Advertisements

WTORRE não cumpre contrapartidas da ARENA e Palmeiras terá que arcar com prejuízo

No último dia 29 de março, o Palmeiras entregou na sede da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, apenas parte do compromisso ambiental firmado com o órgão, em contrapartida para a reforma da Arena Palestra Italia, termo este assinado pelo ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo.

Dois dos três prazos estipulados pela Prefeitura venceram sem que o clube finalizasse os trabalhos.

Razão pelo qual sanções foram impostas e deverão ser cumpridas pelo clube nos próximos dias.

Entre elas, o pagamento EM DOBRO das taxas municipais, a serem depositadas no “Fundo Especial do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.”

Mais um prejuízo ocasionado pela ineficiência notória da WTorre, empreiteira que debuta no ofício da construção de estádios.

Além disso, os títulos de transferência  de titularidade do TCA 153/10, além de novo certificado de recebimento somente serão emitidos com a totalidade das contrapartidas realizadas.

A Prefeitura aceitou receber parcialmente o serviço já executado, embora tenha deixado claras as ressalvas, pelo fato de já ter emitido o “habite-se” de alguns setores da obra.

O próximo prazo termina em agosto, e, se não for cumprido, o clube pode ter o sonho de inaugurar sua Arena ainda em 2013, adiado por tempo indeterminado.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: