Advertisements

Pega na mentira: diretor confirma que Adriano ganhava R$ 500 mil

Desde que Adriano foi contratado pelo Corinthians, a versão oficial, replicada sem contestação pela imprensa amiga dos dirigentes, era de que seu salário não ultrapassava R$ 380 mil.

Este espaço sempre bateu na tecla de que, na verdade, os vencimentos contabilizavam R$ 500 mil mensais.

Sem chute, apenas informação.

Eis que, ontem, o diretor de futebol Roberto “da Nova”, que foi um dos que inventaram os valores “oficiais”, devido à contenda judicial que está por vir, foi obrigado a falar a verdade.

Confirmou exatamente o que publicamos, há mais de 14 meses.

Oficializando, agora, o prejuízo enorme do erro de avaliação cometido pelos dirigentes, que, somente em salários, sem contar outros direitos (multa, rescisão, etc.), ultrapassa R$ 7 milhões.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: