Advertisements

Adeus, Doutor ! E obrigado

Chegou ao final, por volta das 4h30m desta madrugada, a passagem de um ser humano especial por este planeta.

Dr. Sócrates deixa, em nossas lembranças, as inesquecíveis jornadas dentro de campo, seus posicionamentos políticos, seu desejo por justiça, alegria de viver, ensinamentos estes que serviram para diferenciá-lo em nossos sentimentos.

Sua dura batalha final demonstrou, através de diversas manifestações populares de carinho, o quanto sempre foi amado e reverenciado, não apenas por aqueles que com ele conviveram, mas, também, pelas novas gerações, tão carentes de referências.

Minhas homenagens ao Magrão, sinceras e saudosas, além do desejo de que seus familiares consigam receber o conforto necessário em um momento tão difícil.

Em tempo: Sócrates será velado em Ribeirão Preto, sua cidade de coração, e será enterrado, às 17h, no cemitério Bom Pastor.

Facebook Comments
Advertisements

42 comentários sobre “Adeus, Doutor ! E obrigado

  1. Edson Carneiro

    Agradeço a Deus por ter visto ele jogar e melhor que isso , colocando toda sua genialidade em campo, defendendo o meu time de coração . Sócrates como todos os gênios o são , Sera eternizado .

  2. Vingador

    Que nao se esqueca que foi a bebida que o matou, conforme suas proprias declaracoes.

    Bebida eh droga, mata e destroi familias. Nao tem nada engracado ou bonito na cerveja, ainda que be$ta$ como Mano Menezes e Ronaldo Gordo pensem o contrario.

  3. bitt

    Não vejo como Sócrates poderia ter sido melhor que foi: médico, um dos maiores jogadores da segunda metade do século passado, integrante de uma das maiores seleções que este país conseguiu montar, cidadão de posições avançadas e corajosas. Enfim, um grande brasileiro. Melhor como? Se não tivesse sucumbido à bebida? Até aí prestou um serviço à sociedade, ao expor com clareza sua doença, o que pode ser um forte apelo contra o uso de uma perigosíssima droga, cujo maior perigo é ser legal, e glamurizada nos meios de comunicação.

  4. Luizao

    Bitt, infelizmente tenho que discordar de vc. O Sócrates, como profissional de futebol, não teve uma carreira brilhante, mais fracassos que sucessos. Como médico, fracassou na sua única tentativa de exercer a profissão, quando criou uma clinica. Fracassou com técnico. Com o comentarista esportivo ou escritor se mostrou muito fraco. Tentou até ser cantor com uma guarda rodoviario e fracassou. Como cidadão não teve uma vida exemplar.
    Como virtude, parece que era um tremendo boa praça.

  5. Divanio

    Sócrates,

    O primeiro jogo que assisti em São Paulo foi a Palmeiras x Corinthians, em 1979, para te ver jogar, apesar de ser santista.O Corinthians venceu por 1 x 0, gol de Biro-Biro de canela.
    Vá com Deus doutor e descanse em paz.

  6. Nelmo Prates

    É o ídolo e o maior jogador da minha geração.Tanta gente ruim p/ morrer , e foi morrer logo ele.

  7. Edsom

    Parece que coisas assim só acontecem com gente do bem como Sócrates, enquanto isso os Ricardos Teixeiras e Sarneys da vida tem saúde de ferro mesmo com mais de 80 anos…

  8. Andre Luiz

    Foi cedo de mais…
    Acho que ele ainda faria alguma coisa à mais pelo futebol brasileiro.
    Que Deus o tenha.

  9. Quantum

    Amigo, o que eu sei é o seguinte, o mestre Telê já está no céu, agora o meio de campo do time celestial vai ser “o meio de campo” com esse reforço.

    Sócrates é imortal.

    Talvez não seja o momento, mas é preciso divulgar o nome do hotel em que o doutor fez a sua refeição e que não apenas ele passou mal, como sua esposa e mais um amigo do casal.

    Na semana retrasada, alguns programas de TV noticiaram alguns restaurantes de luxo que comercializavam refeições feitos a partir de produtos com validade vencida, alguns com validade de 2008 !

    É preciso investigar e gritar algo para que as autoridades sanitárias façam sua parte.

    Pelo jeito não fizeram.

  10. Paulo Machado

    Adeus a um dos maiores jogadores que a torcida brasileira e a do corinthians já viram jogar , adeus a um dos maiores líderes dentro e fora de campo,adeus a uma das mentes mais destacadas do meio esportivo, e também político, brasileiro.Adeus Magrão!! sei que você será também um craque lá no céu!.

    Paulo Machado

  11. Santista Multi Campeão

    Uma figura especial! Um jogador que era craque e estudava medicina. Um menino que cresceu torcendo pelo Santos e que por escolha própria encerrou a carreira em seu time de criança. Um democrata, socialista, brasileiro de nascimento e nome, cubano por adoção e corintiano por profissão. Botafoguense sempre.
    Seu exemplo fica por aqui, nunca morrerá!

  12. Ricado Picoli

    Só corrigindo: a cidade natal dele é Belém-PA, mas ele cresceu em Ribeirão.. Valeu, Doutor!

  13. Fernando (O original) - Curintchia tudo vagabundo!

    Que pena!

    Duro sera aguentar a midia agora falando que o curica tem obrigaçao de ganhar o campeonato para homenagea-lo.

    Alguem aposta que o time entrara em campo com uma faixa?

    Alguem aposta que o mafioso Andres (inimigo de Socrates) vai dar alguma entrevista em prantos homenageando-o?

    Isso é curica!

  14. manoel

    Sócrates era um artesão. Que jogava bola.
    Não propriamente um atleta.
    Essa é a beleza do futebol.
    Em tese todos podemos pratica-lo.
    O Garrincha, tinha tudo para jamais praticar esportes dada a estrutura de suas pernas. Mas foi o Garrincha.
    Tem o Coutinho (gordinho), o Juninho Paulista (baixinho), o Cabañas (el gordito). E por aí vai!
    Além disso, o Doutor era uma figura humana legal.
    Poucas vezes eu o vi. E até hoje me recordo do respeito que torcedores de todos os times tinham por ele.
    Agora ficar no se ele isso, se ele aquilo, não dá!
    O Sócrates foi o que foi, pelo fato de ser quem era.
    Aliás, uma pessoa autêntica.
    Não se travestia de bom moço para faturar.
    Você vai deixar saudades, Sócrates Brasileiro.

  15. ANDRADE NETO

    MINUTO DE SILÊNCIO, POR ANDRADE NETO

    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .

    OBTEMPERA ANDRADE NETO, VERITAS VINCIT

  16. wilson

    socrates jogou muita bola no botafogo de ribeirao preto e no corinthians e tambem na seleção de 1982. depois em todos clubes que defendeu e tambem na seleção de 1986 foi uma figura apagada. nao conseguiu ser um bom medico talvez em função do vicio pela bebida. o vicio pela bebida é mais grave do que pensamos,acaba com a saude fisica em muitos casos com a familia tambem. enfim ai um exemplo para as pessoas que acham que beber nao faz tanto mal a saude

  17. Angelo Cardoso

    Conheci o Sócrates pessoalmente. Um cara simples e brincalhão. Na última semana, assiti ao Cartão Verde, na Tv Cultura e vi que o Sócrates já não estava bem. Até parece que, a Tv Cultura fez uma homenagem ao ex-jogador, que mesmo debilitado continuou no programa. Uma pena o Corinthians não ter feito uma homenagem para esse que, foi um dos principais ídolos do clube. Lembro que, durante os festejos do centenário, vários jogadores que pouco se identificam com o clube foram homenageados, inclusive o Ronaldinho e figura como a do dr. sócrates foi esquecida. Uma pena! Valeu, Dr!

  18. Alviverde/SP

    Sócrates, apesar de corintianissimo, está acima de rivalidades clubisticas…mais um grande personagem que se vai…descanse em paz, Doutor…

  19. Clayton

    Certo dia recebi um envelope em casa. Dentro, o convite da festa de formatura de Sócrates, em Ribeirão Preto. No verso, a seguinte mensagem: “Muito por sua insistência, estou pendurando esse diploma na parede e calçando de vez as chuteiras”. Assinado: Sócrates.

    E o recado era passado em primeira mão para o cronista que tanto exaltara seu futebol desde os primeiros passos naquele magnífico Botafogo de Zé Mário e Geraldão também.

    Era o sinal que todos esperavam, depois de longo tempo de hesitação do craque entre o futebol e a medicina, duas carreiras incompatíveis.

    Pouco tempo antes, encontrara na sala do presidente da FPF, Alfredo Metidieri, os presidentes do Botafogo RP e do São Paulo, Atílio Benedini e Henry Aidar, que fizeram um pacto: se Magrão optasse pelo futebol, o São Paulo teria prioridade no seu passe.

    Certo de que o acordo estava em vigência, publiquei-o na minha coluna do JT, lida pelo técnico do Corinthians, José Teixeira, num momento em que o presidente do Timão, Vicente Matheus empenhava-se em contratar Chicão, do Tricolor, por cerca de 5,5 milhões de cruzeiro ou qualquer que fosse a moeda corrente naquela época.

    Com esse dinheiro, o plano de Minelli e de Aidar era trazer de Ribeirão Sócrates e o zagueiro Nei. Tudo certo? Tudo errado, pois Teixeira convenceu Matheus a mudar o rumo de seu alvo: Sócrates em vez de Chicão.

    Como Nunes Galvão havia assumido a presidência do São Paulo, na sucessão de Aidar, e não aprovava a contratação de Sócrates, por causa de seus hábitos pouco saudáveis, num almoço no Jóquei Clube abriu mão da prioridade para Matheus, que largou Chicão de lado e partiu pra cima de Sócrates.

    Benedini se surpreendeu quando Matheus lhe assegurou que o São Paulo não mais se interessava por Sócrates – chegou até a me telefonar para perguntar se isso era mesmo verdade. Como era, Sócrates desembarcou no Parque, onde, de início, foi rejeitado pela Fiel, que queria mais sangue de seus jogadores do que a técnica refinada do craque.

    Tanto, que, numa noite de quarta-feira trágica de derrota para a Briosa, ficamos presos nos vestiários do Pacaembu – Sócrates, Amaral e este pobre cronista – com a torcida à porta querendo a cabeça do Dr.

    Ele, então, calmo e seguro, me disse: “Vou ensinar essa torcida a torcer”.

    Sim, porque a Fiel, embora já tivesse levantado um campeonato depois de 23 anos de fila, ainda cultivava a impaciência dos tempos infelizes – depois de vinte minutos de jogo, se o Timão não estivesse á frente do placar, começava a se irritar e a vaiar a equipe.

    A partir daí, Sócrates passou a reger a Fiel de dentro do campo, com gestos de mão que indicavam o momento de manter a calma e o instante de vibrar. E conduziu seus companheiros à conquista do campeonato de 79, seguido pelo bi em 81 e 82.

    Foi o maior negócio da história do Corinthians – custo e benefício -, pois Sócrates, depois de ter dado três títulos ao Timão, foi vendido à Fiorentina pela bagatela de 5 milhões de dólares, o equivalente, na época, a dez vezes mais do que os 5 milhões de cruzeiros pagos ao Botafogo RP.

    São muitas as histórias que testemunhei da brilhante carreira de Dr, Sócrates, o Magrão, um sujeito inteligente, honesto e visceralmente romântico na sua vida bandalha. E, sobretudo, um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, sobre o qual voltaremos a falar nessas últimas homenagens que merece o saudoso amigo.

    http://colunistas.ig.com.br/albertohelenajr/2011/12/04/adeus-dr/

  20. O Corinthiano (O Original)

    É Fernando, a mídia é igualzinha a você. De tudo que fala, 70% é CURÍNTIA. Estranho não?

    Isso é Curíntia !!!

  21. Vascaina

    Quero deixar bem claro que nao sou anti corintiana,sou anti flamenguista.Entretanto,estou de acordo com o Luisao.Nao acho que o Socrates foi esse craque que todos dizem que foi,nao é porque ele morreu que eu vou mudar minha opiniao.O Socrates nao teve a mesma representatividade para o Corinthians,como o Ceni tem para o Sao Paulo,o Dinamite teve para o Vasco e o Zico teve para o Flamengo
    Na minha opiniao,como medico ele foi um grande irresponsavel se entrengando a bebida dando um pessimo exemplo aos seus filhos e as crianças que o tinham como idolo.
    Na reportagem da revista Epoca do mes passado ha um relato de um amigo dele que cita uma conversa com medicos amigos do Socrates aconselhando-o a parar de beber porque ja tinham noçao que o Doutor Socrates ja estava a beira de uma cirrose.Lamentavel!

  22. Fernando (O original) - Curintchia tudo vagabundo!

    o post é sobre um idolo curicano seu merda

  23. Quantum

    Filha, vou te explicar com calma, e olha que você deu sorte, porque normalmente eu entraria nos teus dois joelhos pra arrebentar.

    Quando um corpo tem pré-disposição para uma “doença”, ao entrar em contato com a substância química que escraviza, o tal corpo não consegue deixar de se entregar ao que a sociedade hipócrita chama de vício. Sociedade que tolera a propaganda glamurosa das cervejarias e das fábricas de destilados e outros na TV.

    Você não tem o direito de julgar um doente, até porque, pelo monte de merda que você escreveu, você não entende nem o básico do que o alcolismo significa na vida do próprio doente.

    Vai esquentar a janta da rapaziada da tua casa vai.

    Vaza.

  24. O Corinthiano (O Original)

    Calma Fernandinho.
    Hoje estou festejando 2 coisas. O CAMPEONATO BRASILEIRO de 2011 e vocês fora da Libertadores.

    Tá bom vai. Pode escrever o que vocês ganharam no passado. Se isso te deixa feliz.

    Lembranças a senhora sua mãe.

  25. Fernando (O original) - Curintchia tudo vagabundo!

    Vai feliz pra Libertadores, sabemos o final né!

  26. Fernando (O original) - Curintchia tudo vagabundo!

    Pergunte ao Andres Sanches porque ele não foi homenageado.
    Os dois são “inimigos”, um nao possui a menor simpatia pelo outro.

    Os verdadeiros idolos do Curica foram esquecidos, hoje só comemoram os feitos do gordo Ronaldo, que nem curicano é.

  27. Marcos Plebe Rude

    Socrates foi um cara fora de série não só em campo mas fora dele,uma mente brilhante num ambiente de pessoas tão alienadas que é o futebol.

  28. Sergio

    É um absurdo a imprensa não divulgar o nome do hotel. Ninguém vai culpar o hotel pura e simplesmente, mas saber qual foi é um direito. A inferência “Socrates almoçou no hotel x” é informação, não dotada de julgamento, e é direito das pessoas. A desculpa de que o nome é preservado para que as pessoas não julguem precipitadamente é algo autoritário e antidemocrático. Dizer que as pessoas não estão preparadas para saber, porque podem reagir mal, é algo típico de ditaduras e de sociedades primitivas. Uma vergonha. Se fosse um boteco da esquina já teriam divulgado faz tempo.

  29. SemPapoFurado

    Fernandinha, você esta interado dos assuntos do Corinthians, sem agente vc não consegue viver….

  30. Adams Cavalcanti

    Obrigado doutor, você abrilhantou ainda mais o futebol, com suas jogas, seus gols e toques MAJESTRAIS na bola. Foi um jogador insubstituível. Obrigado mais uma vez e descanse em paz.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: