A espetacular PRATA de Thiago Pereira

Num dia magnifico para o esporte brasileiro nas Olimpíadas de Londres, Thiago Perreira chegou à frente do megacampeão Michael Pheps, garantindo a medalha de Prata nos 400 m. Medley de Natação.

O ouro ficou com o americano Ryan Lochte.

Após uma boa largada, Perreira foi ficando para trás e completou os dois primeiros estilos variando entre a quarta e quinta colocações.

Porém, numa espetacular arrancada no nado peito, assumiu a segunda colocação, até então do japonês Kosuke Hagino, para não mais perder.

Foi apertado no final do estilo livre, mas conseguiu, enfim, a primeira medalha olímpica de sua carreira.

Um feito notável.

Phelps chegou em quarto, perdendo a primeira chance de se tornar o maior medalhista olímpico de todos os tempos.

Em tempo: o ser humano reage de maneiras diferentes em situações sob pressão. O ginasta Diego Hipolito, eliminado da Ginastica após um tombo quase amador, ao menos, reconheceu a “amarelada”, dignamente, comprovando que para ser campeão é necessário muito mais do que talento.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.