Advertisements

Confusão e truculência em festa no Parque São Jorge

Ontem, durante a inauguração da “obras” capitaneadas pelo vice-presidente do Corinthians, Elie Werdo, no Parque São Jorge, entre elas a importantíssima “Fonte das Pombas”, a custo desproporcional do que o apresentado, o clube ferveu.

Werdo que, por sinal, enfrenta problemas judiciais por uma mal explicada transação de imoveis, em Atibaia.

Novamente o associado, que paga mensalidade, foi desrespeitado com a abertura gratuita de portões à facção criminosa Gaviões da Fiel.

A bandidagem pintou e bordou dentro do clube, insultando famílias e arrumando muita confusão.

Por exemplo, o associado Claudio Romero, conhecido como “Vila Maria”, ligado à Camisa 12, por pouco não foi agredido por essa gente, no exercício de seu direito de ir e vir no local em que paga para estar.

Outras discussões fortes ocorreram, e por pouco não levaram seus partícipes às “vias de fato”, entre elas uma envolvendo o ex-coordenador da base, Antônio Cravero, indignado com a atual gestão do departamento, a pior de todos os tempos.

No fim, o que deveria ser uma festa do associado, tornou-se propaganda política do atual grupo que está no poder, cercado pelos jagunços da “organizada”, evitando assim, com a “democracia” já conhecida de todos, que opiniões contrárias fossem difundidas no Parque São Jorge.

Mais “renovação e transparência” impossível.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: