Corinthians finge que erra para facilitar “esquema” com Dodô

O lateral esquerdo Dodô, uma das poucas coisas boas oriundas das categorias de base do Corinthians nos últimos anos, acaba de ser negociado pelo empresário Wagner Ribeiro, com a Roma, sem que o clube tenha direito sequer a um centavo de compensação.

Tudo porque o departamento de futebol cometeu um “equivoco”, pelo menos é assim que vem sendo tratada a sacanagem, de não ampliar o contrato do jogador quando de seu empréstimo ao Bahia.

De cara, Dodô, ou seus representantes, receberão R$ 1,5 milhão, a título de luvas.

Os dirigentes alvinegros comemoram o fato de Ribeiro ter cedido ao clube 20% dos direitos sobre o lucro de uma possível nova transação, esquecendo-se que possuíam 100 % meses atrás.

É um claro esquema de locupletação disfarçado de incompetência, a serviço daqueles de sempre no Parque São Jorge.

Enquanto isso, o Delegado de Policia, presidente do clube, preocupado mais em se aposentar (não consegue comprovar tempo de serviço), trata o assunto como as sacanagens apuradas pela CPI do Detran.

Não sei, não vi e não escutei.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.