Advertisements

Corrupção na arbitragem: jornal Marca escancara “esquemas” de Arthur Alves Junior

SILÊNCIO EM TROCA DA ASCENSÃO NA ARBITRAGEM

Do “MARCA”

Juízes dizem que só crescem se apitarem jogos de séries inferiores em que até perdem dinheiro

Por DANIEL CARMONA

Na esteira das acusações de Gutemberg de Paula Fonseca, árbitros de São Paulo ganharam coragem para questionar a forma como os chefes da Federação Paulista de Futebol (FPF) tratam a escala.

De acordo com Davi Balsas e Jeimes Willie Catini, só chega ao primeiro escalão quem se submete a perder dinheiro e se arriscar em jogos de campeonatos amadores e de séries inferiores, cuja arbitragem também é comandada pelos que escalam para a Série A1 do Paulista.

O silêncio sobre os problemas é imperativo para a ascensão.

“Você mantém um sonho quando está arbitrando, evita falar publicamente, expor os problemas e as mazelas da entidade.

Até por orientação da Federação, um árbitro não pode falar”, explica Jeimes, 33 anos, de Araras.

A declaração ajuda a entender as denúncias de Gutemberg.

Criticado por não ter falado quando pertencia ao quadro da Fifa, o ex-árbitro promete divulgar em breve as provas que diz estar apresentado sigilosamente à Justiça desde 2007.

“Os árbitros não querem se comprometer com os dirigentes. Todo mundo vive a expectativa de chegar ao topo da carreira. Por isso existe esse silêncio”, afirma Davi, 29 anos, na FPF desde 2006.

Dia 2 de outubro, ele foi escalado para jogo do campeonato amador de São Paulo, em Brodowsky (Brodowsky x Sem Segredo).

Alegando problemas financeiros, já que pagaria para trabalhar, pediu dispensa. Por conta de uma pancadaria generalizada o jogo, que acabou sendo apitado por Gustavo Turra, terminou no 1º tempo, de acordo com súmula no site da Federação.

Junto com a partida, terminou também a carreira de Davi.

Em novembro, ele saiu de Campinas para reunião na capital com Arthur Alves Junior, um dos diretores da arbitragem e braço direito do Coronel Marinho, chefe da comissão.

Em pauta, a razão de seu desligamento. “Fiz os cálculos e vi que o dinheiro que receberia (R$ 188) mal dava para pagar o deslocamento e a alimentação”, diz ele, que andaria, em um dia, 500 km, ida e volta — isso se economizasse na diária de um hotel. Só de gasolina e pedágio, saindo de Campinas, ele gastaria R$ 200.

No encontro, Davi recebeu uma recomendação de Arthur. “Ele disse: ‘Faça uma carta para o Coronel Marinho se humilhando. Vai dar tudo certo. Mas quero deixar claro que seu caso vai servir de exemplo para os demais. Quero você falando bem de mim depois’”. Pensando em preservar anos de investimento e trabalho, fez o combinado. O retorno ao quadro, no entanto, nunca aconteceu e ele decidiu fazer a denúncia.

“Os responsáveis pela arbitragem ganham as licitações de campeonatos amadores e a gente tem que se virar para trabalhar. Mas aí você nega e eles te desligam do sistema. Te colocam na parede para servir de exemplo aos colegas. É assim que funciona”, finaliza. Jeimes condorda: “É um jogo, mas não dá para entender os critérios”.

CENTRALIZAÇÃO: Chefe do apito tem presença forte em quatro órgãos

“Em quem nós podemos confiar? Vamos reclamar para quem?”. A indagação de Davi está pautada na hierarquia das entidades que comandam a arbitragem paulista. Segundo os árbitros, as entidades são administradas pelas mesmas pessoas.

“O Arthur (Alves Junior) é responsável pela escala dos árbitros da FPF, é o presidente do Sindicato dos Árbitros (Safesp) e tesoureiro da Cooperativa dos Árbitros (Coafesp). Você fala de um lado, o outro escuta”, pondera Jeimes.

Sucessor de Sérgio Corrêa na presidência do Sindicato dos Árbitros, Arthur também ocupa a cadeira de Secretário Geral da Associação Nacional dos Árbitros (Anaf).

“Tem muita coisa errada. Desde a metodologia aplicada aos árbitros no ranking, até o acumúlo de cargos com motivação política de alguns diretores do apito”, pondera ex-árbitro Rafael Porcari, que há anos mantém um blog no qual debate sobre as irregularidades do meio.

OUTRO LADO: Dirigente nega conflito

A reportagem entrou em contato com Arthur Alves Júnior, principal alvo das acusações, que garantiu não existir conflito (ou convergência) de interesses no acúmulo de suas funções. “Não prejudico ninguém.

O Sindicato dos Árbitros existe porque a Federação dá um apoio. Se isso não acontecer, o sindicato já teria fechado. O dia que eu me sentir em uma posição conflitante, aí vou sair da comissão de arbitragem (da FPF)”, disse ele, que em seguida completou:

“Como presidente do Sindicato dos Árbitros, tenho conseguido fazer muito mais coisas dentro da comissão de arbitragem do que antes. O processo funciona com transparência”.

Na presidência do Sindicato dos Árbitros, Arthur é o sucessor de Sérgio Corrêa, atual chefe da comissão de arbitragem da CBF, e acusado de corrupção e favorecimento por Gutemberg de Paula Fonseca em declarações à rádio ‘Jovem Pan’ na semana passada.


Facebook Comments
Advertisements

18 comentários sobre “Corrupção na arbitragem: jornal Marca escancara “esquemas” de Arthur Alves Junior

  1. Gustavo Leite

    Resumindo ….

    Gutemberg parece estar certo quando diz que Curincha é beneficiado (ao contrário do que diz o Paulito e Juca anteriormente)

    Parabéns Curincha …
    Abraços ao Sweitão 2005…

  2. Diogo

    Tava na cara que isso ia acontecer um dia… esses caras fizeram muitos inimigos e cultivaram esse sistema absurdo e injusto… parabéns aos que denunciaram pela brilhante iniciativa…

  3. JOE MASSERA MAGNO

    Eratóstenes – vencedor da Medalha de Prata “Golbery do Couto e Silva – Cérebro Amigo da Revolução” em 2011 Disse:
    janeiro 11, 2012 às 12:58 pm
    Senhor JOE MAGNO, é uma honra para qualquer autor ter seu trabalho reconhecido por resenhas de gênios da sua estirpe. Lembro que o mesmo arrazoado recebeu o reconhecimento de outras autoridades internacionais, como ANDRADE NETO e LOURENÇO GARRASTAZU. ERATÓSTENES foi também vencedor da medalha de prata “Golbery do Couto e Silva – Cérebro Amigo da Revolução”, ficando em segundo lugar na premiação “gloriosa revolução de 1964″, atrás apenas de ANDRADE PRADO, que deveria ser “hors-concours” por estar muito acima da capacidade de qualquer outro ser humano.
    Pois bem, com a extensa produção literária de ERATÓSTENES, elogiada pelos gigantes intelectuais da modernidade, fica evidente que o Brasil está sendo sabotado no prêmio Nobel de Literatura. Vejam a extensa obra de ERATÓSTENES, um sábio. Vejam a obra de ANDRADE PRADO, um fio de luz nas trevas do periodismo esportivo mundial. Vejam os arrazoados de ANDRADE NETO, um dos maiores gênios (se não o maior) de todos os tempos. Vejam a obra e vida de JOE MAGNO, um herói. Será que alguém em sã consciência poderia afirmar que a obra insignificante de Tomas Tranströmer tem mais repercussão mundial que a obra de qualquer um dos doutos mencionados?
    ERATÓSTENES exige que a expressão “den som inom litteraturen har producerat det utmärktaste i idealisk riktning” seja levada a sério e, por conseguinte, que o prêmio Nobel de literatura de 2012 seja entregue, se não a ERATÓSTENES, a um dos maiorais supra-citados.
    **************
    ILUSTRE ERATÓSTENES, À MINGUA DE PROVA EM CONTRÁRIO, RESTOU CABALMENTE PROVADO EM MAGISTRAL PEDIDO FEITO POR VOSSA EXCELÊNCIA, QUE O SUPRA MENCIONADO PRÊMIO SEJA DIRECIONADO AOS DOUTOS EM TELA.

    DESSE MODO, CONCLUI-SE QUE OS PRÊMIOS CONFERIDOS NÃO CORRESPONDEM A REALIDADE, A JUSTIÇA BEM COMO AO QUE SE PROPÕE.

    CABERIA NESTE CASO A DEVOLUÇÃO DAS MEDALHAS, DIPLOMAS E VALORES PAGOS AO ROL DE CONTEMPLADOS.

    CONVÉM SALIENTAR QUE PARA A MAIS LÍDIMA JUSTIÇA SER FEITA, OS VALORES DEVERIAM SER DIRECIONADOS AO BLOG DO PAULINHO, BENEMÉRITO, GÊNIO E IRREPROCHÁVEL JORNALISTA. COM TRAQUEJO PARA DISSERTAR SOBRE A ESCOLHA DE CAÇAS PARA O BRASIL; VETAR AS DECISÕES DO SUPREMO; ACONSELHAR, ORIENTAR NAS DELIBERAÇÕES DA CÂMARA E SENADO; LEGISLAR SOBRE O PAPEL DA IMPRENSA NA AMÉRICA LATINA E NO MUNDO; SUGERIR ENTRETENIMENTO PARA A FAMÍLIA BRASILEIRA; VETAR PROGRAMAS TELEVISIVOS; INDICAR O PRESIDENTE DA CBF, COB, SCCP ET CETERA.

    IRREPROCHÁVEL O PEDIDO DE VOSSA EXCELÊNCIA.

    REGISTRE-SE QUE A EXPRESSÃO “DEN SOM INOM LITTERATUREN HAR PRODUCERAT DET UTMÄRKTASTE I IDEALISK RIKTNING” CABE SOMENTE AO ROL DE ILUSTRES MENCIONADOS POR VOSSA EXCELÊNCIA.

    JOE MASSERA MAGNO.
    MESSI É MELHOR QUE PELÉ.

  4. moacir

    na boa. mas pessoas que resolvem abrir a boca sómente após a aposentadoria, não merecem a mínima credibilidade

  5. Luisao

    Em qualquer profissão existem os “afunilamentos” da carreira, a esmagadora maioria são soldados e pouquíssimos Generais.
    A política, em todo o mundo, em todos os tempos e será preponderante para o sucesso de qualquer carreira. Isso não necessariamente desonesto ou imoral.
    Alguém acha que o Papa que é eleito numa eleição, votado por Cardeais de várias facções políticas, porque foi escolhido por “Deus”? .
    Uma carreira de árbitro, tem poucas vagas, poucos jogos importantes ou rentáveis e milhares de pretendentes. Muitos bons árbitros se perderão pelo caminho……quantos ótimos jogadores, soldados, bons políticos, padres…….fracassaram e fracassarão em suas carreiras….

  6. Carlitus

    Se, porventra, algum árbitro levantar a idéia de se formar uma liga independente, e convidar os árbitros a se desligarem das Federações e da Confederação, quiantos topariam?

  7. Carlitus

    Repito, Se, Porventura, algúm árbitro levantar a idéia de se formar uma liga independente, convidando os árbitros do Brasil a se desligarem das Federações e Da Confederação, quantos topariam aderir a um projeto desses?

  8. Tarso

    Quanta hipocrisia.

    Quem aqui falaria mal de seu atual emprego para o próprio chefe que é presidente do sindicato da sua categoria?

    É como se o presidente da Volkswagem fosse presidente do sindicato dos metalúrgicos, além de imoral e anti-ético é ilegal.

    É óbvio que a credibilidade de quem fala só aumenta neste caso, pois foram ou se sentiram obrigados a ficarem calados, e esconder tudo o que sofreram.

