Advertisements

La Doce e os Gaviões da Fiel

Após assistir a um debate interessantíssimo em que o jornalista argentino Gustavo Grabia destrinchou as peripécias da “La Doce”, torcida organizada do Boca Juniors, cada vez mais convenço-me que os Gaviões da Fiel caminham a passos largos para, em pouco tempo, igualá-la.

E não falo sobre vibração, amor ao clube e outras coisas que seriam altamente positivas, mas de pura bandidagem.

A La Doce, segundo investigação de Grabia, funciona como uma organização mafiosa, girando, em média, R$ 500 mil mensais de arrecadação.

Ganham dinheiro subornando jogadores do próprio Boca (quem se recusa passa a ser hostilizado nas partidas até sair do clube), na venda de ingressos, como cambistas, tomando dinheiro do próprio clube, com tráfico de drogas, etc.

Tem grande influencia politica, não apenas no futebol, mas também no Governo argentino e na província de Buenos Aires.

Aqui no Brasil, grande parte das “organizadas” são amadoras perto da “La Doce”, que tem líderes politizados e cúpula, indubitavelmente mais culta.

Porém apenas uma, os Gaviões da Fiel, parece se aproximar no quesito “organização” desses hábitos mafiosos.

Ajudados não apenas por dinheiro do Corinthians, que a paga para ter apoio político, mas também por gente importante da sociedade (vereadores, deputados, etc.), além, á claro, de diversos atos de criminalidade.

Trafico de drogas, inclusive.

Embora ainda longe da organização argentina, é a que mais se aproxima dessa triste “evolução”.

Se La Doce tem líderes alinhados com o poder oficial, na Gaviões é o poder paralelo, aquele que comanda presídios, etc., que dá as cartas.

Uma organização que, aos poucos, vai cooptando políticos e gente graúda da sociedade.

Razão pela qual existem motivos de sobra para que o poder público observe bem de perto a evolução desse quadro, e, se possível, desde já passe a coibi-lo.

Senão, daqui alguns anos, não será apenas V(W)anderlei(y) Luxemburgo a tomar dinheiro de jogadores, entre outras barbaridades.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: