Palmeiras agoniza e pode cair ainda hoje

Com um gol de Vagner Love aos 44 minutos do segundo tempo, o Flamengo empatou com o Palmeiras em um a um, que agoniza no Brasileirão, com possibilidade se ser oficialmente rebaixado nas próximas horas.

Para que isso aconteça, basta a Lusa empatar com o Grêmio, no Canindé, em jogo que se inicia dentro de instantes.

Tivemos uma primeira etapa arrastada, de absoluta ineficiência técnica de ambas as partes, embora o Palmeiras, do jeito que dava, buscasse um pouco mais o ataque.

De prático, conseguiu apenas um chute da intermediária, com Tiago Real, que passou à direita do gol com relativo perigo.

A melhor chance, porém, foi do Flamengo, quando Vagner Love recebeu a bola quase na marca do pênalti, mas bateu mal, por cima da meta.

Muito pouco para um Palmeiras que precisava desesperadamente da vitória.

O Flamengo voltou atacando mais no segundo tempo, embora carecendo ainda de criatividade.

Porém, aos 12 minutos, Barcos arrancou pela esquerda, entrou na área e foi derrubado, em penalidade que a arbitragem, mal colocada, não marcou.

O desespero se transformou em alegria, cinco minutos depois, quando Vinicius arriscou batida da meia-esquerda e o goleiro do Flamengo aceitou.

A marcação do gol abriu ainda mais o jogo, com o Palmeiras mais perigoso nos contra-ataques.

E foi nos pés de Maikon Leite que duas oportunidades incríveis foram perdidas, uma delas, aos 35 minutos, inacreditável.

As coisas pareciam ficar ainda mais fáceis para o Verdão segurar, ao menos, o marcador, quando Paulo Sergio acertou cotovelada em Roman e foi corretamente expulso.

Porém, aos 44 minutos, Vagner Love foi lançado pela esquerda, invadiu a área, bateu cruzado, a bola desviou em Roman, e parou no fundo da rede.

Incrédulos e desesperados, a torcida palmeirense assistia ao pé que tirou o clube da segunda divisão em 2003 praticamente recoloca-lo em 2012.

Ironia do destino.

A agonia não deve durar muito mais, talvez algumas horas, ou quem sabe, mais uma rodada, mas já é certo que o Palmeiras estará no ano que vem num lugar indigno de sua gloriosa história.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.