Advertisements

“Moeda” valorizada no Palmeiras

É quase unanimidade no Palmeiras que o funcionário de vulgo “Moeda” tem extrapolado em suas funções.

De “office-boy” de jogadores passou até a intimidar jornalistas, meio que para se aproximar de gente importante no departamento de futebol.

Recentemente, um abaixo assinado de conselheiros, com 70 assinaturas, chegou às mãos do presidente Arnaldo Tirone, pedindo a demissão do funcionário.

Muitos deles, destratados pelo tal “moeda”.

Sabe-se lá por que motivo, o documento foi ignorado.

Há quem diga que com a demissão, muita coisa escondida,  mas de conhecimento do funcionário, poderia ser revelada.

Risco este que Tirone parece não querer correr.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: