Advertisements

A “fazenda” do PT a serviço de Corinthians e Odebrecht

A participação do Ministro da Fazenda, Guido Mantega, em reuniões para beneficiar financeiramente os construtores do estádio “Fielzão” é mais um episódio lamentável da política brasileira.

É a clara utilização de um cargo público e todos os “poderes” nele constituído num profundo desvirtuamento de suas reais funções, ou seja, servir a sociedade.

Não consta, obviamente, que entre as prerrogativas da pasta esteja viabilizar dinheiro, ou pressionar os repassadores, entre eles o BNDES, a liberar verba para quem não possui condições de arcar com as despesas.

Com tantas prioridades a serem observadas, o simples fato do Ministro perder seu tempo com esse tipo de reunião insulta o povo brasileiro, que é quem lhe sustenta financeiramente no Governo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: