Sofrido, mas o Corinthians disputará a final do Mundial de Clubes da FIFA

O Corinthians sofreu, mas venceu o Al Ahli, pela semifinal do Mundial de Clubes da FIFA, por um a zero, e está classificado para a finalíssima, no próximo domingo, contra o vencedor de Chelsea e Monterrey.

Fez um primeiro tempo tranquilo, porém, na segunda etapa, a pressão adversária foi tão grande que chegou a ser agoniante.

Destaque para a Fiel Torcida, que transformou Toyota na casa do Corinthians no Japão, e não parou de incentivar um minuto sequer.

O Timão dominou amplamente a etapa inicial, enfrentando a retranca dos egípcios com muita calma e inteligência.

Danilo e Douglas, com enorme categoria, ditavam o ritmo do jogo.

A primeira boa jogada do Corinthians aconteceu com Douglas, aos 9 minutos, pegando rebote de primeira, da entrada da área, mas a bola saiu à direita do gol.

Um minuto depois, a defesa do Corinthians parou em cobrança de falta de Soliman, e Rábia, sozinho, quase fez o gol do Al Ahli, em cabeçada que passou à esquerda de Cassio.

Aos 29 minutos, enfim, o Corinthians conseguiu furar a boa defesa adversária, quando Douglas, pela esquerda, levantou de três dedos na área para Guerrero, de cabeça, abrir o marcador.

O estádio de Toyota, que mais parecia o Pacaembu, quase veio abaixo.

Depois da abertura da contagem, o Al Ahli tentou sair um pouco mais para o ataque, mas nada conseguiu criar frente a já conhecida eficiência do setor defensivo alvinegro.

Porém, no segundo tempo, tudo mudou.

O Al Ahli partiu com tudo para cima, jogou o tempo todo no campo de ataque, e o Corinthians, inexplicavelmente, apenas se defendeu.

Aos 17 minutos, Rabia acertou boa batida de fora da área, mas a bola passou à esquerda de Cassio.

Quatro minutos depois, Fathi entrou sozinho na cara de Cassio, mas bateu para fora.

Aboutrika, aos 27 minutos, arriscou, mas a  bola desviou na zaga alvinegra e foi para escanteio.

Numa rara jogada de contra-ataque do Corinthians, um minuto depois, Guerrero girou na área, serviu a Paulinho que bateu cruzado, com a bola sendo afastada pela defesa adversária.

Tentando evitar a enorme pressão dos egípcios, Tite tirou Sheik para colocar o aniversariante Romarinho e Douglas colocando Jorge Henrique.

Mas não adiantou muito e o Al AHli foi ainda mais para frente, tornando a partida absolutamente emocionante.

Aos 37 minutos, o bom Soliman fintou Alessandro por entre as pernas e bateu por cima do gol de Cassio.

Para segurar o resultado, aos 47 minutos, Guerrero saiu dando lugar a Guilherme Andrade.

No final, após o apito da arbitragem, mesmo no sufoco, o resultado que o torcedor corinthiano esperava estava confirmado.

O Corinthians, após 12 anos, tentará ser campeão mundial pela segunda vez, no mesmo estádio em que a Seleção Brasileira conquistou a Copa do Mundo de 2002.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.