Advertisements

FIFA tenta limitar farra de empresários

Enquanto nossos clubes, com franca conivência de seus dirigentes, esfacelam seus caixas com altíssimas comissões pagas a empresários, a FIFA, finalmente, parece empenhada em coibir essa prática.

Deve virar lei um teto máximo de 3% ou R$ 2 milhões, sobre qualquer transação.

Com o clube pagando o que for de menor valor.

Hoje, equipes como Corinthians e Palmeiras já chegaram ao absurdo de ceder 50% aos intermediários.

Dinheiro este que, obviamente, é dividido entre diversos partícipes, entre eles os próprios autorizadores de pagamentos.

Resta agora aos conselheiros destas entidades evitarem que o dinheiro seja pago “por fora”, burlando então regulamentação feita para favorecê-los.

Se todos, em conjunto, cumprirem as determinações, os empresários não terão alternativa.

Duro será tratar com os dirigentes.

Acostumados ao lucro fácil, auxiliado pela impunidade, boa parte deles sobrevive apenas dessas negociatas.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: