Existe hora e local para tudo?

Por JOSÉ RENATO SATIRO SANTIAGO

Desde o dia 1° de setembro, estou participando do 21° Congresso Internacional de Jornalistas Esportivos em Manaus, evento organizado pela AIPS (International Sports Press Association) America.

Entidade fundada em 1924, a AIPS abriga jornalistas esportistas de todo o mundo e no Brasil, todos os estados estão representados.

O evento em Manaus conta com a participação de profissionais de 32 diferentes países, e 25 dos 27 estados brasileiros estão aqui representados.

Após dois dias de importantes encontros de ordem interna a organização AIPS e de órgãos ligados ao Turismo, era grande a expectativa quanto a participação do ministro Aldo Rebelo.

Pois bem, a palestra aconteceu hoje, dia 3 de setembro.

O ministro Aldo Rebelo falou durante 30 minutos.

Logo no começo tranquilizou a todos que não há qualquer atraso nas obras para a Copa do Mundo.

A seguir o que se assistiu foi uma apresentação historicamente perfeita, sinalizando fatos que apenas alguém que acompanha o futebol já faz muitos anos poderia fazer.

Sinalizou que o Brasil fez muito pelo futebol, pois disputou de todas as edições de Copa do Mundo, venceu esta competição em 5 oportunidades, tem o maior artilheiro de todas as Copas e o maior jogador de futebol de todos os tempos.

Em seguida explicitou nomes de grandes craques do futebol brasileiro ao longo de toda história, com direito a palavras elogiosas a Fausto, Preguinho, Garrincha, Tesourinha e muito outros.

Também destacou o fato do Vasco da Gama ter sido afastado de uma competição por aceitar jogadores negros.

Não há como negar, ao que parece, o ministro que já escreveu livro sobre futebol, sabe do que está falando.

Foram 23 minutos de lembranças históricas.

A interrupção aconteceu para que indicasse problemas que teve, durante as Olímpiadas de Londres, para ser entrevistado, uma vez que o sistema de telefonia britânico, segundo ele, não era eficiente.

Mas foram apenas 4 minutos sobre isso.

Em seguida, ao ser “provocado” pelo presidente internacional da entidade, AIPS, confirmou a realização de seu congresso mundial no Rio de Janeiro.

E… só.

Pois bem, ao final o que se viu foi uma grande festa com jornalistas nacionais e internacionais se confraternizando, batendo fotos e trocando lembranças alusivas a Copa do Mundo.

Sem palavras!!!

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.