    A pergunta do Carlitus é válida, mas neste caso, as Federações possuem um monopólio, quem sairia do certo para o duvidoso? Por pior que seja, as pessoas acreditam que o quadro vai melhorar, acreditam nas promessas…

  9. Vurgo - O ORIGINAL (Curintchia tudo Vagabundo)

    TORCER PARA O SÃO PAULO É UMA QUESTÃO DE IDEOLOGIA, DE UMA INSTITUIÇÃO QUE É MUITO MAIS QUE UM TIME, QUE TEM UMA HISTÓRIA HONESTA, SEM CONCHAVOS COM PESSOAS SEM CREDIBILIDADE COM TÍTULOS GANHOS SÓ DENTRO DE CAMPO, COM GRANDES PRESIDENTES QUE FIZERAM O SPFC SER O TIME MAIS CAMPEÃO DO BRASIL, PARABÉNS SÃO PAULO CONTINUE ASSIM E DEIXE OS OUTROS QUE ACHAM QUE SÃO ESPERTOS, A PANCADA VAI SER DOLORIDA.

    Abaixo constam os principais títulos conquistados pelo Tricolor em toda sua história em apenas 81 anos.

    Mundial de Clubes: 3: (1992, 1993, 2005)
    Copa Libertadores da América: 3 (1992, 1993, 2005)
    Copa dos Campeões da Conmebol: 1 (1996)
    Torneio Internacional de Caracas: 2(1955 e 1963)
    Recopa Sul-Americana: 2 (1993, 1994)
    Supercopa Libertadores: 1 (1993)
    Torneio Ramom de Carranza: 1 (1992)
    Troféu Tereza Herrera: 1 (1992)
    Torneio De Las Palmas: 1 (1969)
    Copa Conmebol: 1 (1994)
    Copa Master da Conmebol: 1 (1996)
    Campeonato Brasileiro: 6 (1977, 1986, 1991, 2006, 2007, 2008)
    Torneio Rio-São Paulo: 1 (2001)
    Campeonato Paulista: 21 (1931, 1943, 1945, 1946, 1948, 1949, 1953, 1957, 1970, 1971, 1975, 1980, 1981, 1985, 1987, 1989, 1991, 1992, 1998, 2000 e 2005)
    Supercampeonato Paulista: 1 (2002)

    ENQUANTO ISSO OS CURICANOS COM 100 ANOS DE HISTÓRIA NÃO TEM METADE DISSO…O CHORO É LIVRE QUÁQUÁQUÁQUÁQUÁQUÁ!!!

    Ass: Vurgo (The Original) – COM GRAVATAR – QUE ATESTA A AUTENTICIDADE DO COMENTÁRIO

  10. João

    Não há nada de estranho os curicanos tentarem desqualificar o que o cara denunciou, isso é até óbvio…

    Veja o comentário de um leitor e a resposta do jornalista:

    http://blog.jovempan.uol.com.br/fernandosampaio/fifa-investiga-materia-da-jovem-pan-sergio-correa-continua/

    mospaulo em 11 de janeiro de 2012 às 15:29 disse:
    lord tem mais, tem “profissional de imprensa” e antigo heim ! , que esta falando que o gutemberg é fanfarrão e não tem nada pra provar .e o sujeito ainda coloca em blog !! pra todo mundo ler . é um verdadeiro idiota ou não, nem precisa responder, eu te conheço, voce é sério.abs

    Mospaulo,

    No jornalismo, infelizmente, rola muita inveja.

    Tem cara que solta balão todo dia e só dá barrigada.

    Quando não é ele quem dá a notícia, tenta desmerecer o outro.

    Quem disse que o Gutemberg “não mostrou provas” ou “só denunciou agora que saiu da FIFA” está mal informado, mal intencionado ou é invejoso por natureza. Ele começou a denunciar a perseguição em 2007, abriu queixa crime na delegacia, enviou documentos protocolados para o Sérgio Correa, CBF… Achou que tudo seria apurado.

    Inclusive já ganhou um processo movido contra um veículo de comunicação.

    Veja no site da Justiça do Rio de Janeiro, 1a Instância, Barra da Tijuca e Jacarépagua.

    Coloca o nome dele que você levanta tudo, tem até decisão final do Juiz.

    Processo número
    0008293-49.2008.8.19.0203

    abs,
    FS

  11. Arthur Alves Pinto

    O nome do arbitro é Arthur Alves Pilho e não Arthur Alves Pinto

    como consta da chamada.

  12. Arthur Alves Pinto

    O nome do arbitro é Arthur Alves Filho e não Arthur Alves Pinto

    como consta da chamada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: