São Paulo pede execução de R$ 50 mil para morador do Morumbi

Na interminável luta judicial entre o presidente do Movimento Morumbi Total, Sergio Santoro, e o São Paulo Futebol Clube, um novo capítulo deve ser escrito nos próximos dias.

Alguns meses atrás a Justiça decidiu que Santoro não poderia mais falar sobre o Tricolor, nem mencionar os processos entre as partes publicamente, sob pena de multa no valor de R$ 50 mil a cada citação.

Eis que, na semana passada, deu entrada no fórum do Butantã o primeiro pedido de execução do clube contra o presidente da ONG.

O São Paulo alega que Santoro infringiu o acordo após ter um desabafo publicado nesse espaço, em julho deste mesmo ano.

Nos próximos dias seus defensores jurídicos devem enviar a argumentação no intuito de desqualificar a denuncia, evitando assim o pagamento pela suposta infração.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.