinthians confirma ter vendido camisa do clube no Japão

mane da carne chapeu

Não contente em viajar ao Japão às custas do Corinthians, o conselheiro do clube, Manoel Ramos Evangelista, o sempre vulgo Mané da Carne (ou das cargas), tratou de ganhar uns trocadinhos revendendo camisas autografadas do Corinthians no local.

Detalhe: por US$ 100.

Preço baixo do que é cobrado em muitas lojas de artigos esportivos brasileiras.

Ou seja, pegava de graça, segundo informações, patrimônio do clube cedido pela Nike, por contrato, e revendia sem devolver nada aos caixas alvinegros, apenas preenchendo seus combalidos bolsos.

Errou o conselheiro citado e também quem lhe forneceu o material, que pertencia ao Corinthians.

Normalmente, essas camisas ficam sob custódia do departamento de marketing, que levou seis integrantes ao Japão, aparentemente sem muita função, embora, pelo que se observa nessa história, podem ter participado também da partilha da venda de equipamentos alvinegros no Oriente.

Ontem, após chegar ao Brasil, o conselheiro Mané da Carne respondeu à matéria do “Blog do Paulinho”, que tratou de escancarar o esquema:

“US$ 100  foi barato. Na Loja “Poderoso Timão”, sem autógrafo, uma camisa branca, sem número, nome, símbolo da Libertadores, custa  US$ 130.

Com tudo o que descrevi, o custo vai para US$ 180.

Que pecado cometi ?

Não roubei, não fiz mal a ninguém, nem burlei o clube…

Só ficou a marca “Corinthians” na vestimenta dos japoneses.

Morra de inveja, seu incompetente !

Gostaria de estar no meu lugar.”

Após essa declaração, praticamente uma confissão de culpa, além de demonstração absoluta da distorção de procedimentos éticos e morais, creio ser desnecessária qualquer análise.

Pobre do Corinthians, que tem gente de bem, como seu treinador e também os atletas, trabalhadores dedicados, que servem, involuntariamente, para a manutenção da nata da incompetência e pouca vergonha no comando do clube de Parque São Jorge, que, espertamente, deles se aproveitam.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.